Ostras: pérolas no prato

Anda à procura de sítio para comer ostras? Veja aqui um guia com os melhores locais onde comer ostras

A fama precede-as, mas comer ostras não é nenhum luxo ou capricho gourmet. Ao natural, apenas com limão, têm a reputação de afrodisiacas. O mito não é verdadeiro, mas não é por isso que as ostras não são um dos mais fantásticos e saborosos prazeres que o mar nos oferece. Imagine-se em boa companhia, a apreciar os últimos raios de Sol do dia, com um bom vinho branco das nossas terras, num dos restaurantes que lhe aconselhamos no nosso guia para os melhor locais onde comer ostras. Pode não ser afrodisíaco, mas…

Não há coisa que agrade mais aos portugueses do que os velhos clássicos da nossa cozinha. Mas se há coisa que não nos importa é experimentar variações, diferentes receitas e apresentações para iguarias que já conhecemos bem. Os últimos anos trouxeram um novo interesse pelas ostras e assistimos à (re)descoberta deste bivalve nas nossas mesas.

 

De norte a sul, em busca da ostra

Os melhores locais para comermos ostras ficam em volta do Sado e de Sagres, os dois pontos nevrálgicos da produção nacional, mas de acordo com o bom gosto do chefe e do restaurante, a moda já se espalhou um pouco por todo o país.
Matosinhos. Aberta em 1978, a Marisqueira de Matosinhos já teve direito a destaque no Telegraph com a inclusão na lista de melhores restaurantes do mundo. E a fama fica-lhe bem, porque aquele camarão e os lagostins deviam ser património da Humanidade. Aqui as ostras são de origem francesa, mas a confeção é bem nacional e com um excelente resultado.

Ericeira. Nunca precisamos de um motivo especial para ir até esta vila piscatória provar o que ali se colhe. A vista da Esplanada das Furnas seria motivo suficiente para a salientar, mas a verdade é que este é um dos nossos locais favoritos para comer uma travessa de ostras. O salmonete e o bife “às furnas” são o complemento ideal, mas não são raras as vezes em que nos ficamos só pelas entradas, pelo camarão tigre ou pelas amêijoas.

Lisboa. Na Rua do Loreto, o Sea Me  tem uma oferta variadíssima, da qual as ostras são “só” um digníssimo representante. Arriscamo-nos a dizer que encontrar peixe mais fresco em Lisboa só se ainda estivesse vivo. O menu é variado e depende do que o chefe encontrar, porque o peixe é escolhido todos os dias, de acordo com a estação.

Ostras - Quilometrosquecontam

 

Sesimbra. Se visita esta secção há algum tempo, já sabe que temos um carinho especial pelo Ribamar e já lhe dedicámos atenção no passado. Também as ostras, que aqui são as do Sado, são motivo para uma visita e complementam na perfeição a esplêndida carta. Recentemente, abriu também uma sucursal em Tróia.

Sagres. Aqui salientamos só um, mas não se iniba de visitar outro local, pois esta é uma das zonas onde podemos comer as melhores ostras do país. A Tasca, em frente à Baleeira, tem um interior mesmo “à pescador” e não renega a origem popular. Aqui aconselhamos as ostras gratinadas, que motivam visitas vindas de todo o Algarve e “arredores”, e a caldeirada de lagosta é a nossa opção para prato principal. Divina!

Ria Formosa. Um pouco mais sofisticado do que a maioria dos destaques que fazemos neste artigo, o
Chá com Água Salgada, na Manta Rota é, mesmo assim, um bar de praia, com toda as vantagens que isso tem: o cheiro a maresia, o som das ondas, o apelo da areia. Aqui peça que lhe condimentem as ostras com gengibre e lima e prepare-se para uma surpresa. São “assim” de boas.

E por aí? Qual o seu restaurante favorito para comer umas ostras? Se nunca experimentou, arrisque. Nem sabe o que está a perder…

  • Ricardo Mayer

    Esqueceram a marisqueira Gare em Leiria!

  • Luis Lopes

    Ostra é como aquilo,como crú.

  • Calica44

    Mercado de Cascais, ostras do Algarve, as melhores de Portugal