O que é o intercooler, para que serve e como funciona

25 Julho | 2019 | Goodyear

O intercooler é uma peça-chave nos veículos turbo-alimentados. Quer saber como funciona? Na Goodyear contamos para que serve este componente.

São cada vez mais os veículos que possuem um motor com turbo ou compressor, ou seja, um sistema de sobrealimentação que o dote de maior potência. Para que esse sistema funcione corretamente necessita de diversas partes, ajudantes que cumprem uma função nesse processo de sobrealimentação. E um deles é o intercooler, uma peça fundamental nos veículos com motor turbo e que estão normalmente associados a motores a diesel, embora também possam ser encontrados em alguns modelos a gasolina. Contamos o que é o intercooler, para que serve e como funciona.

O que é o intercooler e como funciona

O intercooler é, literalmente, um permutador de temperatura e serve para esfriar o calor que passa pelo turbo-compressor. O intercooler é uma das seis partes em que se divide o turbo e uma das mais importantes, já que é imprescindível reduzir a temperatura do ar que passa por esta parte do motor, exposto a temperaturas que podem chegar aos 700 graus.

Os carros que possuem motor turbo necessitam de ar para funcionar. Como explicámos no post dedicado ao funcionamento do turbo-compressor, os gases do escape movem uma turbina que envia o ar, através do eixo coaxial, até ao compressor, que é uma peça que recolhe esse mesmo ar e o envia, com pressão, até aos cilindros.

Todo este processo tem lugar a temperaturas muito altas, entre 600 e 800 graus centígrados, o que faz com que seja necessário esfriar o ar quente antes que entre no sistema de admissão do motor. É para isso que serve o intercooler, que recebe esse ar quente por um extremo e esfria-lo para depois o enviar para o motor a uma temperatura adequada.

Assim, aumenta a densidade do ar destinado ao sistema de admissão do motor, um processo imprescindível para o funcionamento correto do veículo já que o ar frio é mais denso e contém mais oxigénio que o ar quente. O oxigénio é vital para a explosão dos motores: quanto mais ar frio chega ao motor, mais potência terá o automóvel.

O processo é tão simples como vital para que o motor funcione corretamente. Ainda que o ar chegue à temperatura ambiente ao coletor de admissão do turbo-compressor, aquece com a pressão e precisa de algo que o esfrie antes de chegar ao motor. É essa a função do intercooler nos veículos com sistema de sobrealimentação no motor: esfriar o ar e enviá-lo a uma temperatura adequada para o motor.

Onde está colocado o intercooler

O ideal é que o intercooler esteja colocado na posição em que possa receber maior quantidade de ar proveniente do exterior, já que dessa forma levará menos tempo a cumprir a sua função de esfriar o fluxo de ar que chega do turbo. Por isso, encontra-se normalmente na dianteira do veículo, por trás da saída de ar.

No entanto, o design de alguns veículos não permite a colocação do intercooler na dianteira, pelo que deve colocar-se sobre o motor. Nesses casos, a quantidade de ar que chega do exterior é menor, pelo que é preciso acrescentar algumas ajudas adicionais para melhorar o fluxo do ar.

Tipos de intercooler

Existem dois tipos de intercooler, ainda que a maioria dos veículos possua o mesmo sistema. O mais normal é o intercoooler de tipo ar-ar, ou seja, em que a corrente de ar do exterior à temperatura ambiente passa através do radiador e esfria o ar procedente do compressor de enviá-lo para o sistema de admissão do motor.

O segundo tipo de intercooler é o ar-água, que baixa a temperatura do ar proveniente do coletor do compressor graças a um fluxo de água que esfria esse mesmo ar. São mais pequenos do que os intercooler ar-ar , pelo que são ideais para veículos com espaço disponível reduzido. Porém, ao mesmo tempo, são mais complexos e dispendiosos, pelo que não são fáceis de encontrar.

Um complemento para sistemas que usam turbo-compressor

São muitos os veículos que, hoje em dia, utilizam um turbo-compressor. É a melhor maneira de, sem gastar muito dinheiro em motores com mais rotações, se alcancem bons resultados quer em potência quer em eficiência. Ou seja, graças ao turbo acabamos por poupar dinheiro com o motor do nosso automóvel.

Para que esse sistema funcione corretamente, tanto os motores que possuem turbo-compressor como outros com sistemas diferentes de sobrealimentação, o intercooler é imprescindível. Graças a esta peça, conseguimos o nosso objetivo: reduzir a temperatura do ar, aumentando a sua densidade, e, logo, a quantidade de oxigénio que chega ao motor. Quanto mais oxigénio chegar mais potência terá o nosso automóvel.

Já sabe o que é o intercooler, para que serve e como funciona. Agora, quando pisar o acelerador e colocar o turbo em funcionamento, saberá como conseguir a potência extra que as vezes é tão necessária.

Good Year Kilometros que cuentan