Rota da Castanha: planos para o São Martinho

Venha conhecer alguns dos locais onde se comem as melhores castanhas em Portugal. Aproveite Novembro e o São Martinho para começar a aquecer a lareira!

Não há quem não as aprecie quentes, boas, assadas, cozidas ou fritas. A Castanha e o São Martinho fazem parte do outono português, marcam os cheiros e os paladares da estação dourada. Se quiser ir em busca das melhores, e dos fabulosos cenários onde cresce, terá que sair da cidade. Muitos dos melhores exemplos chegam do interior beirão e transmontano, mas também o Minho e Alto Alentejo trazem excelentes contribuições. Junte-se a nós e venha comer a melhor castanha portuguesa, aquela que vai partilhar com um amigo!

    O ano foi complicado para a floresta portuguesa e o castanheiro sofreu também por tabela. Algumas povoações cancelaram inclusive as tradicionais festas da colheita da Castanha mas não é altura de esquecermos estas terras. As primeiras duas semanas de Novembro são as ideais para irmos dar-lhes um abraço forte com a desculpa da castanha. Afinal, o futuro parece mais risonho quando o convívio é feito na companhia da jeropiga ou da água pé.

    Montalegre e Pitões das Júnias´

    Na sede do Concelho a festa começa no dia 11 com um magusto popular, no Pavilhão Multiusos local, mas a animação prolonga-se durante o fim de semana. A turística aldeia de Pitões das Júnias, promove mais uma edição do “Magusto Celta”. É um encontro galaico-português que tem resultado e que promete reforçar os laços entre os povos dos diferentes lados da fronteira.

    Carrazedo de Montenegro

    A 800 metros de altura e exposto ao clima transmontano, Carrazedo de Montenegro tem as qualidades para a boa castanha. A terra intitula-se de “Capital da Castanha” e, se quiser provar o seu valor, terá que visitar a pitoresca localidade. É um dos maiores centros de produção do produto e, durante mês de novembro, abre as portas aos forasteiros. Durante o CASTMONTE celebra-se este importante fruto da terra, com mostras de artesanato e a cozedura do maior bolo de castanha do mundo.

    Vinhais

    Rota da Castanha: planos para o São Martinho

    A edição deste ano da Rural Castanea-Festa da Castanha de Vinhais tem data marcada para 10 a 12 de novembro. O evento pretende valorizar a castanha, promovê-la gastronomicamente e potenciar a sua produção. Neste certame, com a duração de três dias, reúnem-se as principais empresas ligadas a este setor, produtos relacionados com a castanha, vinhos, licores, queijos, azeite e toda a gastronomia local. Para além destes, o programa da Rural Castanea conta ainda com as Jornadas do Castanheiro, animação musical e o magusto permanente no Maior Assador de Castanhas do Mundo.

    Sernancelhe

    A festa da castanha local vai na 25ª edição, mas a tradição com o fruto vai mais longe. Sernancelhe diz que é a “Terra da Castanha” porque a sua cor, sabor e propriedades nutricionais são reconhecidas por todos. Concelho pouco povoado, tem paisagens perfeitas para a estação outonal. Da memória medieval da Beira ao cenário da barragem do Vilar, é um cartão postal perfeito para ser apreciado à beira da lareira.

    Trancoso

    No concelho de Trancoso, a Castanha é uma importante produção endógena e um orgulho da terra. No fim de semana de 3,4 e 5 de novembro realiza-se a V edição da Feira da Castanha e Paladares de Outono. O programa inclui workshops, jornadas técnicas, passeios, atividades de showcookings, concursos, espetáculos musicais, entre outros. São apresentados ainda uma série de produtos que podem ser confecionados tendo como base a castanha “Martaínha”, a variedade ex-libris da região.

    São Pedro do Sul

    Rota da Castanha: planos para o São Martinho

    Na zona de Macieira produz-se belíssimo mel e castanha que poderemos provar na feira anual, 11 e 12 de Novembro, mas há também belíssimas oportunidades para conhecer os ritos da terra, ateliers de apicultura e culinária, música e festa. O nosso destaque vai para o “Percurso da Castanha”, onde iremos todos em grupo conhecer os campos de castanheiros e participar na apanha.

    Celorico da Beira

    A aldeia de Prados é uma das etapas de respeito numa rota da castanha por Portugal. Já a penetrar em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, aperta ainda mais a vontade de passar a noite na lareira. Mas nestas encostas há ainda outros sabores outonais para descobrir, dos cogumelos silvestres ao aroma a fumado dos enchidos.

    Marvão

    No fim de semana de São Martinho vai encontrar no Marvão quatro tradicionais magustos, dezenas de pontos de venda com produtos típicos do outono, exposições, música popular e animação itinerante. Muito vinho novo e 5 toneladas de castanha vão andar pelas ruas da vila a animar o convívio. Há produtores regionais, artesanato e doces com castanha à venda. Paralelamente a este certame, realiza-se, entre os dias 11 e 26 de novembro, nos restaurantes aderentes do concelho, a Quinzena Gastronómica da Castanha.