Já levou as suas crianças a descobrir o Tejo?

Para os mais desportistas há a canoagem e a vela, para todos os outros há o Hippotrip. Vamos descobrir o Tejo com os nossos filhos?

Agora que o verão se aproxima, até as águas do Tejo se tornam convidativas. Para as famílias da capital está na altura de aproveitar ao máximo esta dádiva da natureza e, seja com passeios a pé ou de bicicleta pelas suas margens ou entrando rio adentro, há muito que fazer nestas águas. Conheça três propostas Goodyear para apresentar o Tejo aos seus filhos.

Os desportos aquáticos estão, regra geral, entre as melhores propostas de atividade física que um jovem pode praticar. Ao contacto com a natureza, junta-se a motivação da autonomia das crianças, um esforço físico que se faz com prazer e a diversão de enfrentar os desafios. O remo, a canoagem e a vela são claros exemplos disso e, ao contrário do que muitas vezes se pensa, são economicamente acessíveis e há suficientes propostas na região da Grande Lisboa para que os seus filhos façam a iniciação. Mas, se está à procura de uma ideia mais inclusiva, só para passar uns momentos divertidos dentro de água, há sempre o Hippotrip, a solução para levar a família toda à descoberta de Lisboa e do Tejo.

 Já levou as suas crianças a descobrir o Tejo?

Canoagem no Parque das Nações

As manhãs de domingo (entre as 10h00 e as 12h00) do Parque das Nações são dedicadas à canoagem. Podem participar todos os que tiverem mais de 10 anos e é um programa perfeito também para levar família e amigos. Há cursos de “batismo de canoagem”, para os quais só é preciso levar um fato de banho, um chapéu e protetor solar, mas há também atividades mais avançadas como uma saída para o rio, em regime livre, para descobrir o estuário. É aconselhável que a família toda ganhe primeiro experiência na zona fechada antes de se aventurar a mais, pois é necessária uma prova de aptidão.

No plano de água fechado da Marina os seus filhos também podem dar os primeiros passos na vela, um desporto que facilmente se transforma numa paixão para a vida toda. Além do batismo, há um curso para os pequenos marujos que inclui uma introdução à teoria e um curto passeio. Dura só 40 minutos e deixa muita água na boca, por isso prepare-se para inscrever os seus filhos no curso “Férias Náuticas” que é a melhor solução para um verão muito divertido e preenchido.

A tradição naval de Belém

Muito exigente mas igualmente recompensador, o remo tem na frente ribeirinha de Belém um belíssimo cenário para a iniciação e para o desenvolvimento de atletas. Para além do lazer, é na vertente competitiva que a Associação Naval de Lisboa aposta e tem variadas escalões para todas as idades (Benjamim, Infantil, Iniciado, Juvenil e Júnior), e há também aulas destinadas a famílias. Investigue as propostas que a ANL lhe oferece e dê um salto até Belém para saber mais sobre este desporto.

Claro que no histórico local de onde partiram as caravelas a vela continua a ser desporto muito praticado e só nos fins de semana de muito mau tempo é que não avistamos um veleiro a passar em frente ao Padrão dos Descobrimentos. A ANL também tem cursos de iniciação para qualquer um que nunca tenha tido contacto com a vela, dando a conhecer os princípios básicos da navegação e os mais elementares conhecimentos náuticos. Se os seus filhos decidirem continuar e evoluir no desporto para além dos clássicos optimists (pequenos barcos em que se inicia a maior parte das crianças), há ainda cursos de aperfeiçoamento, aulas durante as férias de verão e pré-competição.

Uma cidade e o seu rio

Se a família quiser ir toda para a água só para passar uma tarde divertida, dificilmente encontrarão melhor forma do que o Hipotrip. Este curioso autocarro anfíbio que já se tornou uma figura reconhecível de Lisboa, está tão à-vontade em terra como no rio e, para além de nos levar a conhecer vários pontos da cidade, ainda nos dá a sua perspetiva a partir do rio. O passeio dura cerca de 90 minutos e não é, definitivamente, o normal tour turístico, pois os guias fazem também o papel de animadores enquanto contam mitos, lendas e curiosidades dos locais por onde vamos passando. A partida dá-se na Doca de Santo Amaro, perto da Ponte 25 de Abril, na entrada da Associação Naval, de duas em duas horas a partir das 10h da manhã e até às 18h. Por questões de segurança, crianças de menos de 2 anos e pessoas de mobilidade muito reduzida não podem participar.