Receba o novo ano de braços abertos

24 Dezembro | 2015 | Goodyear

Ainda não tem planos para a noite de 31 de Dezembro? Se, apesar do frio, encontrar energia para sair de casa e juntar-se à festa, não faltam destinos por todo o país onde irá encontrar foliões que o acompanhem. O reveillon é comemorado nas ruas de todas as cidades portuguesas e não escolhe nem distingue classes sociais: todos têm direito à diversão e os principais pontos de atração são gratuítos. Por isso, esteja onde estiver, desde que haja vontade para isso, há um programa para que se divirta neste fim de ano.

Uma noite, tantas possibilidades:

Algarve

Se preferir o clima ameno algarvio e estiver a sul nos últimos dias de 2015 não lhe faltarão opções. Para além das festas privadas e em hóteis, as ruas das principais cidades algarvias já estão prontas para receber todos aqueles que vierem para a festa. Albufeira vai ter Anselmo Ralph na Praia dos Pescadores e o fogo de artifício irá dividir-se entre este ponto e a Oura.  Armação de Pera, Faro, Lagos, Vila Real, Portimão e Quarteira apresentam programas variados que vão dos Expensive Soul a bandas de tributo aos ABBA.

Alentejo

Quer estejam no interior ou na Costa Vicentina, o Alentejo também não abandona os seus foliões. A Oeste, as diversas localidades de praia como Porto Covo ou Zambujeira do Mar, voltam a encher-se de forasteiros que aqui procuram uns dias de descanso. No interior, a praça do Giraldo vai ser o ponto nevrálgico da agitação em Évora, enquanto Beja vai receber José Cid logo a seguir ao fogo de artifício da meia noite.

Almada, Setúbal e Sesimbra

Na margem sul do Tejo, a animação continua ao lado da Fragata D.Fernando II e Glória, com os Cais do Sodré Funk Connection, excelente combo funk que irá meter Almada a dançar. Setúbal, a partir da doca dos Pescadores, terá também o seu fogo de artíficio sobre o estuário do Sado, enquanto Sesimbra poderá assistir a um curioso espectáculo inspirado na obra de Vivaldi, com a música de DJ Marc Soul.

Feiras -Quilometrosquecontam

Caminha e Viana do Castelo

No Minho, o reveillon em Caminha é já um clássico e chama galegos e minhotos para a diversão na Praça Silva Torres. A festa irá durar seis horas e contará com os Sons do Minho e Paulo Baixinho & Groove Band. Em Viana do Castelo há a glamourosa proposta do Viana Reveillon, sediado no Centro Cultural da Cidade e incluindo algumas das casas mais significativas da noite vienense.

Lisboa

A Praça do Comércio continua a ser o palco do reveillon lisboeta, um óptimo local para assistirmos à festa e ao fogo de artifício com que a cidade nos brinda, este ano ao som dos Trovante e Richie Campbell. Mas se quer uma vista priveligiada para o espectáculo pirotécnico, suba até ao miradouro de Nossa Senhora do Monte ou ao Castelo de São Jorge, que abre as portas nesta noite. No Casino de Lisboa e no Parque das Nações haverá música ao vivo com os Azeitonas, enquanto os jardins da Torre de Belém serão também um local de excepção para apreciar o rio e o fogo que reflecte nas suas águas.

Funchal, Madeira

É o mais conhecido e clássico “reveillon” do pais e, ano após ano, continua a ser o momento alto do turismo Madeirense. O fogo de artifício do Funchal é já material de lendas e, diz quem já viu, uma das mais memoráveis noites de fim de ano de uma vida. Com fogo preso e largado a partir de vários pontos da baía e até de Porto Santo, é melhor experimentado a partir de um dos muitos barcos que aqui fundeiam nesta noite. Se não tiver essa sorte, fique seguro que em qualquer ponto da cidade, voltado para o mar, a vista é excepcional e arrepiante.

Porto

A Av. Dos Aliados continua a ser o principal destino dos portuenses, e este ano terá Pedro Abrunhosa e o seu Comité Caviar como anfitriões do fogo de artifício que se seguirá.  Um dos locais de eleição para acompanhar as doze badaladas é a Ribeira ou, se possível, um dos cruzeiros que navegarão no Douro durante a noite.

Estejam onde estiverem, a tradição exige que os portugueses passem a meia-noite com uma taça de champanhe numa mão e 12 passas na outra, comidas ao ritmo das badaladas finais. Também se fazem promessas e desejos mas, sobre esses, nem todos guardam recordações: passadas umas semanas há quem se esqueça da jura de deixar de fumar ou perder peso. Mas não é grave… para o ano há mais!

Good Year Kilometros que cuentan