10 hotéis de enoturismo para participar nas vindimas

Do Alvarinho ao Vinho do Porto, venha connosco numa viagem por 10 dos melhores hotéis de enoturismo que encontra em Portugal. As vindimas estão quase aí!

A Gastronomia e os vinhos estão entre os produtos estratégicos para o desenvolvimento do Turismo em Portugal. Numa altura em que estamos a aproximar-nos da época das vindimas, importa recordar que o enoturismo está em desenvolvimento. Em 2013, um inquérito do Turismo de Portugal permitiu identificar praticamente 900 estabelecimentos de enoturismo, 339 dos quais responderam a um inquérito que permitiu fazer um mapeamento da oferta e da procura deste tipo de turismo tão particular.

A maioria das empresas de enoturismo (78%) iniciaram a sua actividade nos últimos 14 anos do período em análise, pelo que, a manter-se essa tendência, actualmente serão muitas mais. Segundo aquele estudo, há cinco anos, “97% das unidades de enoturismo realizam provas de vinhos, sendo necessário marcação prévia para 74% destas unidades”. Outra atividade que merece destaque “são as visitas guiadas às instalações desenvolvidas por 93% das unidades”. Em suma, em época de vindimas é altura de considerar uma escapadela numa destas unidades, tirando partido, se possível, de algumas das rotas de enoturismo disponíveis.

Apresentamos-lhe 10 sugestões de hotéis de enoturismo que, temos a certeza, o vão deixar apaixonado. As nossas escolhas reuniram uma série de critérios: a beleza da paisagem, a qualidade dos vinhos produzidos nestas herdades, o nível de serviço e até a gastronomia da região. O vinho não são só uvas fermentadas. Para se entender o néctar, é preciso também beber a cultura e as paisagens que lhe deram origem. Não há melhor altura do que esta: venha connosco para uma escapadela vínica!

Quinta do Alcube

Na região da Grande Lisboa, a 18 minutos de praias como a Figueirinha, o Albarquel, Galápagos ou Portinho da Arrábida, fica a Quinta de Alcube. Esta propriedade familiar, está situada no vale homónimo no seio do Parque Natural da Serra da Arrábida e tem uma simpática oferta de enoturismo.

Poderá visitar a adega e ter lições sobre o processo de transformação da uva até à garrafa. Os proprietários fazem questão de ajudar a escolher o vinho ideal para o seu perfil. Os vinhos são variados: tintos, brancos, monocasta, blend, Touriga Nacional ou Syrah.

O hotel ocupa o antigo solar do Morgado de Alcube, uma edificação do século XV. A fundação do espaço aconteceu pelas mãos de Álvaro de Sousa e Dona Francisca de Távora. Para pernoitar, poderá ficar na Casa Castelão, na Casa Moscatel, na Casa Trincadeira, que devem os seus nomes a castas caraterísticas da quinta, e descansar nos terraços privados com espreguiçadeiras.

No local poderá ainda visitar o Museu da Vinha e do Vinho, num espaço que foi anteriormente um lagar romano. A não perder também é a visita à Capela do Alto das Necessidades, um edifício de 1750 que ilustra os rótulos da casa.

Adega Mayor

Vindima Mayor. É este o nome da experiência de um dia promovido pela Adega Mayor, em Campo Maior, no Alentejo, disponível até ao final do mês de Setembro. A experiência inclui um passeio pelas vinhas com explicação técnica de todo o processo, a aprendizagem de técnicas de vindima manual, uma visita guiada à adega, da autoria de Siza Vieira, uma prova de mosto e ainda um workshop vínico, com prova de quatro vinhos Adega Mayor.

A Adega Mayor é fruto da visão do comendador Rui Nabeiro e da sua grande paixão pelos vinhos e pela sua terra, Campo Maior. São 65 hectares de vinha distribuídos por duas herdades que dão origem às marcas Monte Mayor, Touriga Nacional, Reserva do Comendador e Garrafeira do Comendador.

A nova adega foi inaugurada em 2007 mas produz vinho desde 2002. A produção está a cargo do enólogo Paulo Laureano e de uma equipa dedicada que coloca nos vinhos toda a tradição e sofisticação do Alentejo.

Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo

A Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo, na região do Douro, foi considerada este ano com um “Best Wine Resorts of the World”, pela revista britânica de luxo e Lifestyle Conde Nast Traveleller. Integrou uma lista de 17 enoturismos internacionais.

Segundo a revista, “os 11 quartos elegantemente renovados da Quinta Nova – com pavimentos de madeira antigos, paredes caiadas de branco e cabeceiras das camas de madeira escura – têm uma vista magnífica sobre as vinhas velhas que descem sobre o mergulhante Vale do Douro. As refeições são servidas num terraço ao ar livre, harmonizadas com vinhos premiados, como rosé ou moscatel seco”.

