Glamour sem formigas

O glamping, é a conjugação de “camping” e “glamour”. Assim, do clássico ao vanguardista, podemos escolher dormir dentro de um Tipi, as clássicas tendas dos índios norte-americanos, um Yurt, proveniente da mongólia, ou de um eco-pod, feito de material reciclável

Gosta do contacto com a natureza mas não é pessoa para apreciar parques de campismo, tendas e sacos-cama? Venha daí, porque este tema é para si.

Apreciar a natureza com requinte, nas melhores condições possíveis de conforto, já não é só coisa de sonhos. Todos apreciamos a ideia e o romantismo do nascer do sol no campo ou o som dos grilos lá fora, mas montar a canadiana, enxotar as formigas da toalha ou ir buscar água ao rio, já faz cada vez menos parte dos planos de uma escapadela de fim-de-semana.

Felizmente, acampar com uma cama fofinha, casa de banho e eletricidade, aparece agora em ofertas hoteleiras de elevada qualidade e originalidade. É o “Glamping”,  a conjugação de “camping” e “glamour”, que podemos já encontrar um pouco por todo o país. Assim, do clássico ao vanguardista, podemos escolher dormir dentro de um Tipi, as clássicas tendas dos índios norte-americanos, um Yurt, proveniente da mongólia, ou de um eco-pod, feito de material reciclável.

 

Sinta-se em casa

Se a sua intenção é, para além de descanso, encontrar “paz espiritual”, fique seguro que já há oferta para si. Como seria esperado numa forma de turismo que pretende colocar-nos em contato íntimo com a natureza, algumas destas novas unidades hoteleiras oferecem workshops de ioga e meditação.

Mas, porque a necessidade de alguns confortos mínimos é também a razão que nos leva até esta forma de fazer turismo, em todos os casos iremos encontrar eletricidade e cozinhas instaladas com todos os comuns electrodomésticos. Seja um par em busca de um local romântico para passar dois dias, ou uma família de seis que quer uma solução original para desligar as crianças da consola de jogos, há uma oferta de glamping para todos os casos.

Glamping

 

Três pistas para a descoberta

Apesar de ser uma tendência na moda, a necessidade de ofertas hoteleiras deste tipo chegou para ficar e o mercado só irá crescer. A título de exemplo citaremos apenas três, mas o leitor poderá ficar seguro que são apenas a ponta de um véu que esconde ainda muitos segredos e locais fantásticos por descobrir.

Arganil, Yurt Holiday: Colocado numa plataforma sobre estacas, o Yurt é uma tenda mongol que, construída e decorada com a elegância que aqui encontramos, está muito longe da rigidez das estepes. Com um espírito romântico e descontraído, estes yurts estão situados numa zona de excepcional beleza natural, um local propício tanto a caminhadas como a curtos saltos até Aveiro, Coimbra ou Tomar.

Odemira, Portugal Nature Lodge: Os únicos sons que iremos ouvir neste recanto do Sudoeste Alentejano são o chilrear dos pássaros, o tilintar dos chocalhos das vacas ou o rasmalhar das folhas dos sobreiros, ambiente ideal para dormirmos na  tenda de safári, no yurt ou no tipi. Com serviço de catering para quem, mesmo aqui, recusar-se a entrar na cozinha, e a apenas 10km da praia, é uma forma de glamour ao bom estilo do Alentejo.

Aljezur, Algarve Surf & Yoga Retreat: Escondido dentro de um vale da costa atlântica algarvia, encontramos um local que pretende ser um verdadeiro retiro para quem procura a paz espiritual do ioga e do mar. Este é um acampamento sustentável, que recorre a energia solar e agricultura orgânica para suprir as necessidades dos visitantes. Podemos encontrar aqui também massagens, passeios a pé e a cavalo.