Uma tarde de primavera em Mafra com o lobo ibérico

O Centro de Recuperação do Lobo Ibérico fica em Mafra e é um espaço único para um passeio com as crianças esta primavera. Uma recomendação Goodyear.

O Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, no Gradil, perto de Mafra, não é um Jardim Zoológico. Este projeto gerido pelo Grupo Lobo é exclusivamente dedicado à proteção do animal que lhe dá o nome e os visitantes são um elemento secundário. Por isso mesmo, e apesar de não ser garantido que qualquer um consiga avistar um lobo nos terrenos do centro, a visita a este espaço é uma das melhores formas para conhecermos a fundo os perigos a que está sujeita esta espécie e ajudar quem procura mudar o estado de coisas. Meta as crianças no carro, prepare a máquina fotográfica e venha até ao campo conhecer estes animais fascinantes.

Se o inverno não é convidativo a grandes passeios na natureza, o verão é a altura em que os lobos se abrigam na sombra e não se deixam ver com tanta facilidade. Por isso, antes que o tempo aqueça, a primavera é a melhor altura para rumar até ao centro. Mesmo quando não é garantida a visão dos lobos, o espaço está situado numa zona com encantos naturais suficientes para justificar um passeio entre as árvores e a visita nunca será dada completamente por perdida. Mas não se assuste, só com algum azar é que não irá ver um destes animais.

Também os mais pequenos podem ajudar a salvar o lobo ibérico

Ao contrário de espaços em que a exibição é o objetivo principal, o Centro de Recuperação do Lobo Ibérico (CRLI) foi criado no final dos anos 80 para servir de santuário a animais que, por um motivo ou por outro, não podem regressar ao seu habitat natural. Assim, o Grupo Lobo instalou-se em 17 hectares divididos em cercados na região da Malveira. Cerca de uma dezena de exemplares, alguns nascidos aqui e outros com diferentes proveniências, incluindo cativeiro ilegal ou jardim zoológicos que encerram, vivem neste espaço em estado quase original. É uma relação que funciona em proveito dos animais, que encontram assim uma nova casa, e de visitantes como nós, que temos aqui a hipótese de os ver de forma muito próxima à que encontraríamos no seu habitat natural. Para os investigadores, é uma oportunidade cada vez mais rara.

Se as histórias nos trazem sempre um Lobo Mau, maquiavélico e que se esconde ao virar da curva do bosque, a verdade é que no seu habitat natural, os lobos são animais muito tímidos e fugidios. Apesar disso, e com alguma paciência e tempo para esperar, ao longo da visita guiada vai ser possível avistá-los nos seus rituais diários a partir das cercas que os separam de nós. As torres de observação oferecem um ponto de vista a partir de cima, tanto para os bichos como para o bonito vale repleto de árvores onde vivem, convidativo a uns momentos de deleite no silêncio instalado.

Uma tarde de primavera em Mafra com o lobo ibérico

Tardes e aniversários de uivo!

Apesar de aberto a famílias com pequenos curiosos como as nossas, a visita ao Centro deve ser marcada previamente. Como a tranquilidade dos animais é o elemento fundamental, só são permitidos grupos de pequena dimensão (25 pessoas) e sempre com o máximo respeito: não buzinar, desligar o rádio do carro e não trazer animais de estimação, são algumas das regras impostas a todos. Há duas visitas diárias à tarde (o horário muda consoante a época do ano), os preços variam entre os 4€ (menos de 18 anos e seniores) e os 6€ (adultos), sendo que os menores de 4 anos não pagam.

Como muitos outros espaços de que temos falado aqui, o CRLI também tem um serviço de festas de aniversário que pode ser uma excelente solução para celebrar com o mais novo da alcateia lá de casa. É uma proposta muito divertida e original que colocará os mais pequenos a aprender no meio da natureza, numa festa que nem eles nem os convidados vão esquecer tão depressa. O programa destina-se a crianças até aos 12 anos de idade e inclui uma visita guiada de três horas ao espaço.

Se a paixão pelo lobo “morder” à sério lá por casa e a família quiser acolher um elemento mais selvagem, o programa de adopção é uma forma de manterem-se em contacto com o projeto, obter descontos em visitas futuras e ter a satisfação de ajudar um destes belíssimos animais, com direito a cartão de Pai adotivo e até alguns brindes. A vossa alcateia vai adorar!