O projeto de um alojamento dedicado ao vinho em Portugal nasceu em junho de 2005. Inicialmente tinha o nome Burmester. Hoje é a Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, um empreendimento enquadrado em 120 hectares de quinta cuidadosamente preservados.

A par da casa nasceu o Winery Restaurant, Conceitus, um espaço muito elegante, enquadrado no salão da casa senhorial, que se estende à esplanada exterior de onde se vislumbram as vinhas que descem até ao rio Douro. Em Setembro de 2017, a Quinta Nova abriu as portas do Wine Museum Centre Fernanda Ramos Amorim, um projeto museológico que completa a oferta de enoturismo do empreendimento.

As atividade de enoturismo incluem ainda provas de vinho e visitas à adega e sala de barricas, um passeio pela quinta com uma pausa para piquenique ou um passeio de barco ou comboio pela região. E já reparou no nome da Quinta? Lembra-se das “As pombinhas da Cat’rina”? Onde foram elas ter? Exato, a esta Quinta Nova. Segundo a investigação desenvolvida por José Braga-Amaral para o livro “250 Anos de Histórias”, o cenário de uma das mais famosas cantilenas infantis portuguesas é precisamente a nossa Quinta Nova, referência do Douro na produção de vinhos premium. Não deixe de ler a história completa no site do empreendimento.

7 Hotéis de enoturismo para viver as vindimas

Solar de Serrade 

Integra a rota do vinho verde Alvarinho. Esta é uma casta considerada a “rainha” dos vinhos brancos portugueses. Produzido na sub-região de Monção e Melgaço este vinho eleva-se a superior qualidade merecedora de reconhecimento e prémios internacionais.

No coração de tudo isto, o Solar de Serrade produz o vinho com o mesmo nome, o “Terras de Monção” e o “Trajadura”, mas abre as portas também para receber visitantes. É uma casa armoriada de meados de XVII, dentro da arquitetura típica do Alto Minho, com capela e jardim romântico.

No exterior encontramos jardins, recantos, árvores de grande porte e vinhas, rodeados de montanhas. Na sua atual função, vocacionada para o turismo, o Solar de Serrade foi inaugurado em 1997. Aqui se encontra um importante espólio de mobiliário, tapeçarias e louças, bem como azulejaria. A oferta inclui seis quartos duplos e duas suites.

Casa das Pipas 

Uma das atividades a que a Quinta do Portal se dedica é precisamente ao enoturismo. Para o efeito criou a Casa das Pipas, um projeto único e inovador que reúne a essência da região do Douro: o vinho e a vinha. Localizada entre os vinhedos, da Casa das Pipas pode observar-se o Douro montanhoso que recorta o horizonte, desafiando os céus. Acresce ainda a Casa do Lagar, junto à aldeia de Celeirós do Douro, e que nasceu da recuperação de um lagar de azeite tradicional.

A Casa das Pipas conta com doze quartos expostos a sul, piscinas, sala panorâmica, ginásio, biblioteca vínica, num ambiente informal, mas requintado. Testemunha-se o traço de Siza Vieira no local. O restaurante apresenta os produtos e pratos regionais, acompanhados pelos vinhos aqui produzidos, com vista para o Vale do Pinhão. Há programas para participar ou simplesmente assistir à vindima, mas também passeios de barco e bicicletas para os hóspedes.

7 Hotéis de enoturismo para viver as vindimas

Casa da Ínsua 

É o primeiro empreendimento da Paradores fora de Espanha. O Paradores é uma reconhecida marca internacional, composta por 96 hotéis de charme, com forte cariz históricos. Dificilmente encontrará melhor poiso para conhecer o Dão do que este hotel de charme, a Casa da Ínsua, em Penalva do Castelo, a cerca de 25 quilómetros de Viseu. O edifício solarengo de estilo barroco foi convertido num hotel de charme de cinco estrelas. É a escolha certa quer para lazer quer para eventos empresariais. A integração na rede Paradores permitiu ao hotel renovar a sua qualidade de serviços excecional.

É um hotel de charme, um museu e um produtor de vinhos reconhecidos. Após a reabilitação, manteve a uma fachada e interior ricamente decorados, magníficos azulejos barrocos, tetos trabalhados, lareiras, armas indígenas brasileiras e muito mais.

Durante a época das vindimas inclui programas para os hóspedes participarem nas tarefas da colheita e provas orientadas. A oferta de programas inclui outras iniciativas como a apresentação dos Queijos Casa da Ínsua seguida de formação sobre técnicas básicas para a produção do Queijo Serra da Estrela.

