Fumo branco no carro: possíveis causas e sintomas

2 Maio | 2019 | Goodyear

Nem todos os fumos são iguais. Dependendo da cor e da espessura, o fumo do tubo de escape pode ser um alerta de um possível problema mecânico. O que significa quando sai fumo branco do tubo de escape? Neste caso, nem todo o fumo branco é igual nem indica o mesmo. Devemos ter em conta se o motor está frio ou quente e qual a espessura dos fumos.

O fumo branco em pouca quantidade pode inclusivamente considerar-se uma situação normal ao ligar o motor, especialmente no inverno. Nos automóveis a gasóleo, quando o motor começa a funcionar a frio, há por vezes dificuldades. Nos automóveis a gasolina porque se evaporam os restos de água que ficaram no tubo de escape. Quando devemos considerar o fumo branco como um sinal de um problema mais grave?

Fumo branco com o motor frio

Normalmente, quando sai fumo branco do tubo de escape e o motor está frio deve-se a uma desajuste no sistema de injecção de combustível. Este fumo branco é, na realidade, vapor de gasóleo que se produz se a bomba injecta o combustível demasiado cedo ou demasiado tarde. Nos automóveis com bomba injectora, o fumo branco significa que a câmara de combustão está muito fria e pode ter algum pré-aquecedor em mau estado.

Se a emissão de fumo branco é grande e não se dispersa ao aquecer o motor a diesel, existe o risco de que a bomba de injecção possa estar comprometida e o mais recomendável é dirigir-se a um mecânico de confiança.

No caso de um motor a gasolina, se a quantidade de fumo branco com o motor frio é pequena, não deverá ser algo de transcendente. Pode significar que se acumulou condensação, o que é normal, no interior do sistema de escapa.

Se a emissão de fumo branco termina quando o carro inicia a marcha, provavelmente não há problema mecânico algum e não será necessário acudir à oficina.

Fumo branco com o carro em marcha

O fumo branco com o carro em marcha tem outro significado. E devemos estar atentos. Se persiste com o motor quente é provável que se exista um vazamento do líquido refrigerante e, se muito denso, pode ser indicativo de um problema mais grave.

Se o seu automóvel emite um pouco de fumo branco e não muito espesso durante a marcha, depois de ligado, normalmente pode indicar um problema de refrigeração: parte do anticongelante entra no cilindro e mistura-se com o combustível. A densidade deste tipo de fumo acompanhado de falhas de temperatura pode significar que a junta da cabeça poderá estar afetada.

Se o fumo branco é muito denso durante a marcha, tanto num carro a diesel como a gasolina, é provável que seja sintoma de uma falha no bloco do motor ou na tampa do cilindro, uma avaria grave e cara. Neste caso, deve parar de imediato e consultar o mecânico o quanto antes.

O fumo branco, a sua quantidade e espessura pode ter vários significados. Verifique o que quer dizer para o seu carro e assegure-se que faz uma manutenção adequada para evitar avarias.

Good Year Kilometros que cuentan