Mala de tejadilho: solução para as férias

Aumentar a capacidade de bagagem do seu carro é fácil com uma mala de tejadilho. Veja como este acessório pode ser um verdadeiro salva-vidas nas férias.

Preparar todas as bagagens para umas férias ou escapadela de família pode ser tema complicado. Podemos empurrar tudo lá para dentro ou arrumar muito bem, mas a mala do carro não cresce. A solução para muitos casos passa por uma mala de tejadilho. Saiba mais sobre este acessório tão simples e polivalente que pode ser um verdadeiro salva-vidas.

A família já inclui um cão, um bodyboarder, uma fotógrafa e uma criança de tenra idade? Já não é possível fazer como na nossa juventude e apostar no espírito “depois logo se vê”. Sempre que se parte para uma viagem mais comprida a lista de objetos obrigatórios é cada vez mais extensa. Há coisas que não podem mesmo ficar para trás.

Leve mais por menos

As malas de tejadilho, aproveitando as barras adquiridas no after-market e os suportes que os carros trazem como standard, variam em tamanho e capacidade. Com capacidade entre cerca de 300 e 500 litros, libertam espaço dentro do carro e podem ser colocados e retirados com alguma facilidade. Dizemos “alguma” porque os modelos não são todos desenhados da mesma forma e variam também em qualidade.

Se pretende transportar também bicicletas ou canoas para além de bagagem, poderá estar interessado num sistema modular. A partir de um suporte de base e um conjunto de duas “barras de carga” que se fixam ao tejadilho podem ser montados outros acessórios.

Mala de tejadilho: solução para as férias

O que procurar numa mala de tejadilho

Antes de comprar tenha em atenção os seguintes critérios:

– Se precisa de barras, deverá procurar um sistema de qualidade e durabilidade. Há de aço ou alumínio (mais leves), específicas para o seu carro ou universais. O desenho também irá ter impacto no nível de ruído final. Existem variadas maneiras de fixação e o modelo de que necessita depende se os suportes são longitudinais ou transversais;
– Existem ainda soluções para transportar no tejadilho sem barras, recorrendo aos pontos de montagem ou com grampos encaixados na porta. Estes últimos poderão danificar as borrachas da porta se forem mal instalados.
– As medidas da mala devem estar de acordo com as indicadas pelo manual de instrução do fabricante do carro;
– O peso acrescido (barras, mala e bagagem) deverá manter-se dentro das especificações do veículo;
– Os encaixes deverão ser os apropriados para o modelo do seu carro e/ou barras que utiliza;
– Opte por um modelo com fechadura resistente;
– Mesmo que o fabricante refira a facilidade de montagem, procure uma segunda opinião ou críticas na Internet. É verdade que estas malas são quase todas muito simples de instalar, mas umas dão muito mais trabalho do que outras. Em qualquer caso, dificilmente conseguirá instalar a mala sozinho devido ao seu peso e tamanho.

As diferenças de preços que vai encontrar no mercado devem-se a vários factores. Desde a capacidade ao material usado, o mercado tem muita oferta. O desenho aerodinâmico é também um elemento importante, resultando em níveis de ruído e consumo inferiores.

(Re)aprenda a arrumar e a conduzir com um mala no tejadilho

Quando arrumar a bagagem comece por organizá-la ao longo das barras, distribuindo-a de baixo para cima e reduzindo possíveis desequilíbrios. As cordas e redes elásticas com ganchos serão de grande ajuda nesta fase, para que vá tudo corretamente acondicionado. Afaste a carga da fechadura de modo a conseguir não só fechar o cofre, mas também evitar problemas futuros. Opte também por levar os objetos mais pesados no porta-bagagens e não no tejadilho. A física diz-nos que um carro é mais estável quando o seu centro de gravidade está próximo do chão. A roupa e os objetos mais leves vão no tejadilho

Durante a condução vai notar algumas diferenças de comportamento do carro. Por um lado, irá começar a ouvir um silvo ou outro ruído da passagem de ar na mala. Aumenta também o peso e a resistência aerodinâmica e, consequentemente, o consumo de combustível. Conte também com um desempenho mais reduzido no arranque e um comportamento ligeiramente mais brusco. A velocidade máxima com malas de tejadilho é de 120km/h Desde que esteja atento a estes fatores, rapidamente se habituará à condução. Uma última nota: tenha atenção quando entrar em garagens, centros de lavagem outros espaços com teto mais baixo.