Hotel Rural da Quinta de Catralvos 

Quem visita Catralvos, tem a oportunidade provar alguns dos melhores vinhos, produzidos com as famosas castas da Península de Setúbal.
E porque estamos em Azeitão, não nos podemos esquecer dos afamados queijos e tortas. O lema: “Descubra as vinhas e a adega da Quinta de Catralvos e apaixone-se pelos mais afamados produtos de Azeitão – o Vinho, o Queijo e as Tortas”. Os interessados podem ainda visitar a adega, para conhecer todo processo e a moderna tecnologia de trabalhar a vinha e o vinho.

Os enólogos residentes partilham saber, desvendam segredos a quem procura um momento de aprendizagem e animação à volta do vinho. Pode ainda desfrutar de um banho de piscina sobre as vinhas e com vista para a belíssima Serra de Arrábida. É uma experiência de criação de um vinho, ficando, em simultâneo a saber tudo sobre a história e as características da região e do seu “terroir”. Após o vinho criado, é altura de cada um o engarrafar, o rolhar e o rotular.

L’AND Vineyards Resort 

O L’And Vineyards é um retiro exclusivo com 25 suites modernas e luxuosas entre a beleza natural e tranquilidade do Alentejo. Os interiores são da autoria de Márcio Kogan e obras de arte de Michael Biberstein.

Rodeado de beleza, pode revitalizar-se no Spa Caudalie com produtos naturais à base de uva, relaxar no jardim de vinha, voar num passeio de balão e recuperar as forças com uma viagem gastronómica proporcionada por uma cozinha de autor.

Este hotel de cinco estrelas, tem ainda uma lagoa artificial e suites com vistas para o céu noturno, para preencher o álbum da memória. É um dos poucos casos desta lista que não produz vinho próprio, mas compensa com uma perspetiva original e moderna sobre o tesouro das uvas.

A oferta disponibilizada por esta unidade hoteleira inclui passeios pelas vinhas, provas e cursos de vinhos. E não fique triste, não tem produção, mas proporciona visitas a adegas da região, podendo, inclusivamente, desenhar passeios ao seu gosto, criados à sua medida.

Herdade da Malhadinha Nova, Country House & Spa 

A Herdade da Malhadinha Nova é uma típica herdade familiar alentejana, em Albernôa, no Baixo Alentejo. Os vinhos da Malhadinha são uma referência, distinguidos por diversos prémios internacionais e exportados para mais de 25 países.

Mas, desde 2003, a Herdade abre-se também a hóspedes de forma muito especial, incluindo na época das vindimas. É um espaço familiar e tradicional, e ao mesmo tempo extravagante e único. O enoturismo na Malhadinha tira partido dos 450 hectares da propriedade, disponibilizando uma moderna adega, um restaurante gourmet e até um country house & Spa, que é como quem diz, um hotel de charme, com 10 quartos.

As experiências proporcionadas incluem visitas à propriedade, à adega, provas de vinhos, passeios a cavalo ou de balão. E, se ainda assim não é o suficiente, pode solicitar um programa à sua medida. O Restaurante da Malhadinha – Wine & Gourmet, integrado no edifício da Adega, apresenta cozinha de autor, com produtos da terra em interpretações modernas. Para acompanhar, os excelentes vinhos da Herdade. Com marcação prévia é possível encomendar os pratos tradicionais Alentejanos, como o galo de cabidela, o arroz de perdiz, o cozido Alentejano, entre outros.

Herdade dos Grous 

Na Herdade dos Grous, distrito de Beja encontramos um refúgio de cariz tradicional para relaxar, com extensas paisagens, uma barragem, quinta orgânica e criação de gado. Os excelentes vinhos aqui produzidos têm ganho diversos prémios e poderá experimentá-los no bar vínico da herdade.

Para a produção dos vinhos são utilizados os métodos mais modernos de produção de vinho, incluindo um sistema de rega avançado que utiliza a técnica gota-a-gota. A vinhas tiram partido das condições climatéricas do local, sendo amadurecidas várias castas de uvas vermelhas, nacionais e internacionais. Também na adega são empregues inovações tecnológicas combinadas com métodos tradicionais de elaboração de vinho. Em seguida o vinho é armazenado numa cave, sob ótimas condições de humidade temperatura, em barris de madeira francesa e americana.

Os entusiastas de cavalos podem escolher entre a equitação e uma visita aos estábulos onde se criam cavalos belgas. Através de um passeio a cavalo é possível descobrir a fauna e a flora únicas da propriedade.

Antes de partir, na loja é possível conhecer e adquirir todos os produtos da herdade: vinhos e respetivos utensílios, azeite, tradicionais doces de frutas caseiros, chás de ervas orgânicos, ervas aromáticas e biscoitos tradicionais de azeite.