Música de praia para sobreviver à semana de trabalho

Ainda não está de férias? Aguente a dura semana de trabalho com a ajuda da nossa playlist de música de praia, perfeita para sonhar com esplanadas e sol.

É um facto da vida: não há dias de férias que cheguem para aproveitarmos todo o verão tal como ele merece. Vamos passar grande parte da melhor estação de todas a trabalhar e, durante a semana, qualquer cheiro de protetor solar vai fazer roermo-nos de inveja. Mas, como um tónico para afastar os maus espíritos e a má disposição, a música de praia pode provocar a sensação contrária. Nas esplanadas, pequenos bares e quiosques do nosso longo litoral ouve-se todo o tipo de música bem disposta mas nós temos também o nosso top para vos aguentar durante os dias de trabalho. Assim, se a semana se faz longa e está com vontade de sonhar com a areia e o mar, ouça a nossa playlist de música de praia, perfeita para imaginar que está lá, onde deseja.

Não foi a primeira vez que os Daft Punk se juntaram ao canadiano Weeknd e até é um tema do ano passado, mas I Feel it Coming continua a ter a vibe perfeita para ser um dos hinos do verão de 2017. O seu toque electro e disco, acompanhado de um refrão viciante, mais a passagem do cantor por Portugal, são motivos mais que suficientes para não a largarmos.

Altura para recuperar um dos grandes sucessos de 2016, com cheiro a caraíbas mas com a doce voz de Drake a dar o toque sensual ao ritmo quente do dancehall. Mesmo nascido em Toronto, o cantor mostra bem as suas raízes nas Índias Ocidentais em One Dance.

Os Phoenix têm encontro marcado com Lisboa para um concerto no NOS Alive e, enquanto esperamos, podemos abanar a anca com um gin na mão ao lado do mar ao som de Holdin’ On Together. É o tipo de pop luminosa que soa mesmo bem com roupas de linho branco e sandálias bem frescas.

Por esta altura toda a gente quer trabalhar com Kendrik Lamar e os Maroon 5 também não resistiram a uma colaboração com o rapper/produtor mais hyped da atualidade. Apesar disso, a presença de Kendrik em nada beliscou o estilo habitual da banda e Adam Levine continua a ser o rei e senhor deste groove.

O sol e a beira-mar também convidam a alguns momentos de silêncio e Tom Odell tem aqui uma espécie de hino sombrio que traz o espírito do tecno alemão também para a praia, através da remix de Zwette. Há um futuro comprido e promissor para o jovem inglês.

Continuamos em tom eletrónico, com um nome ainda quase desconhecido, um exemplo dos novos músicos e produtores que começam a divulgar a sua música através de serviços como o Soundcloud e que depois obtém uma longa legião de fãs. São os Lakechilds com Diskostrand e um tema veraneante como poucos.

Os Tuxedo parecem nunca ter ultrapassado a fase do disco funk dos 80’s e, como os Daft Punk, destilaram-no à sua essência mais pura. Do It (“fá-lo!”) é isso mesmo, um convite para nos deixarmos ir e aceitar qualquer proposta para uma festa à beira-mar, num fim de tarde de agosto.

Eles vão fazer parte da paisagem do verão de 2017, por isso o melhor é enfrentarmos já os Chainsmokers com Closer e Halsey na voz. Concerto marcado, presença garantida em todas rádios e as boas graças dos portugueses: a banda não precisa de muito mais para ter um ano fantástico.

Acabada de sair, 2U é a arma de David Guetta e Justin Bieber para dominarem as ondas sonoras nos próximos meses. O mestre do EDM e o querubim da pop têm aqui um tema muito energético, com o tipo de melodia a que Guetta já nos habituou e resulta sempre bem nos tops.

Terminamos com música portuguesa, mas com o toque muito especial do amor que Richie Campbell tem pelas caraíbas. Com o sotaque de quem aprendeu inglês com a música da Jamaica, Richie deixa-se ir para um ritmo mais romântico e sensual do que é habitual no reggae, mas deixa toda a temperatura que a estação exige. É vê-lo por aí, pois vai andar por Portugal inteiro para concertos durante o verão de 2017.