Cinco propostas de saltos de paraquedas em Portugal

Cinco propostas de sítios onde pode saltar de paraquedas com os seus amigos em Portugal. Como bónus: vê algumas das paisagens mais belas do país.

Acabou o curso? Vai fazer uma despedida de solteiro? Quer festejar o seu aniversário ou surpreender alguém? Ou apenas porque sim, por que não optar por um salto de paraquedas ou tandem. Claro que é só para os mais audazes. Mas, deixamos-lhe aqui cinco propostas de sítios onde poderá saltar com os seus amigos. Assim, deixe-se levar pela aventura, além de apreciar magníficas vistas que só do ar pode ver.

De acordo com a Skydive Portugal, o salto tandem é a experiência de aventura mais procurada em Portugal e é também a forma mais fácil de realizar um salto de paraquedas. Atualmente, saltar de paraquedas é muito fácil. Por isso, basta apenas vontade e contactar algumas das empresas que o oferecem.

Depois, em apenas quatro passos estará a viver a sua aventura: reservar o salto, participar no briefing sobre os procedimentos a tomar durante o salto (cerca de 20 minutos), equipar-se, entrar no avião e, quinze minutos depois… é a altura do salto, sintetiza a Skydive Portugal.

As opções são variadas e quanto mais alto o voo, maior o preço. Se aproveitar bem as promoções, o salto poderá custar entre 100 e 200 euros. E sabia que, se fizer aniversário num domingo de inverno, poderá ter um desconto substancial no salto. Descubra onde.

1. Évora

Em Évora fica a sede da Federação Portuguesa de Paraquedismo pelo que não é surpreendente que seja esta a região que aparece em primeiro lugar nos motores de busca na Internet quando procura esta atividade radical. A principal proposta é a da Skydive Portugal, uma escola de paraquedismo que funciona no Aeródromo Municipal e que, entre os seus parceiros, conta com a referida Federação.

A empresa dispõe de duas aeronaves, com cinco e 18 lugares respetivamente e os clientes podem comprar vouchers, cursos ou tirar partido de promoções diversas. Consoante o seu nível de coragem e da sua carteira, poderá optar por saltos de 3000 a 5000 metros. Em qualquer dos casos terá oportunidade de observar a magnífica paisagem alentejana a partir do ar.

2. Proença-a-Nova

Em Proença-a-Nova, a Sky Fun tem uma oferta diversificada com múltiplas promoções para grupos, pares ou aniversariantes e para várias altitudes: dos 2500 aos 4200 metros.

É certo que começou agora o verão, mas se esperar pela época baixa, durante o inverno, os descontos e promoções podem ser ainda mais apetecíveis. Os pacotes de oferta, em alguns casos incluem estadias. Também associado da Federação Portuguesa de Paraquedismo, a Sky Fun é parceira da Skydive Porto no norte de Portugal.

3. Porto

Na Skydive Porto, localizada no coração da paisagem cénica de montanha e mar entre o Porto e o Norte de Portugal, a segurança é a regra número um, dois e três. Todos os instrutores são certificados e a escola é certificada pela Federação Aeronautique Internacional (FAI), pela United States Parachute Association (USPA) e pela Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA). Além dos saltos tandem disponibiliza também cursos de paraquedismo. O voo, pelos maravilhosos céus de Braga antes do salto, tem a duração de aproximadamente 20 minutos.

A Skydive Porto explica sucintamente o que é um salto tandem e porque pode ser desfrutado por pessoas de qualquer idade (a partir dos 16 anos até ao fim da vida). Afinal, o controlo do salto não depende do aluno, mas do instrutor que se encarrega de toda a segurança. Existem limitações à prática do salto relacionadas com cardiopatias graves, respeitar os limites de índice de massa corporal e altura. Algumas limitações físicas não impendem o salto, mas podem condicioná-lo, pelo que devem ser referidas no briefing com o instrutor.

Cinco propostas de saltos de paraquedas em Portugal

4. Espinho

Em Espinho a Skydive Europe disponibiliza saltos de paraquedas. A partir da aeronave Baby Fénix totalmente equipada para a prática de paraquedismo, é possível ver do céu, mas também o mar. A Skydive Europe foi fundada por Mário Pardo, o “Homem-Pássaro”, assim chamado pela sua carreira em Base Jump, Pardo criou em 2010, com o apoio do Turismo de Portugal, o primeiro centro da modalidade no coração do Alentejo e, em 2013, abraçou um novo projeto a partir do aeródromo de Espinho.
Para quem saltar pode ser um passo demasiado arriscado, a Skydive Europe oferece uma alternativa: pode optar por ser o copiloto do avião. Deste modo, poderá ver como se voa com tantos botões e instrumentos, tirar algumas fotografias, e partilhar a emoção no grande momento da saída dos paraquedistas do avião.

5. Figueira dos Cavaleiros, Alentejo

O Centro de Paraquedismo Queda Livre, também pertencente à Skydive Europe, fica no coração do Alentejo, num aeródromo certificado pela ANAC no Monte da Azinheira Grande, a cerca de 140km de Lisboa. A empresa assegura segurança e fiabilidade e disponibiliza diferentes packs promocionais para saltos de 3000 e 4200 metros. Também é possível tirar fotografias ou fazer um vídeo. Como noutras ofertas, existem pacotes especiais para casais e grupos.

Quanto tempo leva um salto?

A queda-livre dura, em média, 50 segundos. Pode variar entre 20 e 75 segundos consoante a altura do salto. Se a altitude for de três mil metros, a queda-livre dura 20 a 25 segundos. Se partir dos 4200 metros a viagem dura cerca de 60 segundos. Dos 5.000 metros pode chegar aos 75 segundos. A cerca de 1500 metros de altura, depois da queda-livre – a 200 a 220 quilómetros/hora -, o instrutor larga o drogue e inicia-se uma viagem calma, com o paraquedas aberto, durante cinco/seis minutos em que irá conseguir ver o mundo da perspetiva de um pássaro. A seguir… uma aterragem suave.

Já tem experiência em saltos de paraquedas? Onde é que encontrou as paisagens mais bonitas? Conte-nos nos comentários.