Dez músicas para começar a recuperar da ressaca

A ressaca é um processo duro a que poucos conseguem fugir depois de pisar o risco dos excessos. A Goodyear oferece-lhe 10 temas para afugentar a indisposição.

Vamos atacar a ressaca? Pode ter tido uns dias de férias e agora está na hora de voltar ao trabalho. É sempre difícil, especialmente depois de, quem sabe, ter celebrado o Ano Novo, em grande estilo, até ao nascer do Sol.

Se era o condutor de serviço, certamente não bebeu, mas ainda assim, poderá ter passado horas a mais acordado, e a privação do sono pode complicar o arranque no dia. Falta de energia, sonolência, fadiga, dor de cabeça poderão ser alguns dos sintomas.

Nós temos uma fórmula que torna a aventura mais suportável: uma lista cheia de boa música, pensada para acompanhá-lo em todos os estados de espírito. Ponha a lista a tocar e pode ser que, rapidamente, comece a recuperar a energia que nesta passagem de ano gastou na pista de dança ou em torno de uma mesa farta com amigos e familiares.

O primeiro estado de ressaca é a negação: recusar-se a abrir os olhos, sair da cama, fazer o que seja… como se está bem entre os cobertores! Mas… de onde veio este martelo invisível que bate na nossa cabeça uma e outra vez?

Depois de finalmente abrirmos os olhos, não há escolha: só podemos saltar para fora da cama, mas devagar, devagarinho, com Hurt, de Johnny Cash. Um tema calmo para começar a abrir os olhos.

Já mais acordado, uma música um pouco mais acelerada com um dos melhores letristas de sempre. Bob Dylan canta Mr. Tamborine Man que, caso ainda não tenha acordado, o irá recordar que há muito que fazer nas próximas horas.

Subimos o ritmo com Amy Winehouse que nos abandonou cedo de mais, mas que ainda assim deixou um legado que será virtualmente eterno. A sua música. Escolhemos Rehab. Esperamos que não precise de tanto, mas ao menos poderá pensar em recuperar de um estado menos complexo do que o da agora eternamente jovem cantora.

Já conseguiu chegar ao sofá? Os Gorillaz dão-lhe algum ânimo. Cantam Clint Eastwood e vão acelerando gradualmente para que tenha tempo de pensar que, quer queira, quer não, terá de encontrar energia para enfrentar os dias que se seguem.

Já está na fase de aceitação?

A esta altura convém já estar desperto, caso contrário anime-se com The Worst Hangover Ever dos pouco unânimes Offspring, mas que nós cá por casa nos divertimos a ouvir. Provavelmente a sua ressaca não é a pior de sempre, como a deles.

Os Foo Fighters com uma semi-balada Resolve irão ajudá-lo a chegar ao chuveiro ou pelo menos à máquina de café ou ao frigorífico onde uma bela água gaseificada o poderá ajudar a minimizar os efeitos da dor de cabeça que poderá ter.

Será que a sua noite foi memorável? Quererá continuar a sonhar com tudo o que vivenciou? Encontrou o amor da sua vida? Sleep All Day de Jason Mraz poderá ser a solução para o acompanhar e refletir sobre o que está a fazer durante o primeiro dia do ano.

Será que a noite foi terrível e acabou por perder, nem que seja temporariamente o amor da sua vida? Lonely Day é a canção que escolhemos de System Of a Down que lamenta estar a passar o dia mais solitário de sempre.

O pior é se não se lembra do que aconteceu nas véspera. What Happened dos Sublime é a proposta que se segue, num último esforço nosso para o ajudar a sair do sofá que já está a ganhar a forma do seu corpo. Vai ver que esta musica divertida acaba por combinar bem com o seu desejo de se manter estendido.

Se chegou aqui e ainda não conseguiu recompor-se o melhor será continuar a descansar. Quem sabe amanhã estará melhor. Ain’t No Sunshine de Bill Withers lamenta a fuga da sua amada. O que, se não se levanta rapidamente, poderá ser a sua sina.

Depois desta viagem, estamos, talvez, prontos para voltar a sair para a rua e aproveitar a noite como se não houvesse amanhã. Bye, bye, ressaca!