7 escapadas low cost no inverno em Portugal

10 Janeiro | 2020 | Goodyear

A Goodyear selecionou alguns destinos low cost para quem quer fazer uma escapadela de fim-de-semana, sem gastar muito dinheiro.

Sonha com uma escapadela de férias low cost? Encontre os melhores destinos em Portugal e ao melhor preço não é uma missão impossível. A Goodyear ajuda-o a conseguir atingir o seu objetivo. Viajar barato é possível se souber escolher o destino.

E nós temos muitas e boas alternativas. Para os que procuram gastronomia, para os que preferem um destino na natureza, para os que viajam em família ou com amigos. Estas são cinco escapadas de baixo custo para viajar em Portugal por pouco dinheiro.

Afinal, quando se começa a somar todas as despesas que um passeio em família, com amigos ou mesmo a dois acarreta, o nosso estômago pode começar a dar voltas e a consciência a dizer “não podes dar-te a esse luxo!”. Mas, o que é melhor que investir o dinheiro que temos em passeios com aqueles que mais gostamos, sem entrar em bancarrota.

Ponte Lima paisagem - Quilometrosquecontam

 

Ponte de Lima: a mais antiga vila de Portugal

Reza a história que a a 4 de março de 1125, ainda Portugal era um condado do Reino de Leão, a condessa D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, outorgou a carta de foral a Ponte de Lima, fazendo com que a então chamada Terra da Ponte, a que os romanos chamavam de Limia,  seja hoje considerada como a mais antiga vila do nosso país.

Situada no coração do Minho, Ponte de Lima é, naturalmente, marcada pelo rio com o mesmo nome que banha a localidade. A Ponte Velha é um marco incontornável do património local: erguida pelo romanos, provavelmente no século I, a ponte foi reconstruída na Idade Média e manteve a sua importância até aos dias de hoje, já que por ela passa o caminho português para Santiago de Compostela.

Entre outros locais de Ponte de Lima que valem bem a visita encontram-se o Parque do Arnado, um parque arquitetónico  temático onde podemos encontrar estilos de várias épocas, ou o Museu do Brinquedo, onde descobrimos as criações dos fabricantes nacionais de jogos e brinquedos desde o século XIX.

Marvao vista

Marvão: a tranquilidade do Alto Alentejo

Em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede, no distrito alentejano de Portalegre, fica a Mui Nobre e Sempre Leal Vila de Marvão, como assim a chamou a rainha D. Maria II. Situada a uma altitude de 860 metros, a vila oferece uma vista esplendorosa sobre a serra, principalmente a partir do Castelo medieval, construído no reinado de D. Dinis.

Medieval é também a vila, cercada por muralhas e certamente uma das mais pitorescas localidades de Portugal, feita de ruas estreitas e recantos surpreendentes que, hoje em dia, acolhem pouco mais de 3 mil habitantes. 

Entre os pontos de interesse para visitar, vale a pena dar atenção ao convento gótico da Senhora da Estrela e às Igrejas de Santiago, do Espírito Santo e de Santa Maria. Nesta última, está instalado o Museu Municipal, onde o visitante pode ficar a saber mais sobre a história de uma vila que chegou a ser considerada como “a mais inconquistável de todo o reino”.

Cerdeira

Cerdeira: uma inspiradora aldeia de xisto

A aldeia da Cerdeira, localizada em plena Serra da Lousã, a poucos quilómetros da Lousã, renasceu, sendo agora ocupada por pintores, escultores e músicos. Aqui poderá ficar no Cerdeira Village onde a criatividade abunda e todos são bem-vindos.

É um local fantástico para umas noites a dois e para quem gosta de passeios por trilhos, da natureza e da floresta em particular. O ambiente tranquilo que inspira artistas, pode servir de inspiração para um fim-de-semana de descoberta desta e de outras aldeias de xisto.

