Ficha de segurança aumenta rapidez do socorro

O desencarceramento em carros modernos é cada vez mais complexo. Leve a ficha de segurança do veículo sempre consigo para ajudar as equipas de socorro.

Mais seguros e complexos, os automóveis modernos são também mais difíceis de desencarcerar em caso de acidente. Os primeiros minutos de assistência no local podem ser determinantes por isso é importante ajudar as equipas de socorro. A Ficha de Segurança do Automóvel é uma preciosa ajuda e, mesmo que não seja obrigatória, deveria estar em todos os carros. Descubra o que é e como funciona.

O Automóvel Clube de Portugal há vários anos que apela para o uso desta ferramenta. Uma das “dificuldades com que as equipas de socorro se deparam em desencarceramentos é saber onde “cortar” a viatura”. Os 10 minutos necessários até há pouco tempo são agora muito mais com automóveis de última geração. É preciso ter muita informação para o poder fazer de forma segura: onde se encontram os componentes de alta tensão, as cargas dos airbags, que tipo de combustível utiliza a viatura e quais os melhores pontos de corte da carroçaria.

Ficha de segurança aumenta rapidez do socorro

Ainda segundo o ACP, “as mortes que ocorrem durante os primeiros minutos são, na sua maioria, impossíveis de evitar. Representam 10% do total de mortes e ocorrem devido a lesões graves. Apenas podem ser reduzidas através de uma adequada prevenção rodoviária.” As mortes que ocorrem nas primeiras horas após o acidente representam 75% do total. Esta é a fase em que se pode salvar vidas com a prestação do socorro, de forma rápida e segura. O factor mais importante para a sobrevivência das vítimas é o período de tempo (”GOLDEN HOUR”) entre a ocorrência do acidente e o início da prestação dos cuidados de emergência adequados.

Carros modernos mais complexos

Como se vê, o tempo é de ouro quando se trata de resgatar um ferido grave encarcerado num automóvel. Uns minutos podem fazer a diferença entre e, quanto mais moderno o carro, mais complicado será acesso. “A crescente inovação tecnológica na construção dos veículos dificulta o trabalho das equipas de socorro (diferentes tipos de combustível, airbags, materiais de construção, etc.). 40% dos desencarceramentos em veículos com 20 anos concretiza-se até 50 minutos. Nos veículos fabricados há 5 anos, esse tempo é superior a 1 hora. Para as equipas de socorro é fundamental conhecer a marca, o modelo e o ano de fabrico do veículo para compreenderem os detalhes técnicos que afetam o desencarceramento.

Onde encontrar a sua ficha de segurança?

A ficha de segurança é um documento que incorpora todas as informações técnicas necessárias para abrir um veículo com rapidez e segurança. Tem um formato padrão, válido em toda a Europa, com os dados necessários para que as equipas de socorro possam rapidamente desenvolver o seu trabalho. Estando acessível dentro do veículo, o resgate pode ser efetuado imediatamente à chegada ao acidente. A média e o processo usado para liberar os feridos é feita o mais rápido possível e de forma segura. Se não tem a certeza se já a tem, verifique na pala do lado condutor e se tem o autocolante respetivo.

Existe uma ficha de segurança específica para cada marca, modelo e ano exacto do veículo. Depois de a imprimir numa folha A4, deverá ser colocada na pala do parasol do condutor. Um autocolante colocado no parabrisas avisa a equipa de desencarceramento que a ficha está disponível. Este material pode ser também levantado numa delegação do Automóvel Clube De Portugal. É um processo muito simples que poderá oferecer-lhes minutos preciosos no caso de um acidente. Não há motivo para o deixar para depois.

Fonte: ACP