10 músicas para se sentir um super-herói

6 Maio | 2019 | Goodyear

Para celebrar a estreia de “Vingadores: Endgame”, a Goodyear criou uma lista de musicas para se sentir um super-herói. Prepare-se para disfrutar de quilómetros de música.

O filme “Vingadores: Endgame” estreou no passado dia 25 de abril e, em apenas alguns dias, foi visto por 250 mil pessoas em Portugal.

Entre o dia da estreia e o domingo seguinte, o derradeiro episódio da série de filmes da Marvel foi exibido em 1644 sessões, tendo representado um encaixe de um milhão de euros em Portugal.

A nível global, a película atingiu receitas na ordem dos 1,2 mil milhões de dólares, um recorde absoluto de sempre. Em Portugal esse montante, segundo o Instituto do Cinema e Audiovisual, foi de 1,7 milhões de euros nos primeiros dias de exibição.

É o quatro filme da saga Os Vingadores, que promete ser um blockbuster na primeira metade deste ano.

Aproveitamos o mote dos filmes de super-heróis para lhe recordar alguns dos grandes momentos da música proporcionados por esse género. São canções míticas que servem de banda sonora para este tipo de filmes. 10 músicas para se sentir um super-herói.

Demolidor

O filme “Demolidor” não foi sucesso particularmente grande. No entanto tem uma canção marcante: “Bring me to Life”, de Evanescence. A versão polémica do herói da Marvel com Bem Affleck como protagonista provocou reacções antagónicas entre os fãs de banda desenhada. Mas, ao menos, o filme de Mark Steven Johnson pode orgulhar-se de ter uma banda sonora original com a assinatura de Graeme Revell.

Seleccionamos “Bring me to Life” para esta playlist. O tema, além de ser um grande êxito dos Evanescence, tem uma grande história subjacente. Começa por perguntar “Como podes ver através dos meus olhos como se fossem portas abertas”, o que a cantora perguntou a um psicólogo num bar. Apenas cinco anos depois Amy Lee e Josh Hartzler contrariam matrimónio.

Batman

Prince cantou “Batdance” para o filme “Batman”. Embora tenha surgido décadas antes, foi em 1989, quando estreou a película de Tim Burton, com Michael Keaton como protagonista. E para a ocasião, a Warner abriu os cordões à bolsa e contratou os serviços de Prince, um fenómeno de sucesso já na altura.

Embora o artista tenha recebido muitas críticas, a sua “Batdance” arrasou não apenas nos cinemas, mas também nos tops de vendas em todo o mundo.

Batman Forever

Do filme “Batman Forever” escolhemos a faixa dos U2:Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me”. A Warner quis repetir o êxito do primeiro filme e estreou Batman Returns em 1992, com os mesmos realizador e protagonista. No entanto, a dupla Burton-Keaton não foi suficiente e a película foi um fracasso.

Para Batman Forever, de 1995, contrataram Joel Schumacher para o realizar e, além de Michael Keaton, participaram no filme Michelle Pfeiffer e Robin Williams, entre outros. E para a banda sonora não pouparam em gastos, tendo escolhido os U2, numa altura em que a banda irlandesa se encontrava no topo.

Guardiões da Galáxia

O filme “Guardiões da Galáxia” é recordado também pelo desempenho de Blue Swed com a canção “Hooked on a Feeling”. A película estreou em 2014 e é lembrado não apenas pelo enredo, mas também pela selecção de clássicos musicais de altíssima qualidade que se ouviram no filme.

Além de ”Come and get your love”, de Redbone, ou “I want you back”, dos Jackson 5, o tema mais famoso foi, sem dúvida, “Hooked on a feeling”, dos Blue Swede. O realizador, James Gunn, quis criar uma banda sonora que ficasse no ouvido. E conseguiu.

Os anti-heróis também têm seguidores

Deadpool

Para Deadpool, a faixa escolhida é de George Michael, com “Careless Whisper“. Deadpool é um anti-herói por excelência. Como personagem, surgiu nas bandas desenhadas e filmes da Marvel, mas não teve, até 2016, o seu próprio filme.

Nesta altura adquiriu o estatuto de estrela que uma personagem tão multifacetada como esta merece. A película foi dirigida por Tim Miller e protagonizada por Ryan Reynolds. Atenção que vem aí a segunda parte da trama. No final do filme e durante os créditos ouve-se “Careless Whisper”, uma das canções mais importantes da carreira do saudoso George Michael.

Watchmen: O filme

Simon & Garfunkel e “The Sound of Silence” são os escolhidos para destacar na banda sonora de Watchmen. Incluir na mesma película Bob Dylan, Nat King Cole ou Simon & Garfunkel não é fácil, mas Watchmen conseguiu-o.

“The Sound of Silence” é muito mais que uma canção, é todo um hino que Paul Simon e Arthur Garfunkel compuseram para recordar o assassinato de John F. Kennedy e os sentimentos que provocou ao povo norte-americano.

X-Men: O filme

O filme X-Men: Primeira Geração, conta na banda sonora com Take That e “Love Love”. A película estreou em 2011 e, além de triunfar na bilheteira, conquistou também os tops.

Foi graças a “Love Love”, uma canção que permitiu reunir os Take That, anos depois de Robbie Williams ter iniciado a sua carreira a solo. Foi o tema principal do filma e a desculpa para a banda inglesa se voltar a reunir.

Esquadrão Suicida

A próxima canção é de Suicide Squad ou, em português, Esquadrão Suicída. Tocam os The Rolling Stones e a música escolhida é “Sympathy for the Devil”. O filme não irá ficar na história do cinema pela sua qualidade cinematográfica. Mas, na altura de escolher a banda sonora, contou com grandes artistas da praça como os Bee Gees, Eminem, Twenty One Pilot, AC/DC e os próprios Rolling Stones. Mick Jagger e a sua banda animaram o filme que passo praticamente despercebido entre os fãs do cinema de super-heróis.

Iron Man 2

Os AC/DC e “Highway to Hell” já se ouviram em vários filmes. Mas a faixa “Highway to Hell’ fez algo mais em Iron Man 2. Esta faixa é um dos temas mais conhecidos da banda australiana e foi uma escolha acertada incluí-la no filme Iron Man 2.

No entanto, os fãs do grupo de rock já tinham ouvido esta música noutros flimes como Destino Final 2, Little Nicky ou Percy Jackson e os Ladrões do Olimpo. Já reparou que sempre que o Iron Man entra em cena, ouve-se AC/DC?

Os vingadores

Em Os Vingadores, a escolha foi para os AC/DC e “Shoot to Thrill’. É com esta segunda proposta de AD/DC que terminamos. A faixa soou durante a reunião de Os Vingadores, mas também em Iron Man 2.

Faz uma ligação perfeita à personagem de Tony Stark, protagonizado por Robert Downey Jr. E é uma forma perfeita de terminar a lista em que se incluíram géneros musicais muito distintos, mas com algo em comum. São igualmente grandes músicas da história do cinema de super-heróis.

Good Year Kilometros que cuentan