Circuito Motorland Aragón: o saca-rolhas do motor europeu

26 Outubro | 2020 | Goodyear

A Goodyear conta-lhe tudo o que precisa de saber sobre Motorland Aragón, o mais moderno circuito espanhol.

31 de outubro é uma data importante no calendário automobilístico mundial. Nesse dia, os participantes do Pure-ECTR, o novo campeonato mundial de velocidade para veículos elétricos, vão encontrar-se no circuito Motorland Aragón. A pista aragonesa vai passar por um ensaio geral antes do início desta nova competição, que está marcada para 15 de novembro no circuito italiano de Adria. Mas, você já conhece o circuito espanhol mais moderno?

Uma década de Motorland Aragón

Motorland Aragón é o último grande circuito de velocidade a ser inaugurado em Espanha. Foi em 2009, na cidade de Alcañiz, no coração da província de Teruel, e não é por acaso: Alcañiz é uma das cidades que mais ama o automóvel e durante quase 40 anos albergou um circuito urbano onde se destacavam os melhores pilotos espanhóis, bem como milhares de fãs.

Este antigo circuito, conhecido como circuito de Guadalope devido ao rio que rodeia esta vila de Teruel, dá hoje lugar a outro circuito muito mais moderno: o Motorland Aragón, um impressionante circuito de última geração desenhado por um dos grandes criadores de circuitos, Hermann Tilke, além de receber assessoria técnica do espanhol Pedro Martínez de la Rosa.

É uma pista com um comprimento máximo de 5.345 metros (embora no MotoGP se use uma versão de 5.077 metros) e tem uma largura entre os 12 e os 15 metros. Uma das suas principais características é a imensa reta de 1.726 metros que, além de obrigar os motores a ultrapassar o vermelho durante vários segundos, fez de Alcañiz uma referência em testes aerodinâmicos em todo o mundo.

Mas, sem dúvida, se há algo que caracteriza Motorland Aragón, é o seu desnível. Há uma diferença de 50 metros entre o pontos mais alto e o mais baixo e muitos são os que a comparam com o famoso saca-rolhas do circuito de Laguna Seca, nos Estados Unidos. A parede que vemos atrás dos pilotos quando eles se deparam com aquela área do circuito tornou-a conhecida em todo o mundo.

Curiosidades de Motorland

Carlos Checa foi o primeiro piloto a quem os responsáveis ​​do circuito Motorland Aragón quiseram homenagear dedicando-lhe uma das suas curvas. Não era a número 7, o número que o catalão tinha na sua mota, mas a número 3, onde foi instalada uma escultura em sua homenagem. Marc Márquez também pode gabar-se de que uma das 19 curvas da pista leva o seu nome. É a número 10, uma curva à esquerda, e que ele mesmo escolheu por ser “uma curva arriscada, cega e na qual se vai a fundo”.

Nestes anos em que os melhores motociclistas do mundo passaram pelo circuito aragonês, um deles tem se destacado com força: Marc Márquez. O piloto da Cervera venceu até seis vezes no Motorland Aragón, cinco no MotoGP e uma na Moto2. Mas este dado é apenas um exemplo do domínio que os pilotos espanhóis têm mostrado no campeonato mundial de motociclismo: das 30 primeiras corridas entre todas as categorias que aconteceram na pista aragonesa, 21 foram vencidas por pilotos espanhóis, nada menos que 70 por cento.

Uma das curiosidades deste circuito é que corre no sentido contrário aos ponteiros do relógio, algo que só acontece em outros quatro circuitos do Campeonato Mundial de Motociclismo: Austin, Cheste, Phillip Island e Sachsenring.

Principais competições em Motorland Aragón

O traqçado de Alcañiz é o último a entrar na lista dos grandes circuitos espanhóis. Porém, em pouco mais de uma década já conseguiu afirmar-se e, a cada ano, milhares de fãs fazem uma peregrinação à cidade de Teruel para desfrutar das melhores competições de automobilismo do mundo.

O evento mais massivo é, todos os anos, o Grande Prémio de Motociclismo de Aragão. Desde 2010, o Campeonato do Mundo de Motociclismo visita o autódromo aragonês, juntando-se aos outros quatro grandes prémios que decorrem em Espanha (Jerez, Montmeló, Cheste e Aragón). Desde 2011, também sedia uma etapa do Campeonato Mundial de Superbike, além das suas categorias inferiores: Supersport, Superstock 1000, Superstock 600 ou a Taça Europeia de Júniores.

Agora, o Pure-ETCR, https://quilometrosquecontam.com/pure-etcr-2/ o Campeonato Mundial de Carros de Turismo para veículos elétricos, promete tornar-se um novo motivo de interesse para os entusiastas do motor. No dia 31 de outubro, o ensaio geral para esta nova competição será realizado no Motorland Aragón, com os ajustes, testes cronometrados e testes de pneus. Nesse sentido, a Goodyear será o fornecedor oficial de todas as equipas com o pneu de competição Eagle F1 SuperSport

Tudo está pronto para Motorland Aragón receber o novo Campeonato Mundial de Carros de Turismo para veículos elétricos, o Pure-ETCR. Uma visita que, embora em 2020 seja feita a portas fechadas devido ao coronavírus, promete reunir milhares de fãs todos os anos quando abrir a competição a partir de 2021.

Ficha técnica Motorland Aragón

  • Comprimento máximo: 5.345 metros
  • Linha de chegada: 1.726 metros
  • Curvas: 19 (9 à esquerda e 10 à direita)
  • Ganho de elevação: 50 metros
  • Largura: 12-15 metros
Good Year Kilometros que cuentan