Destinos de canoagem em Portugal: 5 rios selvagens

Cinco rios selvagens para percorrer numa aventura. Destinos de canoagem agradáveis para a prática deste desporto.

Os portugueses são bons em canoagem. Os resultados desportivos atestam-no, com as vitórias que têm vindo a ser ganhas a nível mundial e até mesmo nos Jogos Olímpicos. É um desporto náutico, pratica com canoas ou caiaque. A Goodyear foi procurar alguns destinos de canoagem para poder praticar, informalmente a modalidade.

As canoas existem há muitos milhares de anos. A palavra tem na sua origem a palavra Kenu, que significa dugout, um tipo de canoa feito de tronco de árvore. O termo é oriundo dos povos nativos da América do Norte.

Há diferentes tipos de caiaques e canoas. E também múltiplas modalidades entre as quais se destacam o Freestyle, Canoagem Oceânica, Caiaque-Pólo, Maratonas, Canoagem Velocidade,Canoagem Slalom e por fim a canoagem de rápidos.

Dentro desta variedade de modalidades, a canoagem Sprint é a mais conhecida, por se desenrolar em canais construídos artificialmente, com 2.000 metros de cumprimento e três de metros de profundidade, sendo todo o percurso de nove pistas balizado.

O kayaking é uma modalidade de desporto aventura, habitualmente praticada em águas bravas. O kayaking e a canoagem distinguem-se, essencialmente, pelo tipo de embarcação e remos utilizados. No kayaking a embarcação (kayak) é fechada com abertura apenas para os praticantes se sentarem e remarem. O remo possui duas pás. Na canoagem a embarcação (canoa) é aberta e os praticantes remam de joelhos com um remo de uma só pá.

Para aprender as técnicas do kayaking ou canoagem de águas bravas existem cursos que podem durar dias ou semanas, lecionados por especialistas que dominam a atividade e conhecem muito bem os rios.

Uma das recomendações das “Montanhas Mágicas” é não esquecer o colete, o capacete e a corda de resgate, indispensáveis à realização deste desporto radical. Todas as normas de segurança têm de ser seguidas par aque não se torne perigoso.

Mas o que tem o país para oferecer em matéria de canoagem em verdadeiros rios – mais ou menos – selvagens?

Canoagem no Douro Internacional

O Douro Internacional permanece como uma das mais agrestes e desconhecidas regiões de Portugal. Ao contrário do troço vinhateiro, esta parte do rio escapou à humanização da paisagem. O percurso em canoa pelo rio permite contemplar os bosques. Permite apreciar o lado selvagem do rio. Por vezes corre lento, por vezes é escuro e encravado numa fenda abrupta que acompanha os 130 quilómetros partilhados com Espanha. É o nosso Grand Canyon.

Aventura nas Montanhas Mágicas

As montanhas mágicas, sobre as quais pode ler aqui, são um dos locais no país onde pode praticar várias das modalidades referidas. Pode optar por atividades em águas bravas ou em águas calmas. A canoagem e o kayaking permitem explorar recantos naturais únicos e viver experiências inesquecíveis.

Nas Montanhas Mágicas, as duas modalidades realizam-se, predominantemente em rios de montanha, com muitos rápidos, exigindo uma boa condição física e um notável domínio da técnica. As emoções e sensações que proporcionam são tantas e tão intensas que o número dos seus adeptos é cada vez maior.

Estas atividades podem praticar-se nos rios Paiva, Paivô, Teixeira, Frades, Bestança, Tenente e Caima. Existem múltiplas empresas no local que o podem ajudar a cumprir os seus objectivos. Nesta região as modalidades devem ser praticadas apenas nos meses aconselhados. De outubro/novembro a abril/maio.

Rafting Rio Guadiana

No rio grande do sul, no Guadiana há uma dinâmica de acção e tranquilidade única. A energia dos rápidos originados pelas quebras dos açudes onde jazem as magnificas e centenárias azenhas de água alterna com a tranquilidade das zonas de águas calmas permitem apreciar beleza e esplendor. As atividades propostas incluem uma opção de um dia. A organização, Wind, promete emoções singulares em sequências de rápidos e divertidos desníveis em açudes, alternando com paisagens deslumbrantes e calmas, que são características dos rios de planície.

Há ainda opções de dois dias com a descida do Guadiana, em total autonomia e com acampamento nas margens do rio. O percurso tem cerca de 17 km, com alguns troços de rio ainda em estado intocado, que proporcionam o conhecimento da fauna e flora deste local de extrema beleza.

Canoagem Rio Sado

A mesma empresa, Wind, tem uma proposta de canoagem no Rio Sado, aquele que desagua em Setúbal, Esta opção inclui a passagem pelo rio de planície de zonas largas e grandes pêgos, que contrasta com zonas mais estreitas, e outras com pequenos troços aqua-pedestres.

No primeiro troço do rio, poderá haver zonas de águas rápidas. Aliás, os rápidos sucedem-se em sequências dinâmicas e o trabalho de equipa é primordial.

Na segunda metade do rio, há zonas de águas calmas e relaxantes, nas quais, se desliza tranquilamente por vezes por cima de grandes campos de nenúfares, como explica a organização. Os participantes não necessitam de ter qualquer experiência prévia de Canoagem ou Canorafting.

Azenhas da Seda

Nas Azenhas da Seda, Moinho da Arieira, Pavia, as atividades estão preparadas para todos os tipos de público. Famílias, casais ou grupos de amigos, para os mais aventureiros ou para os mais inexperientes. Na generalidade, as atividades promovidas pelas Azenhas da Seda são pensadas para serem acessíveis à generalidade dos participantes, nunca perdendo de vista a diversão e a emoção.

Mas há mais, além da possibilidade da canoagem, os visitantes podem optar por ficar no glamping do local. É algo que torna a experiência única.

Há programas de canoa raft agendados para várias datas nos meses de junho a setembro. Não siga para o local sem antes se informar se a atividade se vai realizar.

Recomendações gerais

Para a prática destas modalidades é necessário saber nadar. Consoante a dificuldade poderá ou não ter a possibilidade de participar. Poderá haver limites de idade.

Em regra, todas as atividades têm seguro incluído e algum equipamento incluído. Mas, o participante deverá levar consigo fato de banho, ténis, e roupa confortável. O cabelo deve ir apanhado e quem usa óculos tem de tê-los bem presos. Naturalmente será necessário protector solar.

Tudo para que possa divertir-se neste rios selvagens, nestes destinos de canoagem agradáveis para a prática deste desporto.