Inspeção obrigatória: o que procuram os inspetores nos pneus?

Vem aí a inspeção obrigatória. Não há volta a dar. Mas, o que procuram os inspetores quanto verificam os pneus? O que pode fazer para não ter problemas?

Desde que surgiu, a inspeção obrigatória tem-se revelado um pesadelo para muitos. Mas não é preciso sentir-se assim. Leia este artigo e fique a conhecer o que deve saber para que os seus pneus passem com distinção.

É um incómodo. Tem de dedicar algum tempo para o fazer e no final terá de pagar. Mas é uma medida profilática para assegurar que todos os que circulam na estrada o fazem nas melhores condições de segurança. Se estiver informado, mesmo que seja a primeira vez, tudo correrá bem quando se deslocar ao centro de Inspeção Periódica Obrigatória (IPO).

Anteriormente já falámos sobre a inspeção obrigatória globalmente. Desta vez vamos focar-nos nos pneus, e no que tem de fazer para, também neste aspeto, passar com distinção.

Recorde que, além de ser obrigatória, a inspeção obrigatória é uma garantia que o seu carro está em condições para circular. Mas, lembre-se, também os outros passam pelo mesmo e, por isso, também têm os automóveis em condições.

Os motivos do chumbo

Antes de mais, para evitar o “chumbo”, cuide regularmente da manutenção dos seus pneus. No caso dos pneus, deve verificar se reúnem as condições de segurança habituais. Afinal, mais de 20% dos veículos que não passam é por motivos relacionados com os pneus, jantes, eixos, entre outros.

Lembre-se que, não é apenas a profundidade do desenho do piso que é analisada (mais de 1,6 mm). Sob o veículo há todo um conjunto de componentes que pode falhar:
– a profundidade do desenho do piso é superior a 1,6 mm?
– os pneus estão homologados?
– os pneus de cada eixo são da mesma marca e apresentam as mesmas dimensões?
– os pneumáticos têm bolhas, deformações ou gretas?
– As jantes têm todas as porcas e parafusos?
– As jantes apresentam mossas ou pancadas que provoquem a perda de ar?

Tudo isto pode contribuir para o “chumbo”. Verifique ainda a pressão dos pneus antes de se deslocar à inspecção. Se tem mais de 100 mil km, poderá precisar de mudar os amortecedores. Leia os nossos artigos que respondem às principais dúvidas que pode ter sobre a manutenção de pneus, como por exemplo este.

Inspeção obrigatória: o que procuram os inspetores nos pneus?

O que fazer em caso de dúvida?

Tendo em conta que os pneus estão entre as principais causas de reprovação (a par das luzes e equipamento elétrico, quadro, direção e suspensão), é preciso precaver-se.
Em caso de dúvida, antes de levar o carro à inspeção, leve-o a um mecânico para fazer uma “pré-inspeção”. Poderá, aparentemente, sair mais caro, mas probabilidade de passar, aumenta exponencialmente. E evitará a perda de tempo e dinheiro, se precisar de voltar ao centro de inspeção.

Mas, antes da “temida data”, há algumas acções que o podem ajudar a passar com distinção. Neste artigo respondemos a algumas questões: Quanto tempo dura um pneu? Que fatores influenciam a duração dos pneus? A lei determina que a vida útil de um pneu (turismo e comercial ligeiro) termina quando a profundidade do indicador de desgaste é inferior a 1,6 milímetro. E este desgaste depende de muitas variáveis como o clima, as condições de armazenagem ou as condições de utilização (carga, velocidade, pressão, manutenção, etc.).

Quando preciso fazer a inspeção?

A inspeção automóvel de ligeiros de passageiros é obrigatória até ao fim dos primeiros 4 anos de circulação do veículo. Depois, deverá ser feita a cada dois anos até que o automóvel complete oito anos. Depois de completar oito anos, a periodicidade deverá ser anual. Para outros modelos de veículos, os prazos podem ser diferentes, pelo que deverá consultar o simulador de inspeção do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT). O veículo deve ser inspecionado no período de três meses que antecede o aniversário do registo de matrícula.

Pode igualmente consultar a periodicidade a que deve sujeitar o seu veículo à inspeção obrigatória no site da Associação Nacional de Centros de Inspeção Automóvel. Aí encontrará a resposta às suas dúvidas e ainda uma lista dos locais em que pode fazer a inspeção perto de si.

Verifique que documentos precisa de levar consigo. Essencialmente o Documento Único Automóvel (certificado de matrícula), o seguro automóvel e a folha da última inspeção (quando disponível). Saiba também o que deve verificar no veículo antes de o levar à inspeção. E, ainda, que tipo de anotações ficam registadas e que medidas deve tomar em seguida.