Algarve tranquilo: cinco destinos para escapar da multidão.

Cerca de um milhão de turistas estão no Algarve. Se prefere sítios mais calmos, a Goodyear apresenta-lhe cinco destinos para fugir da multidão.

Cerca de um milhão de turistas estão neste momento no Algarve. A Goodyear apresenta-lhe algumas sugestões de locais onde pode fugir de multidões e ficar a conhecer os segredos do Algarve. Venha conhecer um Algarve tranquilo!

Indecisos sobre se avançar ou não com este artigo já anteriormente planeado, o incentivo chegou-nos do próprio Algarve. Afinal, não obstante os incêndios que a região enfrentou recentemente, não suspendeu a realização da Feira Medieval de Silves que terminou este fim-de-semana nessa cidade do sul do país. De facto, até o Presidente da República recomendou a visita à feira medieval, considerando-o mesmo um “dever de solidariedade cívica”.

Sendo assim, as sugestões que fazemos passam pela Cidade Velha de Faro, pela Ria Formosa, pelo Cabo de São Vicente e por duas praias relativamente desconhecidas. Porque, no fundo, não há melhor forma de ajudar que contribuir para reavivar terras afetadas por flagelos naturais do que visitá-las.

E um dos sítios potencialmente mais calmo na região é a própria capital: Faro. Tem menos turistas que o resto do Algarve, tem uma vida própria que dura o ano inteiro. No entanto, a cidade tem ganho uma alma mais moderna e ativa. Há espetáculos, restaurantes, bares e lojas destinados a um público criterioso e Faro evidencia-se como destino para todo o ano.

Crianças em Faro

A capital: Faro

Dentro de Faro, comece por visitar a 1. Cidade Velha, a zona muralhada, a que se acede através das antigas portas. A povoação cresceu dentro dos muros de Vila-a-Dentro por altura da presença árabe, sobrevivendo vários monumentos e edifícios históricos. Entre pelo Arco da Vila e rapidamente irá detetar os vestígios árabes que ainda restam.

A construção é típica, com as ruas em calçada e as fachadas brancas omnipresentes, com algumas casas encavalitadas a trazer ares de Norte de África. No Largo da Sé encontramos a Câmara Municipal e a Sé Catedral, cuja torre merece uma visita. No alto do sino existe uma varanda com uma vista fantástica sobre a cidade e a Ria Formosa.

Se já estiver com fome, dentro das muralhas poderá encontrar algumas boas propostas. Recomendamos o terraço do Tertúlia Algarvia para provar a moxama e a barriga de atum. Em alternativa, o Cidade Velha é especialista em cataplanas e a comida é sempre feita na hora.
Visite a Igreja do Carmo, onde se encontra a insólita Capela dos Ossos, cujas paredes foram construídas com os restos de cemitérios da região. A sua visita a Faro poderá ser aprofundada neste artigo da Goodyear. Se tem crianças, não deixe de ver as nossas sugestões para passar tempo em Faro com os mais pequenos.

O melhor da época baixa: encontro no Algarve no Outono

A natureza: Ria Formosa

A 2. Ria Formosa, junto ao Algarve é por isso a segunda sugestão que fazemos. O Parque Natural da Ria Formosa (PNRF), situado no sotavento algarvio, estende-se por 60 quilómetros e está assente numa importante zona lagunar aí existente, que se estende por cerca de 18.000 hectares. Inclui a área submersa nos concelhos de Faro, Loulé, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António e atravessa paisagens memoráveis.

Além de todas as aves que poderá avistar, poderá reservar passeios de barco durante quase todo o ano. Na zona há dunas costeiras, incluindo um magnífico cordão dunar avançado, sapais, em troços mais abrigados da costa ou matas.

Em estuários, lagunas ou baías, e protegidas do embate das ondas do mar aberto por uma barreira de ilhas ou pontas arenosas. Estão submersas durante a maré alta e ficam a descoberto na maré baixa. Este tipo de ambiente encontra-se entre os mais produtivos da biosfera, porque os nutrientes chegam ali naturalmente, levados pelo movimento constante de fluxo e refluxo das marés. Saiba mais no site do Instituto de Conservação da Natureza.

Sagres, onde a terra acaba e a cozinha algarvia começa

Mais natureza: Cabo de São Vicente

No 3. Cabo de São Vicente, o vento pode soprar a mais de 100km/h e a maresia é-nos imposta, quer queiramos ou não. Do cabo até à Fortaleza vamos encontrar uma sucessão quase ininterrupta de brutas arribas, encabeçadas por estes dois promontórios. Sob a influência do Norte de África, do Mediterrâneo e do Atlântico, é uma região de uma diversidade notável.

Veja ainda como as variedades locais se adaptaram ao meio, tornando-se mais rasteiras para resistir ao vento. Nesta zona existem 11 espécies consideradas decisivas para conservação. Só mais para o interior é que começa a dominar a influência do barrocal. Vários percursos pedestres permitem descobrir tudo isto e há ainda uma via ciclável perto da Nacional 268.

Duas praias sossegadas: Cacela e da Ponta Ruiva

De 4. Cacela, de Cacela Velha ou Praia da Fábrica, em Vila Real de Santo António. Vários nomes para uma mesma praia situada na extremidade poente da antiga Península de Cacela, a sul da aldeia de Cacela Velha, no Algarve. Esta praia está integrada no Parque Natural da Ria Formosa. A praia é extensa, as águas tépidas e calmas. Caracteriza-se pela sua grande extensão, pelas suas águas tépidas e calmas durante o período estival. A beleza é, inegavelmente, de cortar a respiração.

Para lá chegar… A pé ou à boleia de um pescador que ajuda na travessia da Ria Formosa. Nos meses de verão alguns pescadores dedicam-se mesmo a fazer travessias regulares da ria. Poderá ficar hospedado na Casa de Cacela, um alojamento com piscina exterior, pomares e jardins em Vila Nova de Cacela. Para comer, opte, por exemplo, pelo Praia Café.

Mexilhão

A 5. praia da Ponta Ruiva, perto do Cabo de São Vicente, em Vila do Bispo, é pequena e muito isolada. O nome foi-lhe atribuído pela rocha de tons avermelhados que enquadra a praia. Sem vigilância, é frequentada por naturistas, surfistas e praticantes de bodyboard. Para ficar, poderá optar pelo Martinhal Sagres Beach Family Resort Hotel, em Sagres. Um hotel com uma magnífica vista sobre a praia e a três quilómetros do porto de pesca de Sagres. Entretanto, para comer, passe pelo restaurante Carlos.