Sonda Lambda: o que é, para que serve e quanto custa

10 Outubro | 2019 | Goodyear

A sonda Lambda é uma peça tão importante como desconhecida no motor do nosso veículo. Pode ser definida como um sensor cuja funcionalidade é medir a concentração de oxigénio para que a mistura durante a combustão do motor seja perfeita. É também conhecida como o sensor de oxigénio.

O que é a sonda Lambda?

Esta peça é imprescindível naqueles momentos em que reduzir a poluição é uma prioridade. A sonda Lambda serve para comprovar a qualidade da combustão, ou seja, mede a quantidade de oxigénio residual nos gases de escape. Se houver muito O2 nos gases referidos é porquee a mistura na combustão tem excesso de ar. Porém, se existir pouca quantidade de oxigénio, é sinal que a mistura no motor está ótima.

Para quem não é especialista, há que ter em conta que num motor a gasolina a mistura deve ser estequiométrica: deve-se queimar uma grama de gasolina por cada 14 gramas de ar. Este número não é aleatório já que existem diversos modelos no mercado em que esta deve ser a proporção exata. Se assim não for, produzir-se-á uma oxidação excessiva dos hidrocarburantes no interior do catalisador.

A sonda Lambda necessita de algo importante para poder começar a medir o O2: deve alcançar uma temperatura elevada, à volta dos 340 graus centígrados. Por esta razão, a sonda vem sempre acompanhada de uma resistência elétrica para a aquecer.

Tipos de sonda Lambda e para que serve

Existem dois tipos de sonda Lambda:

  • De banda estreita ou binária: são menos precisas mas mais baratas.
  • De banda larga ou lineares: mais exatas e mais caras.

A sonda Lambda tem ainda uma dupla função e ambas são fundamentais. Uma é analisar e a outra é controlar e informar o ‘cérebro do motor’ do veículo para que a combustão seja feita como deve ser. Estas são as duas funções da sonda Lambda:

  • Tarefa de controlo: a sonda Lambda encontra-se localizada antes do catalisador e analisa a quantidade de O2 que há no ar. Neste caso, faz de sensor.
  • Tarefa de informação: a sonda envia os dados registados para a caixa de controlo do motor do automóvel, que atua de acordo com o oxigénio que foi registado. Por sua parte, o motor trabalha para conseguir a mistura perfeita e calcula a quantidade de combustível exata que tem de injetar nos cilindros para garantir a máxima eficiência.

Como podemos saber quando a sonda Lambda está defeituosa? Principalmente por três avisos que nos são dados pelos próprio veículo:

  • Perda de rotações
  • Aumento do consumo
  • Ralenti instável

Problemas mais comuns da sonda Lambda

Se este componente deixar de funcionar é altamente negativo para o nosso veículo porque terá consequências graves. Um desequilíbrio na mistura pode custar muito caro, tanto por excesso como por defeito:

  • Se a mistura é rica e há pouco O2, isso quer dizer que o combustível não está a queimar como devia. Se isto acontecer, veremos que o escape expulsa fuligem, para além de dióxido de carbono. Neste caso, as emissões disparam.
  • Se a mistura é pobre, isso é também prejudicial para o motor. O facto de haver mais oxigénio do que deveria ter fará com que a combustão não aconteça de forma ideal. Haverá libertação de óxido de nitrogénio e o motor pode mesmo parar.

Não há assim qualquer dúvida que a sonda Lambda é uma peça fundamental para o funcionamento do nosso automóvel porque controla a eficiência do motor mediante o controlo da mistura do ar com o combustível. Está encarregue de fornecer a quantidade precisa de combustível aos cilindros para que o veículo circule ao seu nível máximo.

Se a sonda Lambda não funciona corretamente, o consumo do nosso carro irá disparar e a redução de emissões poluentes ficará abaixo do esperado, não cumprindo as normas vigentes e podendo mesmo entrar em incumprimento legal dos protocolos anti-poluição.

Dito isto, temos a obrigação de controlar o funcionamento da sonda Lambda. Não o fazer pode trazer problemas mecânicos, gastos maiores em reparações, mais consumo de combustível e mesmo multas. Este componente necessita de manutenção e, se for preciso, de ser trocada. Segundo os especialistas, a vida média da sonda Lambda é de aproximadamente 180 mil quilómetros.

Quanto custa a reposição de uma sonda Lambda?

O preço da sonda Lambda anda à volta dos 25 euros e a sua substituição não é difícil, ainda que dependa de onde está instalada, o que varia de carro para carro. É um componente barato, sobretudo se comparado com os gastos que podem vir da sua rotura. Por esta razão deve-se assegurar que está em bom estado e trocá-la se for necessário para poder fazer quilómetros de qualidade com o seu veículo.

Good Year Kilometros que cuentan