Escapadela de natal com a família: 7 destinos

Reserve uns dias para uma escapadela este natal! Conheça 7 destinos com motivos de interesse para toda a família, dos mais pequeninos aos pais.

O Pai Natal tem casa de férias em Portugal. Duvidam? Com tantos de motivos para uma escapadela de natal em família, a teoria que o velho Nicolau gosta do nosso país ganha sustentação. De norte a sul, as nossas vilas e aldeias ganham ares de presépio, abrem as portas para deixar a quadra entrar e são fantásticos convites à viagem. É altura também de férias das crianças e as nossas recomendações são de destinos de família, com diversão para miúdos e graúdos. Encha a bagageira de roupa quente e venha connosco numa destas 7 escapadelas de natal.

Óbidos

Se há terra que merece o destaque de centro do Natal português é Óbidos. A cada ano juntam-se mais iniciativas e a vila tem dias em que quase rebenta pelas costuras. Apesar disso, com o festival literário, mostra de ilustração e uma grande exposição de presépios, a decorrerem ao mesmo tempo, é possível fugir às enchentes da Vila Natal, o principal chamariz de forasteiros. Teatro, marionetas, circo e uma pista de gelo fazem parte do programa. E, há melhor companhia para o Natal do que o sabor do chocolate e o calor da ginja “com elas”?

Lisboa 

O programa Natal em Lisboa já é uma tradição do mês de Dezembro na capital. Há concertos para toda a família com entrada livre, espetáculos de dança e ateliers de decoração de árvores de natal. São dezenas de iniciativas espalhadas um pouco por todo o lado. A cidade anima-se ainda com o mercado da baixa, na Praça da Figueira, ringues de patinagem e a grande festa da passagem de ano, no Terreiro do Paço.

Guarda

A Cidade Natal da Guarda tem música, acrobacias, circo, cuspidores de fogo e muitas surpresas. As portas de entrada são os pórticos da Rua do Comércio e da Rua da Torre e o Pai Natal chega de Tuk Tuk! A Praça Luís de Camões é o centro de toda a animação, com uma Rampa de Gelo de 24 metros de descida, cheia de animação e adrenalina. Há ainda a Casa do Pai Natal, onde o próprio vai estar para receber as crianças, uma Árvore de Natal com 13 metros de altura e um Carrossel Parisiense. O melhor de tudo? A Serra da Estrela fica aqui mesmo ao lado para uma aventura na neve.

Bragança

De 1 de dezembro a 1 de janeiro, Bragança volta a ser a terra da magia, das histórias encantadas e dos sonhos. A 4.ª edição da “Terra Natal e de Sonhos” volta a contar com animação, música, gelo, fogo, luz e surpresas. Marionetas, teatro e concertos entretém as famílias na cidade, enquanto o parque de Montesinho convida a passeios na natureza.

Santa Maria da Feira

O mês do Natal volta a ter, em Santa Maria da Feira, as portas abertas do Maior Parque Temático de Natal de Portugal, o Perlim. Há espetáculos musicais, histórias de encantar, animação circulante, cenários e cenografia na centenária Quinta do Castelo. O castelo, o zoológico local e uma “escape room” são outros convites para entreter uma família num fim de semana na Feira.

Benquerença

Aqui respeita-se a tradição beirã do Madeiro de Natal. Os jovens que completam 18 anos nesse ano montam uma gigantesca fogueira no adro da igreja. Por seu lado, o resto da população passa a noite a beber e a conversar em volta. Começa às 4 da tarde de dia 24 e só termina quando as brasas arrefecerem. Não muito longe, a Serra da Malcata é o convite para ocupar os restantes dias desta escapadela. Há percursos pedestres, miradouros elevados como os “7 concelhos” ou “Alto da Mochoa”, e muita vida natural à nossa espera.

Madeira 

Se a família quiser fugir ao frio, não há destino nacional mais recomendado do que a Madeira. Um dos pontos altos é a Noite do Mercado, no dia 23 de dezembro, quando os madeirenses efetuam as últimas compras de Natal. Os habitantes vão até ao Mercado dos Lavradores onde as ruas circundantes são ocupadas por postos de venda abertos durante toda a noite. Há flores, arbustos, frutas, legumes, doces e bebidas típicas, como a poncha. Há ainda cânticos tradicionais e também música de festa, num evento mais quente do que o tradicional natal no Continente. Ficando por mais alguns dias, Pico do Arieiro, a costa norte ou a floresta laurissilva são de visita obrigatória.