Conheça Portimão por terra, ar e mar!

Portimão tem excelentes praias e a fama das sardinhas, mas também muitas atividades desportivas para preencher o verão. Saiba o que ver, provar e conhecer.

A zona de Portimão é um dos destinos favoritos para as férias de verão dos portugueses. Praias de Bandeira Azul, a fama do bom peixe e uma série de atividades desportivas, são os chamarizes que enchem a região e as localidades circundantes, mas não faltam outros motivos para se fazer uma visita. Há uma cidade muito agradável para se conhecer e até alguns recantos discretos para uma escapadela em pleno verão. Conheça de seguida as nossas recomendações do que ver, provar e conhecer numas férias por Portimão.

Ferragudo

Dom Rodrigo e Sardinhas, um par insólito

Andaram por aqui cartigeneses e mouros, mas já não restam muitos sinais da sua presença. Em vez disso temos uma cidade onde ainda é possível ver alguns dos exemplos da arquitetura urbana algarvia, casas populares de pescadores e o sempre movimentado porto de Portimão, ex-libris algarvio da relação deste povo com o mar. Entre um Dom Rodrigo da Casa Isabel ou a vista na Fortaleza de Santa Catarina, há muito para entreter qualquer visitante.

Se chegar aqui em Agosto, Portimão está a viver em pleno o famoso Festival da Sardinha. Já é uma tradição da região a que todo o Algarve acorre. A rainha da festa apresenta-se no prato ou no pão caseiro, assada ou noutras formas, numa dezena de restaurantes. O evento conta ainda com expositores de artesanato e doçaria durante quatro dias, entre 2 e 6 de Agosto. É, definitivamente, uma grande introdução à verdadeira gastronomia popular algarvia e conta ainda com concertos e festas à noite.

Praia da Rocha

Três praias memoráveis

Mesmo que Portimão convide a passar os dias à mesa, são as praias o mais conhecido postal da região. E que praias! Todas com bandeira azul, boas infraestruturas e largos areais, contam-se entre as melhores do país. A mais famosa é Praia da Rocha, cujo nome não esconde a paisagem. Entre as arribas rochosas estica-se um areal de cerca de 1 quilómetros de comprimento com uma belíssima panorâmica. Espreite a vista a partir dos miradouros e apaixone-se pelo azul. Ao longo da praia estende-se uma avenida recheada de restaurantes, bares e lojas, que termina já na Marina.

Do outro lado do molhe fica a Praia da Marina, uma das mais agitadas da região. Há escorregas insufláveis a poucos metros da beira-mar, barcos para alugar e muito comércio mesmo ao pé. O rio Arade desagua aqui e assistimos ao constante vai e vem dos barcos da marina de Portimão

Se procura um espaço mais discreto, irá com certeza encontrá-lo ao longo do vasto areal do Alvor. Praia de excelente qualidade, tem ainda umas lagoas interiores interessantes para quem gosta de passeios e de aves. Há aqui uma zona húmida que serve de santuário a várias espécies e uma rede de passadiços entre as dunas, sapais e o estuário da ria. Apesar disso, não precisa de andar muito para chegar a qualquer um dos restaurantes e bares que apoiam a praia.

A pé, de bicicleta ou de jeep!

Mesmo que os blocos de apartamentos de turismo o escondam, Portimão tem um Algarve genuíno mesmo ao lado. A pé, por exemplo, a Via Algarviana pode ser acedida através da Mexilhoeira Grande por um percurso que vai entre as hortas e pomares tradicionais. Vemos as amendoeiras, alfarrobeiras e oliveiras comuns nesta paisagem mediterrânica, mas também muita vida animal. Há águias, abelherucos, e muito mais, que podemos apreciar enquanto descansamos numa sombra ao longo do caminho. Chegados a Monchique, a Via Algarviana pode ser feita quase toda em bicicleta BTT, entre Sagres e Alcoutim.

Ganhamos novo ponto de vista assim que saímos da estrada e as margens do Arade têm muitas oportunidades para isso. Há outros operadores na região, mas a Algarve Jipe Safari organiza passeios todo-o-terreno ao longo do rio até Silves. Num percurso de condução desafiante mas acessível, vamos tirar fotografias e conhecer a natureza de uma forma diferente. Visitamos ainda o Parque Natural do Sítio das Fontes e, no final, o Castelo de Silves. Este passeio é de três horas, mas há outras possibilidades mais extensas no programa.

E, já que falamos de quatro rodas, a visita ao Autódromo Internacional de Portimão é uma obrigação para os fãs. Tem dois kartódromos, um deles para iniciação infantil, experiências com carros de alta cilindrada e cursos de condução. Passam por aqui diversas provas internacionais e o traçado é um verdadeiramente desafiante: uma oportunidade única.

Portimão para lá da linha de água

Depois de conhecer o belíssimo cenário a partir do chão, os mais afoitos poderão ainda experimentar o paraquedismo. No Aeródromo Municipal de Portimão, a Skydive Algarve tem saltos tandem, saltos a 4,300 metros e cursos de queda livre. Lá de cima, o Algarve tem mesmo um aspeto diferente!

Para além da beira-mar, as águas algarvias têm muito que ver. A marina de Portimão tem diversos operadores turísticos que organizam excursões de barco mas é melhor marcar com antecedência. Num passeio pela marina aproveite para espreitar a oferta. O Portisub por exemplo, organiza cursos de mergulho e fotografia subaquática, com saídas e viagens para mergulhar em vários locais do Barlavento. Na Praia da Rocha, o Subnauta é outro centro de mergulho com excelente conhecimento desta costa. Se o mergulhador viver em Lisboa, pode fazer as aulas teóricas na cidade em pós-laboral e praticar depois no Algarve.