50 anos depois de ir à lua, a Goodyear regressa ao espaço

24 Setembro | 2019 | Goodyear

Cinquenta anos depois de ir à lua, a Goodyear está de regresso ao espaço. Desta vez, o destino é a Estação Espacial Internacional (EEI) e o objetivo é testar a performance dos pneus através do teste de componentes em microgravidade. A experiência chegou à EII no final de julho, a  bordo da nave SpaceX CRS-18, e os testes serão realizados até final do ano.

No ambiente de microgravidade da estação espacial, a Goodyear estudará a formação de partículas de sílica, um material comum usado em pneus de consumo. Através dos dados recolhidos, os engenheiros e cientistas da Goodyear querem determinar se vale a pena considerar a utilização de formatos exclusivos de sílica precipitada em futuros pneus.

“A Goodyear foi pioneira nas inovações de pneus relacionadas com o espaço, com o primeiro e único pneu na lua, numerosos projetos com a NASA e, agora, esta experiência”, disse Eric Mizner, diretor global de ciência de materiais da Goodyear. “Acentua a nossa paixão por ir até os confins da Terra – e além – para desenvolver novas tecnologias que nos ajudem a oferecer produtos inovadores com verdadeiros benefícios para o consumidor”.

Experiências recentes em condições de microgravidade demonstraram a capacidade de gerar morfologias únicas que podem vir a ter potencial no fornecimento de produtos de maior desempenho. Caso esta experiência no Laboratório Nacional dos Estados Unidos na EII dê resultados, a descoberta poderá levar a avanços na eficiência de combustível e em outros fatores de desempenho. A experiência no espaço resulta de um acordo com o Centro para o Avanço da Ciência no Espaço (CASIS), a organização encarregada pela NASA de gerir o Laboratório Nacional norte-americano na ISS.

“O Laboratório Nacional da ISS pode oferecer às empresas e a investigadores oportunidades para avaliar materiais dentro da sua linha de produtos e de maneiras que não eram possíveis anteriormente”, disse Cynthia Bouthot, diretora de inovação comercial da CASIS, acrescentando: “A investigação da Goodyear na Estação Espacial Internacional demonstra ainda mais que as empresas estão a pensar criativamente em aperfeiçoar as suas linhas de produtos, ao mesmo tempo que procuram maneiras humanitárias de melhorar as condições do nosso planeta”.

A Goodyear na lua

A aventura espacial da Goodyear começou à 50 anos, quando a Apollo 11 conduziu a humanidade à lua. Em julho de 1969, a empresa forneceu produtos essenciais para a nave que levou Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins. Os travões da Goodyear ajudaram os foguetões a posicionarem-se nas plataformas de lançamento; um sistema de “purga e condicionamento” da Goodyear ajudou os motores a fazer circular nitrogénio, oxigênio e hidrogénio; a moldura da janela do módulo de comando era fabricada pela Goodyear, assim como o painel no qual os instrumentos para a alunagem estavam montados.

E quando a Apollo 11 caiu no oceano ao regressar à Terra, a cápsula foi mantida na vertical por sacos de flutuação feitos pela Goodyear, para que os astronautas pudessem chegar aos barcos de recuperação. Mais tarde, os astronautas da Apollo usaram um carrinho para transportar equipamentos fotográficos, ferramentas de escavação e 35 sacos que encheram de rocha lunar, e os pneus de 16 polegadas no carrinho foram o resultado de um projeto de desenvolvimento em que trabalharam centenas de funcionários da Goodyear.

Good Year Kilometros que cuentan