Gerês, serra das águas

15 Julho | 2015 | Goodyear

Num recanto encostado à fronteira Norte de Portugal com Espanha encontramos um reino perdido, onde reina a força bruta da natureza. No Gerês correm águas cristalinas em fontes e cascatas, rios e ribeiros, envolvidos por uma riqueza e ar puro únicos em toda a península. As memórias aqui remontam à idade do bronze, mas todos os motivos justificam que, ainda hoje, atraia tanta gente.

Se visita o Gerês pela primeira vez, tem que começar pelo miradouro da Pedra-Bela, de onde pode ver todo o Vale do Gerês, a barragem da Caniçada e, se o céu estiver límpido para isso, Braga. Há alguns anos atrás poderia ver também alguma das águias-reais que voavam aqui em número significativo, antes de desapareceram dos dois lados da fronteira. Na parte portuguesa, perdido no passado ficou o urso, surgindo só muito raramente vindo de Espanha.

Serra das aguas - Quilometrosquecontam

Aguarelas na paisagem

Mas, mais do que as ausências, tristes decerto, o parque continua a ser um lugar privilegiado onde os garranos selvagens correm em liberdade. Depois de também ter desaparecido, a cabra selvagem foi reintroduzida e já se podem avistar fatos ao longo de toda a serra, a saltitar, ligeiros e curiosos, sobre os cabeços de maciço graníticos.

Aqui é possível admirar e sentir uma zona da Península Ibérica diferente, eloquente e original, tanto na personalidade geográfica como na forma como encontramos a presença humana. Mas são os desenhos que a água faz na paisagem que prendem o olhar do visitante. Ao atravessar a ponte sobre o rio Arado e subir a escadaria, verá uma das mais belas cascatas da península. Se for verão aproveite para tomar um banho. Se estiver mais fresco, aproveite e continue a subir até chegar a uma série de outras belas lagoas.

A cascata do Tahiti é outro encanto. Apesar de só acessível a pé ou em veículo 4×4, é um dos locais mais procurados e merece uma visita à sua lagoa e o descanso nas suas areias. Perto das Caldas do Gerês fica a cascata de Leonte, cujas águas caem de uma altura considerável para formarem uma pacífica lagoa bastante concorrida por altura do Verão. Para aventureiros mais afoitos, não muito longe fica a Portela do Homem, perto da qual fica uma cascata que é um segredo à sua espera. Investigue a zona da Ermida e tente lá chegar para encontrar um dos tesouros do Gerês.

Good Year Kilometros que cuentan