7 destinos low cost para o final do verão

Porque o verão acaba, mas não tem de ficar em casa, apresentamos-lhe alguns destinos low cost, baratos, para um dos próximos fins-de-semana.

Quando sente que é preciso fazer uma pausa, mas a carteira não ajuda, é sinal que está na altura de procurar destinos mais em conta, ou low cost. Um fim-de-semana diferente, mas que não o irá levar à bancarrota. Seja para passar uns dias com a família, com os amigos ou com a sua cara metade, há opções em todo o país mais económicas.

Duas noites na Invicta

A capital do norte do país, com as suas pontes, vinho, arquitetura, centro histórico, com o rio Douro ali tão perto é um dos locais em que pode encontrar grandes oportunidades a preços baixos.

Segundo a Trivago, um dos exemplos é o Hotel Universal, um “duas estrelas” na Avenida dos Aliados. Fica a apenas cinco minutos a pé da Torre dos Clérigos e da Igreja da Trindade. A localização, limpeza e simpatia dos funcionários são pontos destacados pelos hóspedes e partilhados nos sites de reservas.

Com um preço um pouco mais elevado, mas igualmente em conta é o hotel de quatro estrelas Quality Inn Portus Cale. Fica na avenida da Boavista, perto do Museu do Vinho do Porto, da Casa da Música ou da Sandeman Cellars. Restaurante, estacionamento, Wi-Fi gratuito são apenas alguns dos pontos a destacar.

Livrarias e bibliotecas em Portugal: 5 locais de sonho

Baratinho ainda a norte

Na Figueira da Foz, o Universal Boutique, é um hotel de quatro estrelas situado no elegante Bairro Novo da cidade. O espaço fica na zona histórica da cidade, a apenas 50 metros do Casino e da praia. Os quartos são temáticos mobilados num estilo contemporâneo. E cada piso retrata um aspeto da cidade, como o glamour dos bailes e do casino, as tertúlias e os recitais ou as praias e os banhistas.

casas Figueira da Foz

Em Peniche a sugestão fica na Praia da Consolação. O Dorms & Doubles, Bed & Breakfast fica a cerca de 6,5 quilómetros do centro de Peniche e a 500 metros da praia mais próxima. Praias famosas como a dos Supertubos fica a seis minutos de carro e a Praia do Baleal dista 12 minutos. A tipologia dos alojamentos é diversificada: quartos com cama de casal, individuais ou dormitórios. Surf, golfe e a ilha das Berlengas são alguns dos atrativos nas proximidades.

Capital low cost

Em Lisboa, a oferta é, naturalmente, mais alargada, afinal, a cidade é maior que a do Porto. A Trivago também compilou 10 opções de alojamento económico, sem grandes luxos, perto de transportes públicos ou do centro, e que lhe irão permitir conhecer calmamente a capital.

É o caso do Hotel Roma, em Alvalade. São “três estrelas” com uma ótima relação qualidade-preço. Por perto tem teatros, restaurantes e até uma estação de comboio que lhe dá acesso direto a Sintra ou ao Parque das Nações, onde se realizam regularmente múltiplos eventos culturais de interesse. Os quartos são espaçosos. A limpeza e o pequeno-almoço variado são alguns dos aspetos destacados pelos hóspedes que já lá ficaram.

Outra opção, num enquadramento completamente diferente, é o Hello Lisbon Bairro alto Apartments, no Bairro Alto. São 11 apartamentos modernos, recentemente recuperados, com cozinha ou kitchenette, sala e casa de banho. Podem ficar até quatro pessoas por apartamento. A limpeza está a assegurada. Por perto, São Pedro de Alcântara e os miradouros da Bica.

Económico também nas ilhas

O Santa Maria é um hostel localizado no coração da zona histórica da cidade do Funchal, na Madeira. Fica a dois minutos do mar e a cinco minutos a pé da baixa da cidade. Por perto um complexo balnear, inúmeros restaurantes e bares. O hostel nasceu da renovação de uma antiga escola primária do Estado Novo. Mantém a traça original a que acrescentou caraterísticas típicas da arquitetura madeirense com telhados vigados a madeira e tetos em caixote.

Destinos na moda em 2018

Alternativo barato

E não se esqueça, no que toca a low cost, as alternativas são cada vez maiores. Procure albergues, apartamentos ou casas que pode arrendar em regime de alojamento local, pousadas de juventude. Fale com familiares e amigos. Quem tem uma casa disponível no próximo fim-de-semana? O seu amigo poderá até fazer-lhe um preço mais em conta ou, em quem sabe, até dispensar-lhe a casa em troca de uma limpeza da mesma. No limite, não se esqueça que, ao habitar a casa, mesmo que apenas por um fim-de-semana, estará a contribuir para a segurança da mesma.

E claro, antes que comece a época das chuvas, porque não optar por acampar?