000000 Parque e Praia Fluvial do Sorraia são cartão de visita de Coruche - quilometrosquecontam

Parque e Praia Fluvial do Sorraia são cartão de visita de Coruche

24 Maio | 2019 | Goodyear

Fica junto à praça de Touros. É um parque e uma praia fluvial, junto ao Sorraia, que convida as famílias a passar tempo juntas. É também um cartão de visita para em Coruche, em Santarém.

O Parque Fluvial e a Praia Fluvial do Sorraia ficam junto à Praça de Touros de Coruche. É o local ideal para passar tempo em família agora que o bom tempo nos chama para a rua. O Parque fica junto ao largo do Rossio, em frente ao rio Sorraia.

O Rio Sorraia nasce no Couço, em Coruche, resultando da junção de duas ribeiras: Sor e Raia – a conjugação destes dois nomes tem como resultado o nome do rio de Coruche. Prolonga-se por cerca de 60 quilómetros, desaguando depois de Coruche, no Rio Tejo, na região da reserva Natural do Estuário do Rio Tejo.

Este curso de água teve, ao longo do tempo, um papel vital para a região. Tanto os romanos como os mouros se fixaram neste local onde praticavam a agricultura e tiravam partido do rio como meio de comunicação. Os sistemas de irrigação engenhosamente desenvolvidos chegaram até à atualidade.

O rio passa em Coruche e, junto à Praça de Touros, fica este espaço que nos trouxe a Coruche. Foi renovado há pouco mais de 10 anos para acolher num único local zonas de descanso, lazer e recreio inseridos em amplos espaços verdes. Aqui se encontram um parque infantil, um skate park, uma ciclovia – tão em voga – e ainda circuitos pedonais, incluindo uma ponte que atravessa o rio, – outra tendência.

Toda a família tem um local especialmente concebido a pensar nas sua necessidades. Um dos percursos criados leva ao cais do Sorraia. Daí poderá partir para um passeio ao longo do rio numa das embarcações disponíveis. Será também a oportunidade para dar um mergulho. Afinal, fica junto a praia fluvial é hoje mais atrativa que noutros tempos com um acesso à água mais suave.

E as proximidades do Quiosque Amarelo são o local indicado para fazer um piquenique. O Parque do Sorraia tem vários pontos de interesse e áreas para a prática desportiva como o já referido parque de skate radical, mas também um campo de vólei e um pavilhão gimnodesportivo. Há também um palco onde têm lugares múltiplas atividades sócio-culturais ao longo do ano.

O Bar Esplanada Del Rio ou o Café Snack-Bar o Abaladiço são dois locais onde pode fazer uma breve refeição ou tomar um café. Isto se quiser ficar pela zona do Parque.

O que ver

Visitar Coruche passa por conhecer melhor o rio que aqui passa. Aqui abundam bogas, carpas, barbos e bordalos, o que levou ao desenvolvimento, ao longo dos séculos, de toda uma atividade relacionada com a pesca artesanal de rio.

Atualmente, a pesca desportiva predomina, sendo considerado por muitos como um dos melhores pesqueiros do país e até do mundo. Pode optar pela pista de pesca de Coruche ou de Santa Justa. Além da pesca desportiva, pode ainda optar por descer o rio Sorraia de canoa.

O seu passeio pedestre deverá incluir o açude e a ponte pedonal do Sorraia. Um dos principais objetivos deste açude é maximizar a manutenção de um plano de água na frente ribeirinha do rio Sorraia ou, como se diz em português mais corrente “ter pé até mais longe”.

O açude potencia ainda o turismo relacionado com as atividades desportivas piscatória, pois incorpora um dispositivo de passagem para os peixes que lhes facilita as migrações. Este local pode ser visitado sob marcação junto da Câmara Municipal.

Já que está na região, tem de visitar a obra de rega do Vale do Sorraia, construída em 1959. Esta infra-estrutura inclui o canal do Sorraia, o Açude do Furadouro e as barragens de Montargil e Maranhão. São 15.365 hectares, distribuídos pelos distritos de Portalegre, Évora e Santarém. A obra promove o uso eficiente da água na agricultura nos territórios férteis dos concelhos de Ponte de Sor, Avis, Mora, Coruche, Salvaterra de Magos e Benavente. Mais antiga que esta obra em Portugal, apenas a obra de rega de Magos.

Onde comer

A oferta e tradição gastronómica de Coruche é variada e abrangente. A tradição gastronómica local está associada à vida no campo. A cozinha local é rica e cuidada com particular ênfase nos produtos regionais. O calendário das festas locais está centrado em duas iniciativas relacionadas com a vida no campo: as Jornadas da Gastronomia, em Outubro, e a festa Sabores do Toiro Bravo que aconteceu no início do mês de Maio.

O receituário regional combina tradição e inovação. A “ementa” inclui sopas de feijão-frade do Couço e de feijão com couve, além da canja de toiro bravo. Os pratos principais de peixe incluem açorda de sável, bacalhau assado com migas

A carne pode ser servida no formato de arroz de entrecosto, migas de batata com carne de porco, cabrito frito à lavrador, febra e cachola de azeite e vinagre, farinheira de sangue, espetadas de vitela em pau de loureiro ou favada com nacos de vitela brava.

Em Coruche as sobremesas incluem bolos de nozes, de mel, brancos, areias do Sorraia, azevias ou nógado de Pinhão e mel.

Onde ficar

Se optar por passar a noite em Coruche, a Casa do Rio Sorraia é uma das opções. É uma casa de turismo de habitação com cerca de 15 quartos com serviços associados. Fica a poucos minutos a pé do centro de Coruche, permitindo deste modo tirar partido do centro urbano enquanto se mantém em contacto com a natureza.

Tudo bons motivos para visitar o Coruche, a praia fluvial do Sorraia e muito mais que há para ver na região ribatejana.

Good Year Kilometros que cuentan