Como mudar pneus: guia para trocar facilmente de pneus

Descubra com Quilómetros que contam como trocar os pneus do seu automóvel e a maneira mais rápida e eficiente de o fazer.

Sabe como trocar um pneu? No caso de um furo ou rebentamento, vários fatores devem ser levados em conta antes de efetuar a sua substituição. Descubra com Quilómetros Que Contam como mudar pneus e qual é a maneira mais rápida e eficiente de o fazer.

Antes de trocar os pneus do seu carro, você deve saber a sua equivalência para que o carro se comporte corretamente no asfalto. Da mesma forma, antes de escolher um pneu de substituição, é importante conhecer as opções disponíveis. Por exemplo, comprar um pneu ecologicamente correto pode aumentar a eficiência da sua condução, economizar até 5% em combustível e montar um pneu de verão resultará em menos desgaste a altas temperaturas. Estas alternativas ajudarão a preservar o meio ambiente e poupar.

Uma vez que tenhamos esses conceitos claros, a operação de troca de pneus é simples. Se você vai periodicamente ao mecânico, é provável que os seus pneus não estejam desgastados e o seu alinhamento e pressão estejam corretos, então as hipóteses de um furo reduzem-se. No entanto, essa possibilidade nunca desaparece e é bom saber como trocar um pneu furado.

Como trocar pneus: guia para trocar facilmente de pneus

Primeiro passo: segurança antes de tudo

A primeira coisa que precisa de fazer se o seu veículo começar a perder estabilidade ou se ouvir o pneu a esvaziar-se é reduzir a velocidade aos poucos até que esteja completamente parado num local com boa visibilidade e sem obstruir o tráfego. É preferível que não esteja num plano inclinado e que o solo seja firme. Antes de deixar o carro lembre-se de colocar o colete refletor e coloque depois o triângulo de emergência (a 50 metros do veículo). À noite, tenha ainda maior cuidado e não se esqueça de deixar ligadas as luzes, incluindo as de emergência.

O próximo passo é a avaliação dos danos, mas não apenas do pneu. Verifique se tudo está em ordem e avalie a possibilidade de notificar o serviço de assistência em viagem, se verificar que, devido às condições do trânsito ou da estrada, a sua segurança não está garantida. Lembre-se que os profissionais podem ajudá-lo, mudando ou reparando o pneu. A maioria dos furos causados por pregos ou cortes de até 0,64 cm no piso dos pneus podem ser reparados se o dano estiver na banda de rodagem. Você pode encontrar aqui o distribuidor Goodyear mais próximo.

Como trocar pneus: guia para trocar facilmente de pneus

Trocar um pneu passo a passo

Desmontar um pneu à mão pode parecer complicado mas, na realidade, basta seguir os passos corretamente. Localize o pneu sobresselente, o macaco e a chave (se não sabe do seu paradeiro, consulte o manual de utilizador do carro). Se a roda tem tampão, remova-o e se tiver um parafuso antirroubo, remova-o com o adaptador especial.

O próximo passo é desapertar os parafusos do pneu com a chave e colocar o macaco no chassis à distância indicada pelo manual (geralmente ao lado da roda dianteira direita ou da roda traseira esquerda, em alguns casos tendo uma placa adicional de segurança para que o macaco suporte o peso de maneira nivelada). Verifique se o travão de mão está activo e comece a girar a manivela até que o pneu furado não toque no solo. Um truque para mudar o pneu com segurança é colocar a roda sobressalente logo após o macaco para que, em caso de falha, ampare a possível queda do carro. Nunca eleve o macaco ao seu nível máximo, a torção que o veículo exerce sobre ele poderia quebrá-lo.

Depois de ter o carro levantado, remova os parafusos que havia afrouxado anteriormente e remova o pneu furado.

O pneu sobresselente

Coloque o pneu no eixo e aperte os parafusos com os dedos. Remova a roda que colocou para proteção e baixe o carro. Depois de descansar no chão, aperte bem as porcas com a chave e recolha todas as ferramentas.

Já acabou de trocar o pneu? Não, falta ainda um dos passos mais importantes. Vá até o posto de gasolina mais próximo e verifique a pressão de ar. Lembre-se de que, se não fizer isso, poderá voltar a furar novamente em pouco tempo. Depois de armazenado, o pneu suplente não estará com a pressão correcta.