Mês da lampreia nas Pousadas de Portugal

O mês da lampreia nas Pousadas de Portugal é uma oportunidade para confirmar se esta é uma iguaria da sua eleição. Em quatro das unidades. Até 15 de março.

Até 15 de março, as Pousadas de Portugal vão dedicar-se à lampreia. O mês da lampreia nas Pousadas de Portugal destina-se a todos aqueles que apreciam esta iguaria, em particular, quando estamos na época dela.

O festival integra o calendário gastronómico anual das Pousadas de Portugal e decorre nos restaurantes das pousadas do Mosteiro de Guimarães, do Mosteiro de Amares, da Caniçada-Gerês e de Viana do Castelo.

Os pratos são confeccionados de acordo com as receitas tradicionais do local, com produtos autênticos e de acordo com a gastronomia regional.

Lampreia pelo país

Aqui no Quilómetros que Contam já conhecemos bem a lampreia. A lampreia não é um prato que agrade a todos. Há quem a considere uma deliciosa iguaria, outros que a consideram uma brincadeira culinária de mau gosto. Amor ou ódio. É assim que o português reage à iguaria.

A época da lampreia está a decorrer até ao mês de abril. Apenas os primeiros meses do ano até à primavera disponibilizam lampreia de qualidade.

Há tradicionalmente três tipos de lampreia nos rios de Portugal: lampreia-marinha, a lampreia-de-rio e a lampreia-de-riacho. Mas, em 2012, uma investigação multiplicou esta variedade por dois: a lampreia-da-costa-da-prata, a lampreia-de-sado e a lampreia-do-nabão.

Lampreia nas Pousadas

Mês da lampreia nas Pousadas de Portugal

Como já se referiu, até 15 de março, as Pousadas e Portugal apresentam na ementa, lampreia para todos os gostos. Bem, talvez não ao gosto daqueles que a odeiam.

Lampreia à Bordalesa e Arroz de Lampreia são algumas das receitas seleccionadas.
As Pousadas de Portugal www.pousadas.pt estão concessionadas ao Pestana Hotel Group desde 2003.

Restaurante Dona Mafalda, em Guimarães

No restaurante Dona Mafalda em Guimarães é possível fazer uma viagem pelos sabores típicos do Minho e da região de Guimarães.

Situado no espaço das antigas adegas, a estrutura dos tectos abobadados com colunas em granito e decorado com painéis de azulejos joaninos recuperados do corredor dos quartos é o cenário perfeito para uma viagem pelos prazeres gastronómicos da zona, diz o site da Pousada.

Restaurante da Pousada de Santa Maria do Bouro

O espaço do restaurante da Pousada de Santa Maria do Bouro, em Amares, é único. Fica na antiga cozinha do Mosteiro, com a chaminé original reconstruída, dois fornos impressionantes e pequenas estufas de aquecimento de comida recortadas na pedra.

É decorado por uma imensa mesa de granito que resistiu a todas as pilhagens e intempéries, onde o buffet de pequeno-almoço e de sobremesas é servido.

Restaurante panorâmico no Gerês

O restaurante panorâmico da Pousada Caniçada, no Gerês, e a sala de bar por cima do mesmo, com os seus telhados esconsos e o seu charme de montanha, são o cenário para uma refeição magnífica. Para recuperar as forças depois de um dia de passeio.

No local há sofás confortáveis, cadeiras espaçosas e mantas disponíveis para recriar, ao máximo, a sua casa na montanha.

Restaurante da Pousada Viana do Castelo

O restaurante da Pousada Viana do Castelo conjuga-se o verde da serra, o prateado do rio e o azul do mar nas suas paredes e reposteiros, venha provar o que a gastronomia minhota tem de melhor para lhe oferecer.

Caso prefira sabores mais internacionais, também encontra uma belíssima selecção de opções, sempre com uma das melhores vistas do mundo.

Nos pratos prova-se a têmpera de que os minhotos – e a cozinha do restaurante da pousada – são feitos. Nos dias mais amenos as refeições podem ser tomadas no terraço em frente ao restaurante. O mês da lampreia é assim festejado nas Pousadas de Portugal.