Era uma vez… 7 passeios por livrarias infantis

Além de livros maravilhosos, as livrarias infantis têm horas do conto, oficinas e outros eventos que motivam as crianças para a leitura. Temos 7 sugestões.

As aulas estão a começar e as crianças entram noutro ritmo, mais responsável e calendarizado. Mas isso não implica que deixem de sonhar. Os livros são janelas para a imaginação e há cada vez mais livrarias infantis espalhadas pelo país. Com programação preparada para os mais pequenos, são espaços coloridos, descontraídos e divertidos, perfeitos para passar uma tarde de fim de semana. Folheiam-se livros, ouvem-se histórias e criamos nas crianças um hábito que vai definir o seu futuro: a leitura, a busca pelo conhecimento e a sedução da imaginação.

Era uma vez... 7 passeios por livrarias infantis

Qualquer altura é óptima para ler livros com os seus filhos, mas agora que as aulas se apoximam, está na altura de as habituar de novo ao papel. Este fim de semana meta a família no carro e venha conhecer 7 livrarias infantis.

1. Mercado Azul, Guimarães

Mercado Azul

Em Guimarães, a Mercado Azul é uma loja de brinquedos, uma livraria e uma ludoteca. As crianças dos 4 aos 10 anos podem brincar e aprender, explorar, rir, pintar, etc, sempre acompanhadas de uma monitora. Para as festas de aniversário é montado um pequeno espetáculo com um conto, com tema e atividades à escolha do aniversariante. Os carros a pedal de estética vintage disponíveis na loja vão deixar qualquer um (míudo ou graúdo) a suspirar.

2. Doninha Ternurenta, Ovar

O responsável pela Doninha Ternurenta é, ele próprio, um escritor de literatura para crianças. Carlos Granja não tem na sua livraria apenas livros para os mais pequenos, mas a qualidade da seleção é notória. Organizam-se horas do conto, apresentações de livros, oficinas de marionetas e outras formas de expressão. Para completar o programa de uma tarde criativa em Ovar, aqui perto fica o Parque Urbano, com um relvado extenso e o rio Cáster a passar.

3. Gigões e Anantes, Aveiro

“Gigões são anantes muito grandes. Anantes são gigões muito pequenos”, escrevia Manuel António Pina em 1974. O mote da Gigões e Anantes é mesmo esse: fazer as crianças imaginar um mundo sem limites. O espaço está ligado a duas editoras, a Bags of Books, de Aveiro, e 30 Por Uma Linha, do Porto, mas tem obras de muitas outras proveniências. Há sessões de contos regulares, apresentações de livros e até livros infantis estrangeiros.

4. Livraria do Convento de São Francisco, Coimbra

Bruaa Editora

A ilustração é elemento fundamental em muita literatura para crianças e é a espinha dorsal da Bruaa. A editora abriu balcão no renovado Convento de São Francisco, num espaço amplo, com dimensões dignas para apresentar os livros que coloca à venda. Começou por ser apenas dedicado à literatura infanto-juvenil, mas tem crescido para outras áreas. Há ainda jogos, brinquedos e sessões de leitura todos os sábados às 16h30, de entrada gratuita.

5. Bichinho de Conto, Óbidos

Óbidos quer afirmar-se também como vila literária e tem magia que baste para isso. A Bichinho de Conto instalou-se dentro de uma antiga escola, mas é um verdadeiro recreio dos livros. Quando surgiu, em 2003, foi a primeira livraria portuguesa especializada em literatura infantil. Organiza encontros com autores, contos, workshops, formações, exposições e actividades para grupos escolares. O objetivo é sempre partir para a descoberta do mundo infantil através da brincadeira.

6. Aqui há Gato, Santarém

Aqui há Gato, mas há também livros para todos os gostos e idades. Para bebés, cartonados, em tecido, de banho, de madeira, álbuns. Para os que já conseguem ler sozinhos. Para os que gostam de pintar, descobrir e fazer… E, para materializar o sonho, neste espaço de Santarém estimula-se a criatividade com oficinas de expressão, aulas de dança e arte para Bebés.

7. Biblioteca Municipal de Sintra

Hipopomatos

Sintra é terra mágica para adultos e crianças. Além dos museus que merecem a visita de qualquer família, para completar o programa propomos uma visita à Hipopomatos na Lua. O espaço foi instalado na biblioteca municipal da localidade e é uma mistura de casa de leitura e casa de chá, com um lanche feito à volta das bistórias. Oficinas de ilustração, leituras de contos e uma belíssima seleção de títulos asseguram que a visita seja sempre produtiva!