Jantares românticos para nunca esquecer o São Valentim

Locais de sonho e sabores paradisíacos: recomendamos 6 restaurantes únicos para os jantares românticos dos nossos leitores de todo o país.

Vem aí o Dia dos Namorados, São Valentim ou 14 de fevereiro. Para quem está numa relação a dois, seja em que fase da vida, é uma data para assinalar. Há quem leve muito a sério esta celebração e a consequência de deixar passar uma data como esta em branco pode afetar o relacionamento no resto do ano. Faça-se à estrada e encontre os mais românticos restaurantes de norte a sul do país, para impressionar a sua cara-metade, neste São Valentim.

Egoísta, Póvoa de Varzim

Fica no Casino da Póvoa de Varzim. O restaurante Egoísta ajusta as suas ementas aos produtos e à sua época. Aos comandos estão o chef Hermínio Costa – distinguido diversas vezes por promover a gastronomia portuguesa. Muita da criatividade e inspiração proveniente das viagens que o chef tem feito pelo mundo. O chef diz ser “apaixonado por por viagens, por conhecer culturas e hábitos diferentes”, de onde retira sabores e aromas de outras paragens. Uma escolha segura.

Pedro Limão, Porto

Um dos restaurantes do momento na cidade do Porto é o Pedro Limão, conhecido por ser discreto e criativo. Este local é ideal para uma refeição de São Valentim, depois da atualização e melhoramento que foi alvo. O dono e chef do restaurante é, naturalmente, Pedro Limão. A gastronomia é de autor e proporcionar uma experiência diferente à mesa. Quem já aqui tomou a sua refeição sugere o Amuse Bouche, um ceviche de camarão, bisque espumoso, com cascas e telha de coentros). Outro dos pratos a experimentar é o tártaro de atum marinado em miso e fumado, com leite de amêndoa e espuma de molho verde.

Bastardo, Lisboa

“O Bastardo, é o filho ilegítimo da cozinha portuguesa”. É desta forma irreverente que se apresenta o espaço com a cozinha liderada por Duarte Madeira. A vista sobre a praça, com as luzes da cidade, é acompanhada por uma carta criada para a ocasião. O São Valentim é aqui recebido com cocktails e pratos especialmente escolhidos para um serão a dois. Este ano há robalo e tacos habaneros para o menu de dia 14.

O Paparico, Porto

Repleto de recantos discretos e com a luz baixa, é uma ótima escolha para um jantar íntimo. Ao ambiente junta-se o bom gosto e a qualidade de uma excelente cozinha. Foi considerado pela Time Out em 2017 um dos 5 melhores restaurantes da Invicta e, apesar dos sabores serem tradicionais, são apresentados de forma moderna e sedutora. Tem carta para o dia de São Valentim e uma excelente seleção de vinhos.

Restaurante Vidago Palace, Vidago

Toda a zona envolvente do Vidago Palace é romântica por nascimento. O hotel, com a sua imponência luxuosa, convida a noites requintadas. O restaurante fica no antigo salão de baile, com a decoração dourada e serviço a condizer. A inspiração da cozinha vem do norte, reinterpretada por Rui Paula e tem oferta específica para o dia dos namorados. Robalo, lombinhos e gaspacho de frutos vermelhos, fazem parte das propostas.

Boa Nova, Leça da Palmeira

Construída nos anos 60 com projeto de Siza Vieira, este edifício apresenta uma vista memorável sobre o mar. O que sai da cozinha está ao mesmo nível, com mariscos a chegar dos viveiros próprios e a amêijoa a ser servida à bulhão pato ou com alho. Para este São Valentim, a carta oferece Paella de Salmonete e Tártaro de Vitela.

Arcadas, Quinta das Lágrimas, Coimbra

Com a história de Pedro e Inês no seu curriculum, poucos lugares do país são tão românticos como a Quinta das Lágrimas. O Arcadas é o restaurante do hotel e recorda sempre o trágico par. Na cozinha do Arcadas apenas são utilizados produtos tradicionais da região. As receitas são depois criadas pelo chefe Vítor Dias. É uma “Cozinha de Mercado”, porque apenas utiliza ingredientes frescos. O menu de São Valentim tem o nome de “Pedro e Inês” e inclui arroz de pota e bochechas de porco.

Flor de Sal, Mirandela

A vista sobre o Tua e Mirandela poderia ser tudo o que bastaria ao Flor de Sal para merecer uma visita no dia dos namorados. Mas tem uma cozinha à mesma altura. Com um respeito muito especial pelo azeite e todas as suas matizes, os pratos regionais do norte são aqui reinterpretados. Há milhos transmontanos, cuscos de vinhais e cabrito.

CaisdaVilla, Vila Real

O restaurante Cais da Vila, em Vila Real, pode ser o seu destino neste dia dos namorados. O espaço é único. Resulta da remodelação de um armazém na antiga, e desativada, estação de comboios e combina gastronomia, criatividade e serviços exemplares. As ideias recriadas no local combinam os sabores da gastronomia portuguesa contribuindo para a construção de memórias. A carta de vinhos é a cereja no topo do bolo, ao apresentar uma descrição detalhada de cada um dos néctares disponibilizados.

Jardim Zoológico de Lisboa

E se lhe dissermos que o Jardim Zoológico também tem um programa preparado para o dia dos namorados? O Zoo desafia os casais mais destemidos a conhecerem, durante a noite a vida da morada mais selvagem de Lisboa. O programa inclui assistir ao despertar da encosta dos felinos, para ter a oportunidade de ver leopardos, tigres e linces a tirar partido do crepúsculo. As portas para o programa “Trilho dos Enamorados” abrem pelas 18h15 e inclui jogos e atividades temáticas. Com o chegar da noite, terá oportunidade de tomar uma bebida num lugar mágico e jantar na estufa do Jardim do Roseiral.

Aqui, no QuilómetrosQueContam, só falamos de sítios apaixonantes, por isso visite a nossa secção Comer e Dormir para conhecer um mundo de destinos perfeitos para celebrar este dia dos namorados e torná-lo inesquecível!