Automóvel: há uma história por trás!

5 Outubro | 2016 | Goodyear

Para muitas famílias, o automóvel é mais um membro. Os meninos crescem e na sua paisagem vital está o carro, e até ficam tristes quando o tempo obriga a trocá-lo por um novo e distinto. Este carinho cresce a cada viagem e vai moldando os futuros condutores de amanhã.

No Museu dos Transportes e a Comunicação encontramos um espaço onde iniciar às crianças nesta relação duradoura que irão ter toda a vida com o carro. E nada melhor do que a exposição “O automóvel no espaço e no tempo” para aproximar, miúdos e graúdos, da apaixonante história do nosso companheiro de rotinas e da sua evolução ao longo do tempo.

Este espaço permanente do Museu convida-nos a percorrer a história do automóvel e ficar a par do papel que teve para transformar a vida das pessoas e as relações sociais e económicas com a sua democratização e difusão durante o século anterior. Na exposição temos a oportunidade de aprender como é que surgiu, quando e donde, e como se desenvolveu até se tornar no “rei da casa”.

Porque o automóvel não é apenas um meio de transporte. É a pedra angular à volta da qual se organizam os nossos espaços urbanos, as nossas vias de comunicação e até parte dos espaços físicos que visitamos diariamente. Que centro comercial, estádio de futebol ou estação de comboios não conta nem que só seja com uma pequena área de estacionamento? A exposição vai um passo para lá perguntando-se se, no futuro, irá ter o automóvel a mesma importância e influência que hoje em dia lhe outorgamos, e se será capaz de se habituar às mudanças que o tempo trará consigo.

carro antigo

A exposição

A mostra organiza-se à volta de quatro núcleos bem diferenciados que nos adentram numa perspetiva distinta e particular. No primeiro deles iremos encontrar uma passagem histórica e técnica pelo conceito de automóvel, desvendando as suas origens e a evolução experimentada ao longo do tempo. Descobrirão como é que foi criado, como funcionava originalmente e como conseguiu superar as primeiras dificuldades para desterrar meios de transporte mais antigos e para se impor sobre outros ainda vigorantes como o comboio.

Depois, no núcleo dois, saberemos mais sobre a influência da indústria automóvel na sociedade e na economia, descobrindo o nascimento da indústria moderna e as adaptações e mudanças que teve de enfrentar e as que ocasionou na vida dos consumidores. Um dos aspetos mais interessantes desta parte é a análise sobre como a publicidade teve especial importância no desenvolvimento do negócio e como acabou por existir uma ligação mental entre estatuto social e modelo de carro em propriedade.

No terceiro núcleo aprenderemos qual foi o impacto do automóvel sobre o tempo e o espaço, percorrendo a evolução das instituições e das infra-estruturas que foram confirmando o papel essencial e primordial do automóvel no mundo moderno. Aprenderá sobre as primeiras estradas modernas, os mapas e sinalizações históricas e os primeiros passos das regras de trânsito que precederam os modernos códigos de circulação nacionais. Aqui está situado o espaço Garagem, uma recriação fiel de uma oficina com todos os objetos e ferramentas próprias de uma, bem como um automóvel. Neste espaço os nossos meninos poderão observar em segurança processos tão frequentes para o condutor como a mudança de um pneu furado pelo sobresselente.

Quanto ao quarto núcleo, é um convite à imaginação. Nele deveremos responder uma pergunta simples e complexa à vez: qual é o futuro do automóvel? É arriscado tentar fazer profecias, mas a exposição convida a enfrentar alguns dos desafios que o mundo automóvel tem pela frente e a pesquisar modos para os superar com sucesso. É um diálogo direto entre os nossos filhos e o mundo do seu futuro. E, seguramente, o melhor motivo para dar uma oportunidade a esta exposição: pensar, imaginar e resolver. Não a prcam!

Good Year Kilometros que cuentan