Música: Noites de verão, noites brilhantes

Em 2017 são os sons urbanos a determinar o tom da música para as noites de verão: há hip hop e EDM, mas também sons das caraíbas para animar as férias.

Uma das melhores coisas do verão é a vontade de sair até mais tarde, ter tempo para perder as horas de uma noite de semana para estar com os amigos, a andar de esplanada em esplanada e de bar em bar, a apanhar o ar fresco que nos impede de dormir. De um momento para o outro, parece que todas as noites se transformam noites de sábado. E, para manter-vos sempre prontos para a festa enquanto andarem a cruzar as estradas do Alentejo ou do Algarve à procura do próximo ponto de diversão noturna, fiquem com a nossa playlist de música para as noites de verão: podem ser as mais curtas, mas são as mais preenchidas do ano!

O norte-americano de origem marroquina French Montana inspirou-se no afrobeat, juntou-lhe os pózinhos do dancehall das caraíbas e criou o soturno convite à dança que é Unforgettable. É um dos grandes temas do verão de 2017 e já deu origem à sua própria trend viral (o #UnforgettableDanceChallenge)

Nicki Minaj não para em 2017 e desta vez é a colaboração com Jason Derulo e Ty Dolla $ign que faz recair a atenção sobre a rapper. Mais uma vez, são os sons caribenhos a marcar o ritmo do verão (os três artistas têm raízes nas ilhas) e Swalla é daqueles temas que nos obriga mesmo a abanar a anca.

De sucesso em sucesso, os Clean Bandit já vão no seu terceiro nº1 de vendas com Simphony. Desta vez, com este single euro/dance/pop recrutaram a sueca Zara Larsson para apoiar o seu tipo de composição sempre com um toque de música clássica e parecem levar-nos de regresso aos anos 80.

Tal como em outros dos seus sucessos de apelo à dança, os Cheat Codes repetem em No Promisses os seus riffs de sintetizador bem sintéticos, a batida a colar o bombo ao chão e os drops perfeitos para dar ainda mais dramatismo à sua música. A voz de Demi Lovato pode ser tudo o que necessitam para repetir os sucessos anteriores.

Lil Uzi Vert gosta de usar nos seus temas pequenos pormenores sombrios que são a envolvência perfeita para o seu tipo de hip hop nihilista. XO TOUR Llif3 é uma canção dramática e muito séria, sobre amor e suicídio, mas é ao mesmo tempo viciante e pop quanto baste para começar a divulgar mais o nome deste rapper que se prepara para entrar também para o panteão dos “grandes”.

Scared to be Lonely começa a sua sedução com fantasmagóricas notas de um violino sintetizado, enquanto Dua Lipa começa a aquecer as cordas vocais e o ambiente, antes de nos conduzir até um refrão épico. É EDM do mais puro, não é nada a que não estejamos habituados, mas guarda a possibilidade de ser mais um dos convites do verão de 2017.

Os Major Lazer são uma espécie de supergrupo de produtores (Diplo, Jillionaire e Walshy Fire) que já tínhamos podido ouvir com Justin Bieber em Cold Water. Repetem agora a fórmula e parece que foram até Ibiza em busca de inspiração, com Know Better a ser um inevitável hino do verão.

Os Maroon 5 estão a abraçar o hip hop com toda a força. Depois da colaboração com Kendrick Lamar em Don’t Wanna Know, a banda de Adam Levine convidou agora Future para assinar Cold, rapper que passa também por Portugal para um concerto em 2017 no Super Bock Super Rock.

É a segunda presença de Quavo nesta lista e o duo a que pertence, os Migos, estão mesmo nas bocas do mundo. Desta vez foi Liam Payne, o ex-One Direction, que o recrutou para o ajudar numa aventura mais hip hop e urbana do que aquilo que conhecemos no seu passado.

Chocolate é o mais recente tema de Big Boi e serve de apresentação ao seu novo longa duração, Boomiverse. É uma viagem electro funk com a classe a que o produtor (metade dos Outkast) já nos habituou, com o espírito old school dos 80’s revisitado ao dobro da rotação. É uma remistura de um original de Trozé, perfeita para acelerar uma noite de verão.