Duração dos pneus: como rodar os Kms a que tem direito

Aprenda 7 dicas e técnicas de conservação dos pneus, para que obtenha a quilometragem máxima sem perder qualquer segurança ou conforto de condução.

Quer o seu carro ataque a estrada todos os dias ou seja um clássico que só raramente sai da garagem, os pneus são um dos principais fatores de consumo e conforto e, se não lhes prestarmos a devida atenção, poderemos estar a forçar os limites da segurança. Não são só os quilómetros que esgotam a vida útil de um pneu: também a exposição aos elementos, a pressão e a simples passagem do tempo são fatores que determinam quanto tempo é que um conjunto de pneus nos poderá servir. Veja connosco algumas dicas para aumentar a duração dos pneus.

1. Tenha atenção ao local onde guarda o seu carro

A exposição ao sol é um dos piores problemas para um pneu parado e todos os sistemas de um carro irão agradecer se ele for regularmente guardado num local protegido como uma garagem. Sabemos bem que uma garagem pode ser um “luxo” para muitos habitantes de grandes cidades, mas cada caso é um caso e, por vezes, o investimento no aluguer de um espaço abate nos custos de manutenção futura do seu veículo. Uma dica para os donos de carros clássicos, que usam outro veículo no dia-a-dia: Se conta não usar o seu carro antigo durante um período muito prolongado de tempo, o ideal é arrumá-lo em cima de cavaletes. Deixe também a pressão de ar a cerca de 20% a mais do que o valor indicado para a circulação normal. Este ato evita que os pneus ressequem tão depressa e a sua deformação, mas não se esqueça de regressar à pressão correta quando for conduzir.

2. Cuidado com os produtos usados!

Tenha cuidado com os remédios caseiros e produtos à base de petróleo, que podem meter os seus pneus e jantes com um aspeto impecável mas agridem a borracha e provocam a sua deterioração prematura. Há uma grande quantidade de bons produtos para o tratamento e manutenção de pneus, por isso não há motivo nenhum para usar produtos duvidosos.

3. Recorde as primeira das nossas 5 dicas para conhecer o estado dos seus pneus: 

mantenha sempre um olho atento, pois elementos como a pressão podem ser vistos diretamente na superfície do pneu. Se apresentar desgaste excessivo nas zonas externas da sua superfície, é sinal que está a rodar com a pressão baixa. Em sentido contrário, o desgaste na faixa central do pneu é sinal que tem ar a mais. Como já sabe por esta altura, cada conjunto de pneus tem o seu valor de pressão ideal, informação que deverá estar disponível no manual do seu carro.

Duração dos pneus: como rodar os Kms a que tem direito

4. Não se esqueça da rotação dos pneus

A rotação é uma das formas mais eficazes e simples de extrair dos seus pneus todos os quilómetros que eles podem oferecer. Os dois pneus dianteiros, no caso de comuns veículos com tração dianteira, são os primeiros a mostrar desgaste. Nesses casos, os fabricantes aconselham a colocar dois pneus novos na traseira e passar os velhos para a frente, de forma a manter toda a estabilidade.

5. Verifique o alinhamento da direção

O estado da direção e das suspensões tem impacto imediato e visível no estado e duração dos seus pneus. De acordo com o veículo e o problema concreto do seu carro, para além dos efeitos sentidos na condução, uma direção desalinhada ou suspensões em mau estado podem ser visualmente detetados em sinais como desgaste apenas na faixa interior do pneu, por exemplo. Aprenda a detetar problemas com o alinhamento da sua direção e vai ver que os seus pneus também vão agradecer.

6. Não poupe no equilíbrio e alinhamento das rodas

A troca de pneus (seja devido à rotação ou a um furo) deve ser acompanhada do re-equilíbrio das rodas e dos pneus. Enquanto a direção desalinhada é detetada através da resposta à condução, o desequilíbrio provoca um aumento da vibração e irá fazer com que um dos lados se desgaste mais depressa do que o outro. Siga as instruções do seu mecânico e, depois de renovar o seu conjunto de pneus ou passar por um embate que envolva qualquer elemento do sistema rodas/direção, solicite o reequilíbrio das rodas na oficina.

7. Mantenha os bons hábitos que a Goodyear lhe ensina

Os pneus são a única parte do seu carro em permanente contacto com o chão e, por isso, são aqueles que mais beneficiam de bons hábitos de condução. Já aqui lhe explicámos como as atitudes corretas ao volante resultam numa viagem mais verde e também no aumento da vida útil do seu carro, elementos que acabam por ser importantíssimos também no que diz respeito à duração e bom estado dos seus pneus.