Pratos e petiscos de verão a não perder

26 Junho | 2019 | Goodyear

O verão já chegou e com ele traz a vontade de petiscar aqueles pratos que sabem melhor nesta época do ano. Com o calor a apertar, o peixe fresco tem outro sabor, especialmente se for regado com um bom vinho branco, e o sol e a praia convidam à mariscada.

Um pouco por todo o Portugal, muitos são os restaurantes que oferecem pratos típicos da época e que fazem as delícias de todos, nacionais ou turistas. Deixamos aqui uma mão cheia de sugestões de comer e chorar por mais.

 

Salmonete com migas

Ir a Setúbal e não comer um bom salmonete é quase um pecado. Ao longo da emblemática Avenida Luísa Todi são muitos os restaurantes que oferecem este belo peixe de cor avermelhada e que deve ser cozinhado, naturalmente, na grelha. Há muitas maneiras de comer salmonete e cada restaurante terá a sua receita. A nossa escolha vai para o salmonete com migas servido na Ribeirinha do Sado, restaurante que fica precisamente na Luisa Todi, mesmo em frente ao golfinho. O peixe, sempre fresco, é acompanhado por migas de vegetais com as cores da bandeira nacional: verde, vermelho e amarelo.

Feijoada de lingueirão

Há muitas formas de comer o lingueirão, um bivalve que, pela sua forma, é também conhecido como navalha. Uma delas é na feijoada e o Algarve é o melhor destino para comer este prato verdadeiramente delicioso. De entre os muitos sítios para apreciar uma feijoada de lingueirão, o nosso destaque vai para a Casa Velha, em Cacela Velha, onde o prato é a especialidade do restaurante. 

Caldeirada à moda de Peniche

É um facto que ninguém discute: uma caldeirada sabe sempre melhor em Peniche, ou não fosse o prato mais querido daquela cidade piscatória do Oeste. Como seria de esperar, a oferta é mais do que muita e é quase impossível sair desiludido, mas vale sempre a pena fazer uma recomendação. A nossa sugestão: o Restaurante do Parque, junto ao Parque do Baluarte, cozinha uma caldeirada que o seu palato não esquecerá.

Mariscada

É um dos passatempos preferidos dos portugueses quando chega o verão. E se fossemos comer uma mariscada? O conceito pode ser vago e não é propriamente um prato, mas o mar que banha a nossa costa oferece, de norte a sul, um manancial de marisco, da lagosta ao camarão, da ameijoa à conquilha, da ostra ao precebe, que faz as delícias não só dos portugueses como dos turistas, sempre à procura da melhor “sea food”. Se está em Lisboa, o Ramiro é uma referência incontornável, agora com uma novidade: faz entregas em casa!

Sardinhas assadas

Com a entrada em Junho começam os santos populares e a sardinha assada é a rainha da época. O fim das festas não significa que acabe também a bela sardinha, que continua a ser apreciada durante o verão e uma presença constante nas ementas de muitos e bons restaurantes. Fique com uma dupla recomendação em Lisboa: dê um salto a Carnide, bairro que é uma verdadeira aldeia dentro da cidade e experimente as sardinhas assados do Paço de Carnide

Apresentadas as nossas sugestões, está à espera de quê? Como dizia George Bernard Shaw, não existe amor mais sincero do que aquele pela comida…

Good Year Kilometros que cuentan