Proteja a “pele” do seu carro

3 Agosto | 2015 | Goodyear

Passa o Verão inteiro a estragar a pintura do seu carro e não sabe. Não precisa de ser particularmente picuinhas ou perfecionista para admitir que a tinta é a última barreira entre o metal e a fúria dos elementos e, por isso, mais do que uma questão estética, a pintura é um factor de grande importância na longevidade do seu veículo. Chegado o Verão, é também altura de redobrarmos a nossa atenção.

A imagem é clássica e repete-se todos os agostos: um carro completamente coberto de poeira e areia, com a inscrição feita à mão: “Lava-me!” A partida é velha e parece inofensiva, mas é a última coisa que o nosso carro necessita depois de passar as últimas semanas aos solavancos em estradas secundárias. A areia funciona como uma verdadeira lixa e pode fazer com que as marcas continuem, mesmo depois de uma lavagem. Use um espanador macio para tirar a maior parte do pó, antes de reaplicar cera ou polimento.

Com o carro arrumado no pinhal ou no parque de estacionamento da praia, fica sujeito à queda de resinas das árvores circundantes que, nesta altura, “suam” com o calor. Como forte adesivo que é, esta resina tem o potencial de deixar marcas na pintura e, se esfregada só com água, tem tendência a espalhar-se por uma zona ainda maior. Neste caso use apenas álcool mineral e uma camada de cera logo de seguida.

Água e fogo

É também nesta altura que notamos mais a presença dos aspersores que tratam da manutenção dos jardins de todo o país. Uma rajada rápida e refrescante é tão agradável e inofensiva para nós, mas o mesmo não se passa com a pintura do nosso carro. Os minerais na água fundem-se com a tinta e, se não lhe prestarmos a devida atenção, podem deixar marcas facilmente visíveis. Chegados a este ponto, a solução poderá ser mesmo o recurso a um especialista.

Por contraste, no Verão, quando temos a infeliz particularidade de conhecer bem os fogos florestais, as cinzas transportadas pelo vento e depositadas pela humidade são alcalinas e capazes de aniquilar os acabamentos de qualquer pintura. Resista à tentação de as lavar com mangueira e procure a ajuda de uma lavagem de carros profissional, logo a seguir a um incêndio na sua zona.

Limpeza carro - Quilometrosquecontam

As cicatrizes da estrada

Ao atestar o seu carro, as gotas de combustível que caiem do depósito são uma forma segura de danificar a sua pintura. Se não lhe dermos atenção, a gasolina poderá deixar marcas quase impossíveis de apagar em alguns acabamentos. A solução é simples mas deve efetuá-la logo de seguida: um pano de micro-fibras, um pouco de sabão líquido e algum trabalho manual.

Não podemos acabar esta listagem sem um dos sinais mais claros de que acabámos de chegar de uma grande viagem: a quantidade de insectos mortos que o nosso carro traz no para-brisas e no capot.  Se no vidro o problema é fácil de resolver com uma passagem rápida de mangueira, as marcas na pintura são mais exigentes. Os restos de animais são ácidos e corroem a pintura se não efetuarmos uma lavagem logo que possível, com um bom detergente e um pano macio.

Não se esqueça: além do protetor solar que vai meter na bagagem para estas férias, não deixe para trás a atenção que o seu carro merece. Afinal, este é um companheiro que quer ter consigo durante muitos e bons verões.

· ·

Good Year Kilometros que cuentan