Festas Populares: Agosto não seria tão querido sem elas

Agosto é a data marcada para tantas festas populares portuguesas e nós fomos à procura de 11 com grande tradição e diversão para oferecer aos forasteiros.

Chegado Agosto, o país inteiro, de norte a sul, multiplica-se em festas populares, bailaricos e outras desculpas para a folia. Da mais pequena aldeia à capital de distrito, enfeitam-se ruas, contratam-se artistas pimba e assam-se sardinhas. Mesmo quando a origem é religiosa, o povo encarrega-se de transformar o evento em celebração. São centenas, espalhadas por montes e vales, e destacamos 11 das mais tradicionais e divertidas festas populares de Agosto. Não fique zangado se a sua terra não fizer parte desta lista, não temos espaço para todas!

    Todas as razões são boas para reencontrar a família e velhos amigos e Agosto é o mês oficial para isso. Os emigrantes retornam ao berço com a desculpa de participar na festa anual da localidade ou vir pagar uma promessa. Quem mora na cidade, vai até “à terra” e pequenas aldeias do interior recebem os seus filhos pródigos.

    Quando andar pelas estradas de Portugal este verão vai encontrar cartazes e pendões a anunciá-las. Nem sempre parece, mas Portugal é um país de festas. De ponta a ponta, Agosto é altura em que poderíamos percorrer o país só a saltar por bailaricos. Pelo caminho, teríamos um reencontro com as nossas tradições gastronómicas, com a História de um povo e suas paisagens. Não são precisos muitos mais motivos para nos metermos à estrada. Venha daí!

    Festa de Nossa Senhora da Agonia, Viana do Castelo

    Festa de Nossa Senhora da Agonia, Viana do Castelo

    Cidade muito religiosa, Viana do Castelo está a celebrar desde Julho, mas o auge ocorre entre 17 e 20 de Agosto. A Procissão ao Mar, as ruas enfeitadas de tapetes floridos, os homens e mulheres vestidos com os trajes tradicionais… Tudo se junta numa festa de cor que tem o auge na serenata de fogo que ilumina a cidade.

    Festa da Nossa Senhora das Graças, Bragança

    A padroeira de Bragança tem direito a festa rija entre 11 e 22 de Agosto. Para além do programa religioso, com procissão solene pelas ruas da cidade, há arraiais e concertos. O Castelo de Bragança torna-se palco para um espetáculo de música e fogo de artifício.

    Festa da Nossa Senhora da Saúde, Vila Nova de Gaia

    Na freguesia de Pedroso, o dia da Assunção de Nossa Senhora, 15 de Agosto, é marcado por festa, romaria e procissão. Em Carvalhos montam-se barraquinhas de comes & bebes enquanto os milhares de visitantes cumprem promessas e rezam à Virgem. É uma das festas populares mais concorridas do Norte.

    Feira de São Mateus, Viseu

    É a Feira Franca mais antiga da Península e tornou-se também uma das maiores festas do país. Faz 625 anos, mas continua a divertir-se como se fosse uma criança. No ano passado ultrapassou a marca do milhão de visitantes e a fasquia foi elevada para 2017. Entre 11 de agosto e 17 de setembro vão passar por Viseu nomes como Agir ou Marco Paulo, enquanto os foliões se bebem e comem os melhores produtos regionais.

    Festas de Nossa Senhora da Guia, Ferrel – Peniche

    As festas de Ferrel arrancam a 5 de Agosto e duram até dia 12. Há DJ’s, concertos, torneios desportivos e, claro, muita comida e bebida. Este ano Peniche recebe a visita dos “velhinhos” Cock Robin, do mais jovem Diogo Piçarra, mas tem ainda jogos como a apanha do porco, a corrida de burros ou o torneio de malha.

    Festas do Barrete Verde, Alcochete

    São uma das mais famosas e ultrapassaram no ano passado a bonita idade de 75 anos. O principal convite vai para os apreciadores da tauromaquia. O tema essencial são os campinos, os forcados e os touros. A zona ribeirinha da vila enche-se de animação e, entre as largadas, recolhas e corridas, a outra rainha da festa é a sardinha assada.

    Festas de Santa Maria, Ermidas do Sado

    A vila de Ermidas do Sado enche-se de mais de um milhão de flores de papel para as Festas de Santa Maria. Entre 10 e 15 de Agosto, os momentos religiosos são intercalados com concertos de José Cid e Rosinha, cumprindo tudo o que se exige de uma festa popular. Há ainda tasquinhas e jogos tradicionais.

    Festa em Honra de Nossa Senhora dos Mártires, Castro Marim

    A festa em Castro Marim, dedicado à Nossa Senhora dos Mártires, também tem o auge no dia da Assunção de Nossa Senhora. A padroeira da terra é celebrada à maneira popular portuguesa: música, tascas, romarias e torneios desportivos, uma mistura entre o sagrado e o profano que o povo adora. O cabeça de cartaz é Mickael Carreira na noite de encerramento.

    Festa do Banho 29, Lagos

    Em Lagos mantém-se uma tradição curiosa que, ao contrário da maioria das festas de Agosto, não está ligado a Nossa Senhora. No dia 29 a tradição diz que o Diabo anda à solta. Por isso, o dia é passado com animação, torneios desportivos e, quando se aproxima a meia-noite a população vai até à praia. Vestem fatos de banho tradicionais e, enquanto rebenta o fogo, dão um mergulho na Meia Praia ou na Praia da Luz.

    Festa de Nossa Senhora do Monte, Funchal

    Uma tradição muito antiga, desde o princípio da colonização da ilha da Madeira, a festa do Funchal começa a 14 de Agosto. Milhares de pessoas vêm para comer as tradicionais espetadas de carne de vaca, as bebidas regionais da ilha e cantar e dançar pela noite dentro. No dia seguinte há procissão, pagam-se promessas e, depois da folia, o povo expia os seus pecados.

    Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, Graciosa

    As freguesias da Graciosa celebram vários santos ao longo do mês, mas a festa maior é a de Santa Cruz, entre 11 e 15 de Agosto. Além das cerimónias religiosas, há touradas e um recinto onde os restaurantes da ilha apresentam as melhores iguarias locais. Este ano os cabeças de cartaz são Áurea, Herman José e João Pedro Pais.