Concertos em Portugal: arenas e pavilhões esgotados em 2018

Em ano forte de festivais, não espere pelo verão para ouvir boa música. Conheçam os 10 grandes concertos em Portugal para a primeira metade de 2018.

O calendário de concertos em Portugal em 2018 está bem preenchido e tem de tudo para todos, como na farmácia. Os rockers vão poder agitar a cabeleira ao som de heavy metal. Os indies terão motivos de sobra para aparar a barba antes de uma noite de dança. A geração de 60’s terá direito à visita de um semi-deus. E, todos os outros, fãs de música, diversão ou apenas convívio, vão abanar as ancas ao som de música latina. Há muita música para ouvir antes dos festivais e vamos passar em revista 10 concertos em Portugal a não perder.

Metallica – 1 de fevereiro

“Hardwired… To Self-Destruct” é o mais recente álbum da banda, tendo entrado para o 1.º lugar dos tops de vendas. Em Portugal, onde a banda continua muito respeitada, teve entrada direta para o 1.º lugar e chegou ao Ouro. Aplaudido pela crítica, é considerado um dos melhores discos recentes da banda, mas o alinhamento do concerto terá também os clássicos e até algumas surpresas que os rockers portugueses vão adorar.

Bob Dylan – 22 de março

O Nobel da Literatura de 2016 demorou algum tempo a sair da toca, mas vem visitar também o público português. Já com 50 anos de carreira é conhecido por ter criado “novas expressões poéticas na tradição da canção americana”. O valor do seu portfólio é hoje de valor incalculável com temas inesquecíveis que vamos poder ouvir na Altice Arena. “Blowin’ in the Wind”, “The Times They are A-Chagin” ou “All Along the Watchtower” deverão fazer parte do alinhamento.

The Script – 23 de março

Os The Script são uma das mais bem-sucedidas bandas do mundo, com mais de 29 milhões de discos vendidos. A banda conta com vários galardões de platina e vendeu mais de 1.4 milhões de bilhetes em espetáculos ao vivo. O trio irlandês vem promover o novo álbum, “Freedom Child”, o quinto da sua carreira. “Rain”, o primeiro single apresentado aos fãs, mostrou-se um verdadeiro fenómeno, tendo entrado diretamente no top 10 do iTunes.

30 Seconds to Mars – 10 de abril

Os Thirty Seconds to Mars visitam a Europa e têm passagem confirmada por Lisboa, no Campo Pequeno. Jared Leto, Sannon Leto e Tomo Milicevic venderam mais de 15 milhões de álbuns e esgotam estádios pelo mundo. Ainda só se conhece o single de apresentação do 5º disco, mas deverá estar na rua antes do concerto.

Arcade Fire – 23 de abril

Uma das maiores bandas do momento vai apresentar em primeira mão, num espetáculo 360°, o quinto disco, “Everything Now”. O Campo Pequeno vai ter um palco localizado no centro da arena, o que garante aos fãs uma experiência inesquecível. Os Arcade Fire são hoje uma das mais fortes bandas da atualidade, conhecidos pelas incríveis atuações ao vivo. O mais recente álbum de originais da banda volta a mostrar o talento de Win Butler e Régine Chassagne.

Roger Waters – 20 e 21 de maio

A tour Us + Them inclui clássicos dos Pink Floyd e novas músicas do trabalho a solo de Roger Waters. Wish You Were Here, The Wall, Animals, Dark Side of The Moon são álbuns com visita confirmada. Os espetáculos ao vivo de Roger Waters são produções audio-visuais arrebatadoras com a tecnologia mais avançada. Esta nova tournée não será exceção: após meses de planeamento, vai inspirar multidões, levando-as a percorrer uma jornada musical inesquecível.

Marylin Manson – 27 de junho

Marilyn Manson vai ao Campo Pequeno apresentar o novo álbum de estúdio “Heaven Upside Down”, o 10º da sua carreira. Com fortes elementos que remetem a trabalhos mais antigos, o disco envolvei ainda novas influências vindas do rap e post-punk. Mesmo com novas sonoridades, os clássicos como “Beautifful People” ou “Sweet Dreams” não deverão faltar.

LCD Soundsystem – 19 e 20 de junho

A banda de James Murphy traz a Portugal a digressão do aguardado quarto álbum de estúdio, “American Dream”. Editado em setembro, o sucessor de “This is Happening” foi a surpresa que quebrou o interregno na carreira da banda. Além dos temas novos, não faltarão “Daft Punk is Playing in My House”, “Losing My Edge” ou “All My Friends”. Vão ser duas noites de grande festa, entre um público do qual a banda gosta bastante.

Shakira – 28 de junho

A tournée promove o 11º álbum da cantora, número 1 no iTunes em 37 países e líder da Latino Chart. El Dorado já ganhou 5 discos de platina nos Estados Unidos, e inclui “La Bicicleta”, “Chantaje”, “Me Enamoré”, e “Deja Vu”. O vídeo de “Chantaje” já foi visto por mais de 1.4 biliões de pessoas, tornando-se o 5º vídeo a atingir mais rapidamente a marca de 1 bilião de views.

Lenny Kravitz – 1 de julho

Considerado como um dos rockers mais proeminentes da atualidade, Kravitz transcendeu todos os géneros ao longo de vinte anos. Com fortes ligações aos soul, rock e funk, o compositor, produtor e multi-instrumentista já venceu consecutivamente quatro Grammy. Tem ainda o recorde pelo facto de ter sido o artista a ganhar mais vezes a categoria “Best Male Rock Vocal Performance”. Com temas novos na bagagem, os fãs portugueses vão ouvir um novo disco e os clássicos.