0 Natura Glamping: tranquilidade no meio da Serra da Gardunha - quilometrosquecontam

Natura Glamping: tranquilidade no meio da Serra da Gardunha

26 Novembro | 2019 | Goodyear

Depois dos trágicos incêndios de 2017, a Serra da Gardunha tenta renascer. O Natura Glamping é uma das coqueluches da região

Em 2017, a tragédia abateu-se sobre a Serra da Gardunha, bem no centro de Portugal. Um incêndio devastador destruiu grande parte da serra, ardendo 7500 hectares, a grande maioria no concelho do Fundão, onde os prejuízos chegaram aos 14 milhões de euros.

Dois anos depois da que foi a maior catástrofe ambiental que alguma vez se abateu sobre a Gardunha, há ainda muito para fazer e ainda mais para reflorestar. Mas a vida continua e a economia local tenta reerguer-se das cinzas, com o turismo a cumprir a sua função para o renascimento da região.

Um dos projetos mais visíveis na Serra da Gardunha é o Natura Glamping. A pouco mais de sete quilómetros do Fundão para sul (são 15 minutos de automóvel), este verdadeiro refúgio para quem procura a tranquilidade junta o luxo ao contacto com a natureza, sempre com o conceito sustentável em mente.

Situado em Alcongosta, a 930 metros de altitude, o Natura Glamping oferece dois tipos de alojamento. A começar pelos domos geodésicos, uma espécie de luxuosos iglôs de tamanho gigante com capacidade para quatro adultos e uma criança até aos seis anos. Entre as comodidades, os domos incluem um salamandra, um mini-bar, um roupeiro e uma janela panorâmica de oito metros para poder apreciar a deslumbrante paisagem da serra.

A última novidade é a Domo Suite Lux, que difere das restantes pelo facto de a estrutura ser de madeira, com vidro na parte da frente e revestimento de cortiça e lã de rocha. A parte do “Lux” vem do jacuzzi interior onde cabem duas pessoas, da casa de banho com hidromassagem e banho de vapor e da salamandra a lenha. O preço deste domo de luxo oscila entre os 240 e os 280 euros por noite. Para os restantes, os preços começam nos 140 euros por noite.

Quem preferir um alojamento mais tradicional, tem a Casa da Guarda, que tem capacidade para cinco adultos, com possibilidade de uma cama extra, que é grátis para crianças até seis anos. Dispõe de uma cozinha completamente equipada e os preços começam nos 85 euros por noite.

Atividades para todos os gostos

Tranquilidade é a palavra-chave do Natura Glamping mas há um manancial de atividades para quem quer mais, seja indoor ou outdoor. Dentro de casa, por assim dizer, há sessões de yoga e serviço de Spa, com dois tipos de tratamentos (massagem de relaxamento e reflexologia). Há ainda um espaço infantil, com atividades para as crianças.

Para que não quer dispensar a natureza em redor, há uma série de atividades ao ar livre para experimentar, a saber: BTT, trekking, segway, balonismo, arborismo e passeios a cavalo. E se for época, pode participar na apanha da cereja. Há ainda a possibilidade de marcar uma visita às aldeias de xisto, que abundam na região.

De que está à espera? Ponha já de parte um fim-de-semana para descobrir a Serra da Gardunha e desfrutar da tranquilidade oferecida pelo Natura Glamping.

 

Good Year Kilometros que cuentan