Casas de Juromenha, mergulho na história

26 Fevereiro | 2016 | Goodyear

Já noutras ocasiões falamos do Alentejo e da região de Alqueva neste blogue como destinos mais do que recomendáveis para uma escapadinha. À riqueza paisagística, gastronómica e histórica da região veio juntar-se agora  mais uma razão: o excelente roteiro histórico pela Região de Alqueva das Casas da Juromenha.

O que são as Casas de Juromenha? Este conjunto de seis casas modernas mais respeitosas com a tradição salienta-se há muito tempo como uma unidade de turismo rural de especial importância no concelho do Alandroal, banhado pelas águas arraianas do Guadiana. Olivença situa-se em frente e o rio acaricia a beira das casas ao passar, criando uma paisagem única perfeita para escapadas em família. Uma pequena herdade surgida da história longamente decantada destas terras e enfeitada com um fresco olival nas margens do Guadiana, que agora oferece um novo motivo ao visitante dubitativo.

Recentemente as Casas de Juromenha anunciou o lançamento de um novo pacote especial em que oferece visitas e caminhadas guiadas por vários locais da região dotados de um importante interesse histórico: Juromenha, Alandroal, Ajuda e Villarreal. Todos os percursos são feitos em companhia do arqueólogo Luís Lobato de Faria ou colaboradores devidamente formados.

E quais são os tesouros históricos que este pacote turístico visa pôr em conhecimento do visitante? Bom, a região é rica de mais para cingir tudo a uma única visita, mas entre os lugares que o turista tem por força de conhecer na rota das Casas achamos uma série de edifícios históricos que, aos nossos olhos, parecem terem decidido ficar ancorados nalgum ponto ignoto da história.

Juromenha ceo - Quilometrosquecontam

Na capital do concelho, Alandroal, os visitantes podem mergulhar numa vastíssima tradição cultural e gastronómica mesmo apaixonante. O Castelo do Alandroal, marca do tempo do rei Dom Dinis, preside a vila e abre as suas portas de Monumento Nacional onde hoje está sediado o Paços do Concelho. E, já em Alandroal, também devemos incluir a Fortaleza, velho posto militar fronteiriço de longa história nas disputas com a Espanha e um caso muito raro no mundo: se calhar a única fortaleza a cair perante um exército inimigo em que estava integrado a pessoa que a tinha projetado, neste caso o francês Nicolau de Langres, cuja ajuda foi inestimável para a tropa espanhola conquistar a praça em 1662.

Uma outra visita incluída no pacote é à zona da Mina do Bugalho, aldeia herdeira das velhas moradas dos mineiros que aqui tiravam da terra o profundo tesouro durante incontáveis gerações: pirite, cobre, volfrâmio, prata e ouro, toda a riqueza mineral do Alentejo. Ainda podemos ver hoje os poços das minas e o antigo armazém, e se calhar parar-nos para escutar sons macios e longínquos, que parecem vir de baixo da terra, ecos do passado mineiro… Não podemos, também esquecer passar pelo Santuário de Nossa Senhora da Boa Nova, em Terena, igreja fortaleza do século XIV de desenho infrequente em Portugal, construida em cantaria granítica e com mistura de estilos entre os que salienta o gótico não exclusivamente, como testemunha um campanário do século XVIII. Em Terena encontramos também o Castelo, Monumento Nacional, com as suas quatro torres circulares distribuídas não simetricamente, quase com incúria, como nos castelos dos contos da infância.

Não gosta da história? Tem de aceitar uma viagem de fim de semana com amigos ou familiares que sim gostam, mas você vai à procura de diversões distintas enquanto eles mergulham no passado local? Também não hesite em se somar à viagem: kayak e windsurf irão encher a sua necessidade de emoções fortes pelo Guadiana.

Ainda, se falarmos na Alqueva é impossível ignorarmos uma outra riqueza natural do lugar: um dos melhores pontos da Europa e do mundo para a observação das estrelas e o céu noturno. Em janeiro de 2012 a Reserva Dark Sky Alqueva foi reconhecida como a primeira do mundo a obter a certificação “Starlight Tourism Destination”, que a UNESCO e a OMT concedem pelas características únicas do lugar. Nas Casas pode experimentar a atividade STARWATCH, em parceria com a Sociedade Portuguesa de Astronomia e com a Nuclio. Pode assim, assistido e orientado por especialistas, conhecer o mapa estelar da região entre junho e setembro e sob diferentes óticas que incluem sessões astrofotográficas.

Não há escusa para não vir.

 

Good Year Kilometros que cuentan