Por aqui tem de visitar Candal, o Casal Novo, a Cascata Pedra da Ferida, o Castelo da Lousã (de Arouce), Gondramaz, Lousã, o Miradouro e a praia fluvial de Nossa Senhora da Piedade ou Talasnal.

Vale do Douro: histórico e contemporâneo

O vale do Douro faz parte de um Portugal primordial que ainda resiste à beira da estrada, escondido sob séculos de História. Um fim-de-semana pode ser curto para conhecer todo o encanto da região, mas facilmente poderá lá voltar uma e outra vez.

As paisagens são deslumbrantes com as suas vinhas e o rio a serpentear entre montes. Uma das propostas imperdíveis na região são as degustações de vinho do Porto, passeios de comboio, barco ou por qualquer outro meio de transporte, incluindo a pé e de bicicleta.

É também nesta região que têm surgido, ao longo do anos alojamentos de charme com ofertas de atividades para todos os gostos.

O que há para visitar é tão variado que quase se poderá dizer que há passeios para todos os gostos. Entre nas Caves do Vinho do Porto, veja a vista a partir do Miradouro de Casal de Loivos, passe por Peso da Régua e por Pinhão, delicie-se com o Parque Arqueológico do Vale do Côa e deslumbre-se com o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios.

Monsaraz: à beira do maior lago artificial da Europa

De fácil acesso, Monsaraz é sem dúvida um local a descobrir num fim de semana de escapadela: poucas zonas do país guardam tantos segredos e atividades, com um charme assim, verdadeiramente ímpar.

A vila medieval, no Alentejo, é uma das mais antigas e encantadoras de Portugal. Rodeada por muralhas, tem no interior casas brancas de cal e xisto. O castelo é incontornável. A partir daí, o visitante pode contemplar toda a vila e a planície quase infinita do Alentejo, como a observaram durante tanto tempo as quatro civilizações que por aqui já passaram.

E ainda a Barragem do Alqueva, que após a sua construção, deu origem ao maior lago artificial da Europa. As planícies alentejanas, a gastronomia, o ambiente são ingredientes para uns dias bem passados em família, com os amigos ou a dois.

Os locais a visitar incluem, além do castelo e do Lago do Alqueva, o Cromeleque do Xerez, as Ermidas de São Bento e de Santa Catarina e a Igreja Matriz de Santa Maria da Lagoa.

Óbidos: uma viagem ao passado

Parece parada no tempo. Óbidos é uma pequena vila que guarda muito de medieval, a cerca de 80 quilómetros de Lisboa, na região de Leiria, onde o património arquitetónico foi belissimamente conservado e as ruas compõem um intrincado labirinto entre casas brancas. Óbidos é uma das vilas mais antigas do Portugal, já povoada antes de os romanos chegarem a estas terras.

Visite Óbidos em qualquer altura do ano, mas deixe passar a época das festas de Natal, altura em que a procura é maior e, naturalmente, as tarifas mais elevadas. Por todo o lado vai encontrar lojas com produtos regionais, uma gastronomia única, cafés pitorescos e no topo da colina, o Castelo de Óbidos. Deve ainda visitar o Aqueduto de Óbidos, a Igreja Matriz de Santa Maria, o Museu Nacional de Óbidos, a Porta da Vila ou o Santuário do Senhor da Pedra.

Sintra: para uma escapadinha a dois

Sintra é, por definição, o destino romântico por definição, ideal para uma escapadinha a dois. A vila está perfeitamente enquadrada nas encostas da serra e apresenta uma atmosfera mágica em qualquer altura do ano e particularmente mística no inverno. Não deixe de visitar o Castelo dos Mouros, o Convento dos Capuchos, o Palácio da Pena, o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio de Monserrate e, claro, a Quinta da Regaleira.

Mais que o valor que se paga por noite, nos voos ou nas viagens de carro, nas refeições ou com outras despesas, está em causa algo maior: a sua felicidade e o reforço de laços com os que mais gosta. Se o preço for low cost e a paisagem for maravilhosa, melhor ainda.

Good Year Kilometros que cuentan