As novas praias com Bandeira Azul

1 Julho | 2019 | Goodyear

São mais 20 as praias portuguesas que, em 2019, receberam a tão desejada Bandeira Azul, símbolo de águas e areias limpas e convidativas. No total, a longa costa do nosso País soma 352 praias com bandeira azul, 60% de todas as existentes em Portugal, incluindo Açores e Madeira, das quais 317 marítimas e 35 fluviais.

O Algarve é a região com mais praias com a Bandeira Azul desfraldada, 88, apesar da saída da praia do Pintadinho, no concelho de Lagoa, seguido de perto pelo Norte do país, com 75, 69 das quais são costeiras e seis fluviais. A novidade é a praia de São Félix da Marinha, em Vila Nova de Gaia, em entre as praias de rio, a do Parque Dr. José Gama, no concelho de Mirandela.

Duas novas na Linha

Já a região do Tejo, que inclui a zona de Lisboa, a Margem Sul e o Oeste, conta com 54 Bandeiras Azuis, 45 costeiras e novas fluviais, com destaque para o concelho de Oeiras, que junta à lista as praias de Santo Amaro e da Torre. A praia fluvial de Fontes, no concelho de Abrantes (distrito de Santarém), e a praia do Salgado, na Nazaré (distrito de Leiria), também vão receber este ano a Bandeira Azul, havendo ainda duas reentradas neste lote: a praia da Rainha, na Costa de Caparica, concelho de Almada (distrito de Setúbal), e de Janeiro de Baixo, no concelho da Pampilhosa da Serra (distrito de Coimbra).

Por sua vez, a região Centro tem este ano 28 praias costeiras com o galardão, mais quatro relativamente a 2018, com a atribuição da distinção às praias de Cabo Mondego, de Cova Gala Hospital, da Murtinheira e da Tamargueira, todas no concelho da Figueira da Foz, no distrito de Coimbra. O Centro do país terá ainda 16 praias fluviais, mais uma do que em 2018, havendo a perda da Bandeira Azul da praia da Senhora da Graça, no concelho da Lousã (Coimbra), enquanto as praias de Avô, no concelho de Oliveira do Hospital (Coimbra), e de Areinho, no concelho de Ovar (Aveiro), entram para a lista de 2019.

 

5 entradas na lista

Deixamos então uma mão cheia das novas praias que envergam a Bandeira Azul em 2019, ano que terá uma campanha com o lema “Do rio ao Mar sem Lixo”, com a ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa) a desafiar os concessionários das praias a diminuírem o consumo de plástico descartável.

Santo Amaro (Oeiras)

Não é costume ver as praias da linha com Bandeira Azul mas, este ano, existem duas representantes dos arredores de Lisboa, ambas no concelho de Oeiras: Torre e Santo Amaro. A última tornou-se, nos últimos anos, uma das mais concorridas da linha, não só por ficar perto da estação de comboio como pelas melhorias e equipamentos que foram sendo acrescentados, como o pequeno parque infantil ou o espaço especializado para pessoas com mobilidade reduzida.

Salgado (Nazaré)

A meio caminho entre a Nazaré e São Martinho do Porto e protegida pela Serra da Pescaria a norte e pela Serra dos Mangues a sul fica o Salgado, uma praia procurada por quem gosta de tranquilidade e por praticantes de parapente.

São Félix da Marinha (Vila Nova de Gaia)

Situada no concelho de Vila Nova de Gaia, a caminho de Espinho, fica o areal de São Félix da Marinha, praia onde é possível desfrutar da tranquilidade, mesmo no pico de Agosto, quando as vizinhas Aguda e Espinho são mais procuradas.

Avô (Oliveira do Hospital)

Na aldeia de Avô, no concelho de Oliveira do Hospital, fica uma das mais belas praias fluviais do país. Situada no centro da aldeia (que faz parte das Aldeias do Xisto) é banhada pelo rio Alva e pela ribeira de Pomares.

Fontes (Abrantes)

Na freguesia de Fontes, a cerca de 30 quilómetros da cidade de Abrantes, nasceu em 2018 uma nova praia fluvial no Zêzere e que vai este ano hastear a Bandeira Azul pela primeira vez.

Feitas as sugestões, a escolha é sua. E opções não faltam entre as mais de três centenas e meia de praias nacionais que envergam orgulhosamente a Bandeira Azul.

Good Year Kilometros que cuentan