A moda das Bowls: onde encontrar as melhores

2 Julho | 2019 | Goodyear

A moda é recente mas já conquistou os portugueses. E como poderia ser de outra maneira? As bowls nada mais são do que tigelas que já não servem apenas para comer sopa. Nestas taças pode comer-se um pouco de tudo, dos cereais à fruta e aos vegetais, do peixe aos noodles com carne, do pequeno-almoço ao jantar.

E neste negócio gastronómico em franca expansão há, de norte a sul de Portugal, cada vez mais sítios para desfrutar desta nova maneira prática e geralmente saudável de comer, seja smoothie bowls, as taças coloridas em que a base é composta por fruta e por uma bebida vegetal, a que se acrescenta um topping crocante e fruta cortada, ou poke bowls, um prato que nasceu entre os pescadores do Havai e que, basicamente, consiste em comer sushi mas numa tigela. E são, ainda por cima, pelo cuidado com que os ingredientes são arrumados, altamente fotografáveis: basta fazer uma pesquisa no Instagram…

Deixamos então uma série de sugestões para provar e apreciar esta nova e cada vez mais popular forma de comer.

Frutaria

Em plena Rua dos Fanqueiros, no coração da Baixa lisboeta, fica a Frutaria, um complemento saudável ao hostel que já existia no edifício, o We Love F Tourist, do mesmo proprietário. O mote desta frutaria é, naturalmente, a comida saudável, onde as smoothie bowls são as estrelas de um menu que também inclui o inevitável brunch, feito de ovos de vários tipos e das habituais panquecas.

Local

No Mercado da Vila de Cascais, edifício erguido em 1952 que sofreu uma recente e profunda renovação fica o Local Cascais, o primeiro espaço de alimentação saudável aberto pelo Local – Your Healthy Kitchen. Entre muitas e boas opções realmente saudáveis, desde pratos vegan sem trigo e lactose a sobremesas sem açúcar refinado, cabem também as poke bowls, onde pode escolher entre os poke assinatura da Local ou construir o seu próprio poke. Há mais dois restaurantes em Lisboa, em Santos e na Avenida da Liberdade.

Bowl Lisboa

O primeiro Bowl Lisboa nasceu no Cais do Sodré mas a nova coqueluche fica em Campo de Ourique, na rua Francisco Metrass. Da ementa constam muitas e boas bowls, entre as smoothie bowls e as bowls de aveia, todas elas batizadas com nomes de destinos turísticos famosos e paradisíacos. Há também batidos, tostas e panquecas.

O Poke

No último andar do El Corte Inglés de Lisboa, integrado na Gourmet Experience do centro comercial, fica O Poke, uma criação do chef Kiko Martins recheada de muitos e bons pokes, desde os tradicionais ao mais puro estilo havaiano, como o poke com puré de abacate, atum e algas, aos de assinatura, como o de vieiras e beterraba.

Cookery Food Bar

Em pleno centro do Porto, na rua do Almada, fica o Cookery Food Bar, onde todas as receitas são servidas em bowls a partir de criações de alguns dos melhores e mais famosos chefs e ‘food lovers’ portugueses, entre eles Chakall, Luís Américo, Ruy Leão, Camilo Jaña ou Joana Gonçalves. Há ainda bowls de enchidos Paleo e bowls de queijos seleccionados pela vizinha Queijaria do Almada.

Fixe Bowl

Na Cedofeita, não muito longe do Museu Nacional Soares dos Reis, encontra-se o Fixe Bowl, projeto de dois amigos que trocaram a ideia de um restaurante de praia por um bar de peixe no centro do Porto. Influências orientais e brasileiras compõem o menu de bowls quase todos à base de peixe, embora exista a opção vegetariana. Para os mais aventureiros há ainda a hipótese “Faça você mesmo”, em que o cliente é convidado a criar a sua própria bowl.

De que é que está à espera? Faça a sua escolha e delicie-se com o admirável mundo novo da comida servida em taças.

Good Year Kilometros que cuentan