Segurança: como proceder depois de pequenos acidentes e avarias

27 Outubro | 2015 | Goodyear

Pequenos acidentes e avarias podem acontecer em qualquer altura e a qualquer um, o que importa é saber como proceder de forma segura. Ao sair do parque de estacionamento, ao esquecer-se daquele passeio saliente numa curva que faz todos os dias, o azar de um acidente pode estar à sua espera. Quer aconteça consigo, quer seja só testemunha, irá ficar com certeza nervoso e pode estar nas suas mãos impedir que uma pequeno problema ganhe maiores dimensões. Saiba como actuar sem ignorar procedimentos básicos de segurança que deverá sempre obedecer.

Dicas pequenas avarias - Quilometrosquecontam

 

Segurança também na berma da estrada

  1. Você está nervoso, provavelmente até assustado: acabou de ter um acidente ou uma avaria, mas importa acalmar-se e perceber quais são os passos seguintes. A sua primeira preocupação deverá ser a sua segurança e dos restantes ocupantes da viatura. Desligue o motor, ligue os quatro piscas e analise a situação. Há algum risco imediato para os envolvidos? Contacte imediatamente as autoridades.
  2. Aprendeu quando estudou o código da estrada, e importa recordar, que a primeira reacção após um acidente, qualquer que seja a sua dimensão, é balizar o local de forma perfeitamente visível. Vista o colete retrorrefletor e coloque o triângulo de sinalização, no mínimo a 30 metros do local do acidente e de forma a ser visível a pelo menos 100 metros. Se necessário, use os triângulos de outras viaturas para ajudar a sinalização do local. Coloque o triângulo reflector próximo da faixa, mas de forma a que deslocação de ar dos veículos que passam não o faça tombar. Se acontecer numa autoestrada, deverá redobrar as suas atenções.
  3. Se o acidente ou avaria ocorrerem em autoestrada, os ocupantes deverão manter-se dentro dos veículos, com cintos apertados, até que a situação esteja estabilizada. Só em caso de risco imediato é que eles deverão sair do carro, e nesse caso para bem longe da berma, já que se tornam objectos de elevado risco ao permanecerem na estrada.
  4. Repetimos a ideia porque é um erro que vemos repetido ainda muitas vezes: o colete é obrigatório sempre que o condutor sai do veículo e, se nesta situação tiver mais pessoas a ajudá-lo, cada uma delas deverá ter também um colete. O risco de morte na berma da estrada neste tipo de situações é muito elevado.
  5. Se sentir que o seu carro está com problemas ou ameaça parar a qualquer momento, seja numa autoestrada ou dentro da cidade, tente conduzir para a via mais à direita, mesmo que com isso esteja a prejudicar o veículo. A sua segurança e a dos restantes condutores é mais importante do que a saúde do seu carro, por isso terá que exigir-lhe mais este “esforço”.
  6. Outro momento que poderá dar origem a acidentes é o retorno à faixa de rodagem: o veículo que reentra na estrada, deve obter primeiro uma velocidade próxima da dos outros automóveis que circulam ao seu lado e, só depois, retornar à faixa, demonstrando bem a sua intenção aos outros condutores.
Good Year Kilometros que cuentan