4 hotéis portugueses entre os escolhidos da Condé Nast

Portugal excelente: entre os hotéis que venceram os prémios de Excelência da Condé Nast, estão quatro unidades portuguesas

Entre os vencedores dos prémios de Excelência de 2019 da Condé Nast Johansens para a Europa e Zona do Mediterrâneo estão quatro hotéis portugueses. O galardão de melhor hotel novo ou renovado (“best newcomer or back to the scene hotel”) foi atribuído ao Hotel Infante Sagres, no Porto. O Tivoli Carvoeiro, em Lagoa (Algarve), foi considerado o mais indicado para famílias. Em Lisboa, o Santiago de Alfama Hotel, venceu a categoria de melhor hotel urbano. Finalmente, os leitores das revistas Condé Nast escolheram premiar o Terra Nostra Garden Hotel, em São Miguel (Açores).

Estes prémios de excelência são entregues anualmente aos melhores hotéis do mundo no segmento de viagens de luxo. A escolha é feita “com base numa votação online, nas avaliações dos hóspedes e nos relatórios dos especialistas locais”. A Condé Nast edita publicações como a Condé Nast Traveller, a Vogue, a GQ ou a Vanity Fair, algumas das quais com edições portuguesas.

Numa reportagem do Público, a “local expert”, Danielle du Plessis, que visita Portugal há quase duas décadas, assinala que o futuro da hotelaria em Portugal passa pelos “produtos que Portugal tem”. Em declarações ao jornal Público, explica que os portugueses “não devem olhar sempre para o que países fazem, mas oferecer o que Portugal tem para oferecer. É algo que Portugal está a fazer muito bem agora”. Por exemplo, em matéria de cozinha e produtos de origem nacional, como azeite ou vinho.

Portugal estava nomeado para nove das 18 categorias e venceu quatro, ficando apenas atrás de Itália, em quantidade de prémios, na região de Europa e Mediterrâneo.

Hotel Infante Sagres, Porto

O prémio “revelação”, atribuído ao melhor hotel novo ou remodelado seguiu para o Porto, para o hotel Infante Sagres. O hotel, do grupo Fladgate, reabriu “dourado e monumental como nos velhos tempos” há cerca de seis meses. O espaço foi inaugurado pela primeira vez em 1951, na praça D. filipa de Lencastre, no Porto.

O edifício original é da autoria do arquiteto Rogério de Azevedo. Após a remodelação, aquele já tinha sido, na década de 1950, considerado o mais moderno hotel do país, renasceu com mais quartos.

Atualmente, o hotel está rodeado de restaurantes e bares na baixa turística da cidade, e ao entrar é possível fazer uma “viagem no tempo” e apreciar detalhes de requinte que tinham desaparecido com o tempo.

Tivoli Carvoeiro, Lagoa (Algarve)

O Tivoli Carvoeiro, na Lagoa, foi o vencedor na categoria de “melhor para as famílias”. O hotel, com mais de um quarto de século, fica junto à falésia de Vale Covo, com vista para o Atlântico. Este hotel e resort de cinco estrelas de luxo, reabriu em Abril de 2017, totalmente remodelado. No total são 248 quartos e suites espaçosos e confortáveis, incluindo acomodações familiares para famílias até quatro pessoas poderem partilhar um quarto maior, com mais conveniência.

O hotel dispõe de seis restaurantes e bares. Segundo o site da unidade, no “Med Food & Wine poderá acompanhar o mais fresco peixe do dia com uma seleção de vinho local, ou entregar-se à gastronomia nacional no The One Gourmet. O Mare Bistro satisfaz os clientes com petiscos frescos e leves, e a vista do Ocean View Bar e o Sky Bar Carvoeiro sobre o oceano atlântico vai, no mínimo, surpreendê-lo. O Tivoli Carvoeiro Algarve Resort também oferece um bar de piscina com excelentes cocktails e aperitivos refrescantes durante o dia”.

Santiago de Alfama Hotel, Lisboa

Em Lisboa foi encontrado o “melhor hotel urbano”, o Santiago de Alfama Hotel Este “Boutique hotel” tem vista para o bairro histórico da capital. Para a sua refeição tem à disposição o Audrey’s, e o The Beauty Bar.

Audrey existe mesmo. É portuguesa, nascida e criada em Lisboa. A filha dos donos fundadores do hotel “Gosta do pequeno almoço com o café, almoços aconchegantes, lanche com o pedaço perfeito de bolo de chocolate, jantar casual e descontraído sempre acompanhada de boa música”. Desta descrição, podemos presumir que o ambiente familiar é parte integrante do restaurante.

O Palácio dos Castros, do século XV, candidato a tornar-se património arqueológico de Lisboa, fica na Rua de Santiago, onde, diz a gestão do hotel, se assinala o início do caminho de santiago de Compostela, onde Cristóvão Colombo se casou e onde os descobrimentos foram financiados.

São cinco suites e 14 quartos. A título de exemplo, a suite Santiago, no quarto andar, tem a melhor vista de Alfama, o bairro histórico de Lisboa, que continua para o rio Tejo, em direção à ponte Vasco da Gama. Os quartos, consoante a tipologia são acolhedores e luminosos, têm acesso ao pátio de jardim vertical e alguns dispõem de banheiras e chuveiros de efeito chuva separados. Há ainda a opção de quartos interligados para famílias.

Terra Nostra Garden Hotel, em São Miguel (Açores)

Finalmente, os leitores elegeram o Terra Nostra Garden Hotel, nos Açores. Este clássico, o mais antigo hotel do arquipélago ainda em operação, reabriu há quatro anos, e encontra-se totalmente integrado na envolvente, o Parque Terra Nostra, 12 hectares com mais de 200 anos, na cratera de um vulcão, e rodeada de camélias e Cicadáceas.

A unidade de quatro estrelas está há várias gerações da família de empresários Bensaúde e conta com cozinhas ao ar livre, um dos locais onde é possível degustar o tradicional cozido nas furnas. Ainda a nível gastronómico, a ementa é composta por filetes de abrótea, versões vegetarianas célebre cozido e outras novidades como ceviche de beterraba, manteigas, queijos, vinhos e águas numa verdadeira celebração do made in Azores.

A água amarela devido à densidade de ferro, é outro atrativo do espaço que dispõe de um Spa ao ar livre. O estilo é Art Déco na ala mais antiga e tem uma área mais recente com aspeto mais contemporâneo. São 86 quartos onde prevalece o conforto.

São quatro hotéis de excelência entre muitos. Mas estes quatro ficam em Portugal.