Checklist antes de partir para as férias de verão

As férias de verão chegaram e vêm aí compridas viagens de carro. Não deixe que a emoção o faça esquecer de tratar destes 10 pormenores antes de partir.

“Se vai para o mar avie-se em terra” é ensinamento popular que pode aplicado a um carro antes de uma viagem da mesma forma que a qualquer casca de noz que vai para a pesca. Gostamos de viajar para longe durante as férias de verão, seja na direção das praias a sul ou pelas estradas de toda a Europa, mas isso obriga-nos a enfrentar longas horas de condução, o mau génio de crianças agastadas com o calor e o stress de todos os que, connosco, estão a partir com as mesmas intenções e problemas.

Enfrentar uma viagem longa obriga a alguma preparação antes mesmo de começar a carregar o carro. Para além de todos os pequenos pormenores que, do mais novo da casa até ao cão, vão ajudar a ter umas férias tranquilas, o percurso em si tem que ser preparado com algum cuidado, assim como um estudo atempado das condições em que temos o nosso carro, pneus, lubrificantes, água, etc.. O melhor é seguir a nossa checklist de coisas que tem que tratar antes de iniciar uma viagem de férias.

Prepare o plano de viagem

Mesmo que seja um regresso àquela casa de férias a que volta todos os anos, não parta para a estrada sem ter uma noção bastante aproximada do que vai ter pela frente: que estradas utilizar, quais os pontos de reabastecimento e descanso, a que horas terá que parar para as refeições das crianças e até desenvolver uma estratégia para fugir às horas de maior calor.
O GPS é uma grande ajuda mas para isso terá que saber como o utilizar. Perca a tecnofobia e aprenda a dominar a sua interface. Além disso, quanto mais seguro estiver da qualidade do seu co-piloto virtual, mais facilmente conseguirá evitar distrações.

Peça a um profissional que verifique o estado do seu carro

Se tem uma revisão agendada para breve, antecipe-a. O mesmo se tiver motivos para desconfiar do estado de algum dos sistemas do seu carro. Vibrações na direção são indicadores de problemas de alinhamento, os seus travões têm que estar em boa forma e instabilidade a altas velocidades pode ser uma questão de suspensão. O ideal é partir para a estrada com total segurança e a mão de um especialista pode ser determinante.

Olhe para os seus pneus

Aprenda a ler o estado da sua borracha: verifique como estão os flancos dos pneus, a profundidade do piso que ainda tem disponível e a pressão. Se costuma sentir vibrações na autoestrada, esse fenómeno poderá dever-se a desequilíbrio das rodas e o melhor é tratar disso com a sua oficina.

Verifique o estado da bateria

A pior altura para falhar uma bateria é durante umas férias. Acreditem, falamos de experiência própria. Se a bateria do seu carro começa a dar sinais de esforço, é altura de a trocar e não esperar pelo regresso das férias. Uma bateria pode durar mais de 5 anos quando tratada com cuidado, por isso faça as contas à idade da sua e analise se não é altura de a trocar.

Prepare o plano de viagem

Abra o capot e inspecione os níveis de fluidos

Depois de abrir o acesso ao motor verifique se não há fugas de líquidos ou sinal de desgaste na corrente. Com o carro numa superfície plana, abra o compartimento do óleo e verifique o nível com a vareta. Se o óleo parecer demasiado negro deverá ser mudado e se identificar um consumo anormal o melhor é averiguar com o seu mecânico. De seguida, inspecione o nível do refrigerante de acordo com as instruções do fabricante e a quantidade de água para o limpa para-brisas.

Assegure-se do bom funcionamento das luzes

Faróis, piscas, travões, buzina, limpa para-brisas e ar-condicionado devem ser todos testados antes de iniciar a viagem. Voltamos a esse assunto mais à frente, mas é boa ideia assegurar-se que tem no carro algumas lâmpadas sobresselentes no seu kit de sobrevivência.

Substitua os limpa para-brisas velhos

Parece um contra-senso porque vamos à procura do sol e não da chuva, mas a altura em que as borrachas do para-brisas são mais atacadas é exatamente o verão. Se ignorar este pequeno pormenor e insistir em conduzir já sem borracha, a mistura do pó das estradas de terra batida e uma chuva surpresa a meio do verão vão deixa-lo furioso e a praguejar.

Não se esqueça do manual

O manual do fabricante deve estar sempre no seu porta-luvas ou outro local acessível do carro. É ali que encontrará todos os dados técnicos que poderá necessitar num imprevisto da estrada e também a informação prática sobre como aceder ao pneu sobresselente ou onde estão os diversos compartimentos dos fluídos do motor. É sempre durante uma longa viagem que vai acender aquela luz estranha que nunca tínhamos visto, por isso o manual não pode andar longe.

Saiba onde está o sobresselente, o macaco e a chave

Os construtores criaram diferentes sistemas de bloqueio e arrumação do pneu sobresselente e dos acessórios respetivos. Veja como é que funciona no seu caso e se sabe usar todas as ferramentas. É infelizmente comum que os condutores nunca olhem para a chave ou para o macaco e depois encontrem uma chave com a boca moída ou um macaco que já não funciona. Não se deixe surpreender!

Prepare um kit de emergência para o seu carro

Para além de um kit médico que deverá trazer consigo, o seu carro também deverá transportar algum equipamento e ferramentas que o poderão ajudar numa emergência. Eis alguns exemplos de objetos que deverá ter sempre consigo:

  • Cabos de bateria
  • Lanterna
  • Panos
  • Fusíveis e lâmpadas de substituição
  • Lata de ar comprimido
  • Conjunto de ferramentas básicas, chaves de bocas, fendas, phillips, etc.
  • Fita adesiva
  • “Lubrificante” tipo WD40