SUV elétricos que não deve perder de vista

6 Junho | 2019 | Goodyear

Os automóveis elétricos deixaram de ser os veículos do futuro para se converterem nos reis do asfalto do presente. São cada vez mais os modelos que podem ser vistos nas estradas nacionais e, do mesmo modo, há cada vez mais construtores a produzir veículos 100% elétricos. E quando as novas criações chegam na forma de SUV (Sport Utility Vehicle), a carroçaria da moda, estamos, sem dúvida, perante um bom sinal. O sonho de muitos é conduzir um SUV ou um todo-o-terreno de luxo e desfrutar da sua performance, da sua tecnologia e da sua amplitude. Para alguns, tal sonho já passar por colocar-se ao volante de um SUV elétrico. Quer conhecer os modelos mais prometedores do mercado?

Descubra 6 automóveis elétricos com os quais será mais eficiente, mais respeitador do meio ambiente e, naturalmente, desfrutará mais do automóvel. Estes são os SUV elétricos que não deve perder de vista.

Audi e-tron

Promete ser um dos SUV de luxo mais desejados do mercado quando estiver à venda. Para já, o que constitui um feito é que se trata do primeiro automóvel da Audi 100% elétrico.
O novo Audi e-tron dispõe de dois motores elétricos e pode atingir os 200 quilómetros por hora (velocidade limitada eletronicamente). A sua bateria, que atinge a carga total em meia hora, pode chegar aos 400 quilómetros. Para além disso, incorpora um sistema que controla e melhora a qualidade do ar, possui um teto solar panorâmico e os inovadores Audi Virtual Mirrors, retrovisores digitais que substituem os espelhos por câmaras de alta definição que mostram as imagens nas portas e no painel de instrumentos. E como se isto não fosse pouco, o Audi e-tron vem equipado com pneus UltraGrip Performance SUV Gen-1 para reduzir a distância de travagem em qualquer situação de inverno.

Jaguar i-Pace

O aspeto desportivo e aerodinâmico do Jaguar i-Pace não revela, à primeira vista, que se trata de um automóvel elétrico. Mas a verdade é que o é. Dispõe de dois motores que lhe dão uma autonomia de 480 quilómetros entre carregamentos, para além de um design sofisticado que incorpora as mais recentes novidades tecnológicas para fazer da condução uma atividade agradável e segura. As suas janelas possuem um cristal laminado acústico que reduz os ruídos do exterior; o interior e a bagageira são espaçosos, como não podia ser de outro modo quando falamos de um SUV: o sistema de info-entretenimento tátil apresenta múltiplas opções; e o automóvel reconhece os ajustes dos assentos e dos espelhos para cada condutor… Por estas e outras razões , o Jaguar i-Pace foi eleito como melhor automóvel do ano na Europa.

Hyundai Kauai

O Hyundai Kauai Elétrico é também um pioneiro, já que se trata do primeiro SUV compacto 100% elétrico da Europa. Trata-se, na realidade, da versão “a pilhas” do que foi eleito como melhor automóvel de 2019 pelo diário espanhol ABC, pelo que não faltam motivos para o inclui-lo nesta lista. O modelo da marca coreana destaca-se sobretudo pela sua autonomia, 449 quilómetros na versão mais avançada. As suas diferentes possibilidades de carregamento permitem recuperar 80% da sua capacidade em apenas 54 minutos. Possui, para além disso, características como faróis direcionais, detetor de fadiga e cruise control inteligente, para além de um habitáculo pensado para o conforto com assentos climatizados, volante aquecido e um head up display de 8,5”.

Kia e-Niro

O Kia e-Niro é, tal como o Hyandai Kauai, um SUV elétrico compacto desenhado para a condução em cidade. Conta com uma autonomia de 455 quilómetros na sua versão mais espaçosa e todas as características de um SUV de luxo: sistema de info-entretenimento com ecrã táctil, cruise control, alerta de mudança involuntária de faixa de rodagem, habitáculo espaçoso, bagageira ampla e, mais importante, uma condução eficiente (é possível escolher de entre quatro modos diferentes) com zero de emissões.

Mercedes-Benz EQC

A Mercedes-Benz não quis ficar atrás na moda dos SUV elétricos e não olhou a meios para o fazer: com o Mercedes-Benz EQC, um todo-o-terreno de zero emissões que acelera dos 0 aos 100 em apenas 5,1 segundos, apresenta diferentes modelos de carregamento, conta com dois motores de tração total e tem uma autonomia de mais de 450 quilómetros. O seu interior também não decepciona, sobretudo o tablier widescreen e o uso de inteligência artificial para adaptar os ajustes do automóvel e da condução a cada passageiro. Este SUV elétrico oferece ainda a comodidade de uma condução silenciosa.

Tesla Model X

O Tesla Model X foi o primeiro SUV elétrico e é, também, um dos poucos que permitem a configuração de 7 lugares. Chamam a atenção as suas portas traseiras Falcon Wings, que não abrem se detetam um obstáculo, um pára-brisas enorme, um interior minimalista, um grande ecrã tátil de 17 polegadas, dois motores elétricos com tração às quatro rodas, sensores de segurança, hardware para condução autónoma, um filtro que elimina os pólens, os vírus e a contaminação do habitáculo e, sobretudo, a sua anunciada autonomia de 565 quilómetros!

Good Year Kilometros que cuentan