Viajar no tempo muito perto

14 Agosto | 2015 | Goodyear

Tenho um costume muito recorrente quando viajo e os meus trilhos me conduzem para lugares lotados de história, onde parece que o lento decorrer dos séculos decidiu deter-se e aguardar por mim. Se calhar herdei da minha infância este hábito extravagante, mas quando viajo, ponho por caso, até a um castelo poeirento em meio de uma dessas planícies que refulgem abrasadoras sob o sol no nosso país, a minha cabeça vaga pela história do lugar e quase me parece sentir, contra o ar da tarde, as vozes daquela gente idade e, até mesmo, acho ver os moradores originais dessas aldeias, desses campos por onde a história passou com tanta força.

É por isso que celebro uma oferta cada vez maior orientada para um público que gosta de conhecer, embora seja somente na imaginação acesa, o passado histórico dos locais mais emblemáticos do nosso país. E não falo apenas em recreações e eventos orientados ao lazer gastronómico como são feiras medievais ou teatro ao vivo, mas propostas bem mais originais e com muito charme como a que percorre neste verão a cidade do Porto.

Confesso que ser um apaixonado pelos carros antigos pode ajudar também a desfrutar desta proposta. Imagine-se agora pelas ruas da cidade ao volante de um desses carros antigos que enchem as fotografias dos nossos avôs. Como nas imagens em sépia das primeiras décadas do século passado, as viaturas clássicas perturbam levemente uma cidade que, hoje, já ficou acostumada a motores muito mais ruidosos.

Carro clássico - Quilometrosquecontam

 

Esta viagem clássica é apenas uma parte da iniciativa “Time Travel in Porto”, um novo programa do hotel Palácio das Cardosas. Um maravilhoso edifício de perto de 300 anos que alberga o pontapé de saída para um percurso que mergulha no mítico passado da cidade. Assim, a viagem através do tempo para os albores do século XX começa da mão de Joel Cleto, um historiador de prestígio que tem o Porto no coração de boa parte da sua obra, sendo que é autor do referencial Lendas do Porto. Graças à presença desse parceiro de excepção, os clientes poderão conhecer facetas desconhecidas da cidade, espargindo pequenas histórias que habitualmente não são incluídas nas guias turísticas do lugar.

 

O charme da jóia do Norte

Após este bocado aprendendo sobre a cidade e as suas lendas, a visita irá atravessar o rio até às Caves do vinho do Porto, e, na Caves Graham’s, reconciliar-se com uma parte insubstituível do charme que envolve a jóia do Norte. Com acesso aos locais e guia explicativa, neste momento será a vez de mergulhar numa das facetas mais importantes da história do ponto de vista social e económico.

A seguir, o VINUM-restaurant&wine bar oferecerá um jantar na varanda das caves onde os visitantes terão ocasião de juntar o vinho com as ímpares iguarias da gastronomia portuense, uma união perfeita que não deixará estômago insatisfeito. O menu, especialmente pensado para acompanhar a viagem ao passado, contará com alguns dos melhores vinhos do nosso país, servidos num cenário incomparável: o formoso rio Douro sob os raios lânguidos do ocaso, nessa hora em que começa a encher-se de diminutas luzes a paisagem. 
A experiência encerrará como começou, numa viagem de carro clássico que nos mergulhe entre o claro-escuro da história.

“Time Travel in Porto” irá ser uma dessas viagens que, no momento de terminarem, deixará em nós uma recordação duradoira e um desejo de, finalmente, ver alargar-se pelo país ideias parecidas que façam com que locais mil vezes visitados virem, por umas horas, em cenários onde o charme do antigo chegue a nós por cada um dos nossos sentidos.

Good Year Kilometros que cuentan