10 canções para cantar com as crianças em viagens

10 canções divertidas para cantar em família, desde bandas sonoras de filmes a êxitos da rádio que fazem a alegria das crianças e às vezes dos adultos.

“Falta muito? Oh mãe, ele bateu-me! Já chegámos?” Reconhece esta situação? Pois saiba que existem vários métodos para evitar que as viagens de carro com crianças se tornem momentos menos desesperantes. Para isso, antes de partir, muna-se da nossa proposta de playlist de músicas para cantar com as crianças.

São canções divertidas, de filmes de animação a êxitos da rádio e do Youtube que as crianças pequenas e os seus pais reconhecem de imediato e cantam alegremente. Não faltam canções da Disney, do Panda ou de autores nacionais como Carolina Deslandes ou os Humanos

Os Caricas já cantam com o Panda há algum tempo e entre músicas originais que ficam no ouvido e adaptações de músicas que todos conhecidas, transmitem alegria e animação. Aqui, a proposta é a adaptação do hit do Youtube, “Gangnam Style”, de Psy, na versão “Panda Style”.

O vídeo mais visto de sempre no Youtube, “Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee, e que superou as 5 mil milhões visualizações não deixa de ser notícia. Primeiro tornou-se o vídeo mais visto de sempre naquela rede social, depois foi o primeiro a superar as 5 mil milhões de visualizações e recentemente foi vítima de um ciberataque que o apagou da rede social. Já voltou. Oiça aqui a versão que conta com o contributo de outro ídolo dos mais pequenos: Justin Bieber.

“Já passou, já passou. Com o amanhã me vou erguer”, quem não conhece? Uma música sobre a coragem de ultrapassar todos os obstáculos, por mais difíceis que sejam. Os autores de “Let It Go”, na versão original do filme Frozen da Disney, já pediram desculpa ao mundo por terem criado esta música que fica demasiado no ouvido e que as crianças querem ouvir até exaustão. Mas certamente, conseguirá ouvi-la mais umas vezes aqui pela voz de Ana Margarida Encarnação.

A infância dos pais

“É tão bom” é interpretado por Sérgio Godinho com os amigos de Gaspar. Uma música que as crianças podem ainda não conhecer, mas que vai transportar os mais velhos para a sua infância. O vocabulário, a complexidade da métrica, a profundidade das ideias são uma aventura para desbravar sobre a língua portuguesa e o valor da amizade

José Barata-Moura cantava para e com as crianças nos anos 70 e 80. Músicas sobre o dia-a-dia, por vezes sobre animais antropomorfizados, o que não é o caso dos “Achaques da Dona Chica”, a história de uma idosa hipocondríaca que só estava bem quando lhe diziam que estava doente. Certamente, é um dos temas de uma grande variedade que, na sua maioria, mantêm ainda a atualidade.

Para abrandar um pouco o ritmo, José Afonso ou Zeca Afonso, como era também conhecido, canta “Menino de Oiro”. O cantor e compositor português foi também professor até ser expulso do ensino oficial depois de um período de doença. Enquanto dava explicações para sobreviver, torna-se símbolo da resistência democrática, tendo sido por este motivo preso. Depois da revolução volta a dar aulas, grava, dá concertos, os últimos dos quais, em 1983. Morre em 1987, como consequência da sua doença: esclerose lateral amiotrófica. Gravou mais de dezena e meia de álbuns.

Nomes clássicos e promessas, lado a lado

Ainda em português, os Humanos dão vós a temas inéditos do cantor português dos anos 80, António Variações. O projeto musical foi constituído em 2004 e durante dois anos deram vida a temas que de outro modo não teriam visto a luz do dia. Os registos mantêm-se para deleite de todos nós. As vozes são de Camané, David Fonseca e Manuela Azevedo. Hélder Gonçalves, Nuno Rafael, João Cardoso e Sérgio Nascimento acompanham nos outros instrumentos. Entretanto, a nossa sugestão é “Mudar de Vida”.

Carolina Deslandes e Rui Veloso cantam neste duo maravilhoso. Sim porque as músicas para crianças não precisam necessariamente ser sequências repetitivas de palavras. As crianças adoram desafios. E fazer um “Avião de Papel” com duas vozes do panorama musical nacional é outra coisa.

Esta música faz maravilhas no que toca acalmar e divertir miúdos e graúdos, Adriana Partimpim canta “Fico Assim Sem Você”, uma esta música que faz as delícias de adultos e crianças e os mais pequenos, enquanto os mais pequenos aprendem muitas novas palavras para enriquecer o seu vocabulário

E para terminar, na esperança que as crianças estejam mais calmas, uma simpática versão de “Ziggy Stardust”, uma música de 1972, do alter-ego homónimo do saudoso camaleão David Bowie. A canção descreve Ziggy Stardust como um mensageiro de extraterrestres. Não tem a parte vocal, mas os pais certamente poderão cantarolar, pelo menos parcialmente.