Os melhores restaurantes para comer carne no país

20 Março | 2019 | Goodyear

A carne continua a ser um dos pratos preferidos dos portugueses. Não obstante as modas, o português gosta de um bom bife ou de um bom cozido à portuguesa com aquela mistura de carnes e enchidos que muitos gostam.

Cozido no restaurante Jacinto

Por exemplo, o restaurante Jacinto, em Telheiras, Lisboa, funciona há praticamente cinco décadas. O dia do cozido é à segunda-feira. E é melhor escolher a hora de almoço, porque muitas vezes não chega para o jantar. O restaurante é discreto e as travessas chegam bem servidas. Os clientes enchem o estabelecimento no único dia que tem prato marcado.

Nos restantes dias, as opções passam por outro tipo de comida de tacho. No dia do cozido, é possível repetir, sem que seja necessário pagar mais por isso.

Devido ao próprio conceito do cozido, inclui carne para todos os gostos: porco, vaca e frango. E ainda chouriço de carne, chouriço de sangue, morcela e farinheira. A acompanhar couve portuguesa, lombardo, cenouras, nabos e batatas.

Restaurantes de Carne no Ribatejo: da lezíria ao prato

Bife no Club Steakhouse

No Parque das Nações, também em Lisboa, os bifes podem comer-se no Club Steakhouse. As opções são variadas, incluindo carne com temperos árabes.

À frente do restaurante está um casal. No local servem-se bifes, picanha e grelhados à brasileira. A carne é europeia, as especiarias marroquinas. A inspiração são as “steakhouses” de gabarito a nível mundial .

Um dos pratos disponíveis é o “Menu Trio”, concebido para ser servido ao almoço e tendo em vista as pessoas que trabalham na zona. O menu dos dias de semana inclui uma entrada (pode ser chouriço na brasa ou baby ribs), um prato (por exemplo picanha à moda brasileira com carne do Uruguai, e grelhado no cravão), com acompanhamento e um café.

A decoração inclui motivos de decorações industriais ao estilo “steampunk”. Há por isso imagens de rodas dentadas e outros elementos inspirados no universo e na imaginação de Júlio Verne. O espaço conta ainda com esplanadas para desfrutar dos dias mais agradáveis, com vista para os comboios que chegam à Gare do Oriente.

Steakhouse em Leça da Palmeira

Se está na zona de Leça da Palmeira e quer uma refeição composta de carne, pode dirigir-se ao Terminal 4450, um restaurante, bar e steackhouse.

O corte da carne marca a diferença nos pratos confeccionados ao longo da semana. Acrescem petiscos tradicionais e também um toque americano em alguns dos pratos.

A carta inclui papas de serrabulho, hambúrguer de boi, costeletão e ainda espetada de picanha.

O nome do restaurante transparece na decoração e em pequenos detalhes, como o menu. Aqui chama-se “passaporte”, assemelhando-se a um bilhete para viajar.

alheira

Restaurante Rubro em Cascais

O restaurante Rubro, em Cascais, é um dos locais em cidade onde pode comer tapas e carnes, acompanhadas de cerveja artesanal homónima da cadeia de restaurantes.

O restaurante fica no centro da Vila, no mercado da Vila. A arquitectura no interior pauta-se pelo minimalismo e contempla os elementos que identificam a marca Rubro, que significa cor de fogo, vinho, festa, raça e força.
No exterior, da pérgola pode apreciar-se a praia, ali mesmo ao lado.

O restaurante baseia a sua oferta em vinho, grelha e tapas, e valoriza acima de tudo a qualidade dos ingredientes, apostando em confecções simples.

A carne é maturada. A opção foi tomada há aproximadamente 10 anos quando abriu a primeira unidade e de então para cá é uma área em que os restaurantes se têm vindo a especializar.

Chuletón de Buey 5 Costillas, Chuletón de Buey e Solomillo de Buey com Chips são alguns dos destaques da carta do restaurante. Acrescem peças como plumas de cerdo ibérico ou secretos de cerdo ibérico.

A não perder na sua próxima ida a Cascais.

Vila da Carne, em Câmara de Lobos

Um dos melhores locais para comer carne em Portugal é na ilha da Madeira. A espetada em pau de loureiro é uma especialidade da região e são muitos os restaurantes com esta oferta na lista. Acompanhada com milho frito e antecedida por uma poncha, é uma delícia.

Escolhemos o Restaurante Vila da Carne, em Câmara de Lobos é um dos locais onde, além de usufruir de uma vista panorâmica espetacular, tem a oportunidade de comer esta iguaria da região. No Vila da Carne é utilizada carne especialmente selecionada.

E é apenas um dos muitos exemplos de locais onde pode deliciar-se com a tradicional espetada em pau de Loureiro da Madeira, uma variedade abundante na Laurissilva da Madeira, a floresta húmida subtropical da Madeira.

Bitoque: em qualquer lugar

O bitoque é daqueles pratos que só valorizamos quando estamos fora do país. Mas é uma delícia.

Tomado como petisco ou como prato principal. É servido no prato, habitualmente acompanhado por batatas fritas, arroz, salada e um ovo estrelado a cavalo.

Por vezes tem também fiambre entre o bife e o ovo. Não há uma receita única. O bife pode ser de carne bovina ou suína e os acompanhamentos podem também variar.

Good Year Kilometros que cuentan