Como transformar uma carrinha numa autocaravana

20 Junho | 2019 | Goodyear

Tem uma carrinha e quer convertê-la numa casa sobre rodas, ou seja, transformá-la numa autocaravana. Pode ser grande ou pequena, inclusivamente uma ambulância, ultimamente na moda por tratar-se de um veículo com grandes possibilidades. O importante é que tenha uma ideia bem definida e não esquecer como irá afetar as suas finanças. Para conseguir a sua casa sobre rodas ideal é necessário valorizar muitos e diferentes aspetos: será um processo longo mas muito divertido e o resultado fará com que valha a pena. Na Goodyear, oferecemos uma série de conselhos para transformar a sua carrinha numa autocaravana e apenas terá de se preocupar com os quilómetros a fazer na próxima escapadinha.

O design: o coração da carrinha

Teremos de desenhar o interior da carrinha, um processo que podemos fazer antes ou depois de a isolar, mas que nos vai acompanhar durante os (muitos) anos em que vamos desfrutar do nosso novo veículo. É aconselhável procurar a ajuda de um profissional, para não termos de nos preocupar com alguns dos trabalhos que vamos ter com a nossa carrinha transformada.

Para começar os móveis, que é a primeira coisa em que pensamos. Aqui, há que ter em conta a cama, o chuveiro, a instalação elétrica e o aquecimento. Tudo isto é imprescindível para poder desfrutar da nossa carrinha assim que estiver transformada numa autocaravana porque são elementos dos quais necessitamos numa base diária. Não esquecer a manutenção habitual de um automóvel, prestando especial atenção aos pneus , a primeira barreira de segurança do nosso veículo.

A importância do isolamento

Se já temos uma carrinha, o primeiro passo é fazer o isolamento. Se vamos converter o veículo na nossa casa rolante, temos que garantir o conforto pelo que é imprescindível dotá-la do melhor isolamento possível. O calor do verão e o frio e a humidade do inverno não podem estragar uma escapadinha idílica ou as férias pelas quais tanto esperámos.

Há vários tipos de material para isolar uma carrinha: a mais vulgar é a lã de rocha, um material fabricado a partir de rocha vulcânica que é muito recomendável. Podemos combiná-la com o isolamento utilizado no mundo da construção civil ou com espuma auto-adesiva. Em ambos os casos pode ser comprada em rolos de vários metros, dependendo da nossa necessidade.

Móveis adequados, finos e resistentes

Os móveis de que vamos precisar. Esta é uma decisão muito importante já que não estamos a falar apenas do design. O que comprarmos terá incidência direta num aspeto tão diferente como o consumo do veículo.

Para além de móveis que poupem espaço, necessitamos de equipar a carrinha com material que seja resistente e ligeiro. Essa combinação ajudar-nos-á a ter à mão tudo o que precisamos e, além disso, não irá provocar excesso de peso no veículo e causar diretamente maior consumo a cada quilómetro que vamos percorrer… E vão ser muitos.

O problema do frio e do calor

Já isolámos a carrinha e com isso garantimos  que não teremos calor no verão nem congelaremos no inverno. Mas será suficiente? Se quer desfrutar da sua carrinha em todas as estações do ano, tem de ter em conta dois problemas.

Em primeiro lugar, o calor do verão: pode instalar um ar condicionado que aliviará os dias de estio em que o termómetro supera os 40 graus. Existem soluções adaptáveis que não ocuparão muito espaço.

Em segundo lugar, o frio do inverno: se vamos, por exemplo, para a montanha, é útil saber que as temperaturas baixas podem danificar os sistemas de água. O nosso conselho é que, ao desenhar o equipamento de que necessita, aposte num sistema de aquecimento duplo que mantenha a água sempre quente.

Quanto vai custar?

Esta é, provavelmente, a grande questão para todos aqueles que decidiram transformar a sua carrinha numa autocaravana antes de deitar mãos à obra. Não existe uma resposta fácil: há preços para todas as bolsas, já que todos os passos de que falámos podem ser feitos com materiais de luxo , de boa qualidade, de categoria média ou, inclusivamente, low cost.

Em termos gerais podemos dizer que dependerá do tamanho da carrinha e pode variar entre os 2 mil euros que custará transformar uma carrinha pequena com isolamento e uma cama até aos mais de 10 mil euros que gastaremos se vamos converter uma carrinha grande, tipo ambulância, na nossa casa sobre rodas. E cada detalhe que queiramos acrescentar significará um novo gasto para as nossas finanças pessoais.

Transformar uma carrinha numa autocaravana significa, por assim dizer, converter um veículo industrial numa casa sobre rodas para viver sem pressas e ao nosso ritmo. Desfrutar da natureza sem estar dependente de horários e de hotéis é um luxo que está ao nosso alcance. É preciso apenas ter vontade, ideias e quilómetros para percorrer.

Good Year Kilometros que cuentan